quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Choro de bebé

Se é um facto que é cada vez mais uma menina, e menos uma bebé, aquele choro de "mamã, preciso de ti" continua a enganar o mais distraído, e parece que se continua a tratar de uma bebé de poucos meses a precisar de colo.

Hoje eram 5 da manhã e o choro inconfundível...mau hábito o meu, estava a dormir noutra assoalhada que não o meu/nosso (momentaneamente) quarto, porque me perco com as séries que me encantam e depois adormeço qual Bela Adormecida, e ouvi-a. Lá deixei passar os minutitos da praxe e como não acalmou, lá fui ver o que se passava....

Talvez um sonho mau, uma dorzinha, ou saudades da mamã...peguei nela, deitei-me de barriga para cima com ela aninhada por cima de mim, e foi assim até ao toque de alvorada.

Adoptámos esta posição quando ela nasceu e me perdia no sono dela ainda na maternidade, e sempre que sinto que precisa de mim, é aquela posição e aquele conforto que a tranquilizam; de facto funciona e não falha.

E eu perco-me com o cheirinho e o calor da minha bebé. O mundo não tem nada melhor, não tem mesmo!

1 comentário:

Silenciosamente ouvindo... disse...

Engraçado como essas posições
iniciais depois se prolongam.
Vim agradecer o seu registo no
meu plullina. Tenho mais, por
exemplo o http://intemporal-pippas.
blogspot.com ou
http://sinfoniaesol.wordpress.com
Beijinho
Irene