quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Completamente desnecessário

Passarem imagens dos corpos dos passageiros do avião da Air Asia a flutuar em pleno oceano...se a uma pessoa a milhas de distância e sem qualquer ligação com os mortos isto afecta, nem quero imaginar às próprias famílias. Enfim...

Já mandei vir uma destas....brutal!


segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

A minha filha tem piada

Disse-lhe para se despachar pois temos uma série de coisas para fazer e que depois iríamos a casa da prima, a que tem uma paciência de Jó para a aturar, a nossa priminha Sara.

Pergunta da minha filha:

 - Mamã, vou levale o fato de banho pala ile pala a piscina dela, tábem???

Lá lhe expliquei que estamos no Inverno, está muito frio  não pode ir para a piscina.

 - Mas mamã, quando vamos pala lá a água tá quente!!!

 - Sim, no Verão filhota, agora a água está gelada.

 - Vamos na mesma mamã, assim blincamos no gelo!

Está feito, encontra sempre solução.

domingo, 28 de dezembro de 2014

"Mãe, quando eu quisél mais Chocapic eu pédo a ti, tábem mãe!?"

Ai estes verbos...

E lá veio mais um avião abaixo

Que raio de ano este!

E a pose da praxe com a Olívia Palito e o Brutus :)


E hoje foi dia de ir ao teatro

A Bébécas mais uma vez delirou, desta vez fomos ver o Popeye; valeu a pena e as nossas crianças deliram com estes mimos.


Drama Queen refinada

Não há epíteto que lhe assente melhor do que Little Drama Queen e, com o passar das semanas (nesta fase a contagem mais lógica é a semanal) vai refinando a característica.

Tem dias em que se torna demais, sobretudo quando a loucura do dia-a-dia me cansou mais, mas, por norma, é de uma graça, que só visto.

Hoje dirigi-me com ela a um local em que estão alguns dos melhores companheiros de brincadeiras dela e que há umas 3 semanas não frequentávamos; chegou toda entusiasmada e, amigos, nem vê-los.

Calou-se, suspirou, quase chorou e face à nossa pergunta do por que motivo estava assim, desiludida, respondeu, após mais um suspiro e com uma expressão de pura arte dramática:

 - Não quero falar!

Numa fracção de tempo, os amigos começaram a chegar e a expressão facial passou a uma alegria imensa...mas ainda cá estou com o "não quero falar!"
...ouvi dizer que começam hoje os saldos...

sábado, 27 de dezembro de 2014

Não podia deixar acabar o ano sem a fotografia mágica


Até já o Goucha tirou uma Selfie com esta jóia, já eu me partia a rir com ela há anos...e não constava no meu arquivo!?

Shame on me, estou a estranhar-me a mim própria, eu, membro do Conselho de Administração do pessoal que anda à caça de cromos, aqui e além fronteiras....

Ok, a minha teoria face à pessoa que detém a propriedade destas jóias é sinistra...mas, que tem a sua graça, tem!

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Da Mamã para a Bébécas...

A criança ficou encantada com a viola....primeiro estranhou não ter vindo uma viola da Violetta (valha-me Deus), ou da Minnie...mas depois, ao ver que era mesmo uma viola a sério, não vacilou. Agora toca a aprender!


quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

A criança está numa excitação...e ainda lhe falta tanto para abrir as prendas

Este ano a família junta-se toda; a minha e a do Honey, e vamos ser imensos.

Ainda estamos na dúvida se a Bébécas abre os presentes de casa hoje, depois da festa terminar, ou amanhã de manhã antes de ir passar o dia ao progenitor...o que eu sei, é que está tão baralhada com esta confusão que logo à noite quando aterrar na cama vai dormir que nem uma pedra.

E eu, shame on me só hoje de manhã é que consegui comprar a última prenda e das mais importantes...a da minha Mana má!...é feio, mas eu cada vez acho menos piada a isto, com a morte da minha avó o Natal deixou de significar grande coisa, e neste momento o que faço é mais pela minha filha, pela minha Mãe e pela minha irmã...do que pelo resto.

Mas, como é sinal que cá continuamos, que venham mais uns quantos como este...já não é mau!

My Girl


segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Hoje é 2ª feira e eu na minha que é 3ª...estava aqui a refastelar-me para o meu episódio de Dowton Abbey e afinal é só amanhã :(

Joe Cocker & Jennifer Warnes - Up where we belong 1983

Até sempre Joe Cocker...



domingo, 21 de dezembro de 2014

Para fazer pendant com a Mamã

O vestidinho Funky Project que trouxe para a minha Bébécas:


E, exactamente uma semana depois

A saga continua...lá fui preparar o 2º frasco de antibiótico da minha pequena Bébécas :(


Estou literalmente em cima do aquecimento a óleo...e depois digo que fico doente e tal....mas está cá um frio...bolas!

sábado, 20 de dezembro de 2014

A minha filha agora decidiu fazer eco

E fala assim...do que ela se foi lembrar.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

E a capa!?

Que é irresistível...uma pessoa desgraça-se!


Coqueluche da Timberland para a Bébécas

Se há botas de que gosto desde que as vi pela primeira vez há uns bons anos atrás...são estas! A cor, o modelo, enfim, são o máximo.

E como a prioridade das mães, são os filhos, um dia ainda me perco, mas estas comprei-as mesmo para ela!!!

E a cara com que ela ficou quando as viu; enfim, impagável :)

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Assessment Day

E depois de todos estes dias sem sair de casa, a Bébécas teve assessment na Escola de Inglês e lá foi ela.

Deve ter-se apercebido da responsabilidade do momento ao perceber que a certos exercícios não conseguia responder...está na turma dos meninos de 6 anos e como é óbvio as aptidões de leitura e escrita estão ao nível dos 4 anos que tem, mais coisa menos coisa.

Mas portou-se bem a miúda, sim senhora!

Hoje que eu não tinha sobremesa (doce) feita

É que ela queria arroz doce ou mousse de chocolate :(

Homem preso por homicídio que não cometeu foi libertado - Portugal - DN

Homem preso por homicídio que não cometeu foi libertado - Portugal - DN

Aparece cada um!

A minha filhota tem um cão...ai eu!

Não tenho nada a haver com o assunto e reitero que cães cá em casa...está fora de questão. Um cão precisa de espaço, ar livre, não gosto de cheiros a cão dentro de casa.

Mas foi antes uma boa acção do Honey que decidiu oferecer à nossa pimpolha um afilhado de 4 patas :) Apesar de ser tão pequenina para perceber a verdadeira acepção do gesto, a ideia de ter um cão vai ser certamente muito bem recebida por ela.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

O rescaldo da baixa médica

Decorridas as primeiras 48 horas de antibiótico, deste último episódio da minha filha, parece que a saúde está a começar a combater a doença. Há 24 horas que não há registo de febre, continua a beber imensa água, comeu a sopinha toda, esteve bem mais activa do que nos últimos dias...andou para aqui a desenhar, a pintar, a recortar...enfim, lá a consegui entreter mais um dia em que ficámos fechadas em casa.

A minha gripe parece que também já lá vai, porque eu quero começar outra vez a contagem de "meses sem gripe".

E com isto tudo, a vida não pára mesmo.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

O Dia da minha Avó

Caso não tivesse partido há 16 anos atrás, a minha Avó Isabel faria hoje 83 anos. Partiu demasiado nova e tantas saudades me deixou...nunca a esquecerei Avó.
Mais uma noite em que não descansei, movida pela preocupação com a minha bebé. Lá foi para a minha cama, rebolou a noite toda, e toda a noite andei de volta dela a controlar a febre que anda teimosa, a dar-lhe bastante água...lá ia chorando, num queixume de fazer dó.

De manhã a resolver coisas de trabalho e ela chorava, como que a testemunhar o estado de doença dela que me impede de ir ao escritório...foi preciso ser mãe para faltar ao trabalho por doença, mas preferia que a minha gripe me continuasse a massacrar e não ver a minha menina assim:(

domingo, 14 de dezembro de 2014

Se eu fosse um pára-raios...

Mãe e filha hoje levaram uma dose de radiações ionizantes daquelas a sério...de uma das vezes ainda me vestiram a capa de chumbo, mas depois...sinceramente, aquilo pesa tanto como eu; eu também doente, já não quis saber...atirem lá com os raios e seja o que Deus quiser.

Com esta brincadeira foram 0.064 6ycm2 de radiações; não se morre da doença, morre-se da cura :(...ou, a bem dizer, do diagnóstico!

sábado, 13 de dezembro de 2014

Ora bem

O que é que eu já consegui comer hoje!? Meia torrada, vá lá. E consegui tomar banho há 5 minutos atrás.

Os medicamentos olham para mim, mas só de os encarar o meu estômago põe-se às voltas....a criança de máscara de vapores...o cenário está formidável.

Enfim...

Estou que nem posso e a Bébécas idem. A febre alta voltou e quer-me parecer que não nos livramos de um serão no hospital :(

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Festa de Natal do colégio...done!


....o "canastrão" do Pai Natal com idade para ser quase meu neto, mas a minha filha estava toda contente e por isso tudo vale a pena.

No fim, acercou-se dele e disse-lhe:

 - "Sabes, a tua bába (barba) é fôfa!"

E ainda perguntou:

 - "Depois vais lá a minha casa levále o résto das pendas, não vais!?"
Passei uma noite péssima, apenas tive força para ir ao escritório já a manhã estava no fim...e hoje é dia de cumprir com uma obrigação minha para com a minha filha. Necessito urgentemente de injecções de saúde e bom aspecto...a minha menina merece!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Continuo a agradecer os 3 meses inéditos

Mas, aos 10 dias do mês de Dezembro der 2014 os primeiros sintomas fizeram-se sentir e  hoje, estou de caixão à cova. Aí está ela, a minha gripe :(

É que não tinha mesmo saudades nenhumas de me sentir assim.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

From CK

O miminho do Honey.......e eu gostei tanto!!!!!!


...e os gémeozinhos do Mónaco também nasceram hoje, que queridos!

E de 1977 a 2014 vão....

37 aninhos...que já cá cantam.


terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Mais uma peça de teatro para animar a fase das festas da filhota

Já reservámos bilhetes para o Popeye no Villaret.

A seguir ao Natal lá vamos nós ;)

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

...bolinho de cenoura para o serão!

A minha filha tem de facto um cabelo maravilhoso

Mas tratar dele dá um trabalhão...


domingo, 7 de dezembro de 2014

KO

Depois de uma noite difícil com a minha filha cheia de tosse, febre e falta de ar...estou aqui que nem posso. Andámos a rolar as camas todas de casa, acabámos no sofá com ela em cima de mim; e máquina de vapores, e termómetro e tudo e mais alguma coisa.

Estou derreada...valha-nos estes 2 dias sem sair de casa para ver se a situação melhora.

sábado, 6 de dezembro de 2014

E a minha filha fez jus à inteligência e sabedoria que tem uma criança

E ao ver a peça O Principezinho, percebeu em mim, o que é que ainda nunca ninguém tinha percebido.

Eu acho as cobras um animal extraordinário; como é óbvio, não me ponho no meio delas e infundem-me um certo respeito, mas são um animal interessantíssimo.

E na obra de Saint-Exupéry a serpente tem um papel fundamental e dada toda a sua complexidade, acaba por ser o mais franco de todos os personagens que com ele se cruzam. Diz a verdade, diz ao que vai...e vai quem quer.

E a minha filha diz-me assim:

 - Mamã, já sei porque é que tu gostas de cóbas; ela dixe ao pinxipeginho que lhe modia se ele quisesse!

E a verdade é essa, as cobras não enganam ninguém, já se sabe que se pode esperar tudo delas; o mesmo não se pode de outras criaturas.

Pelo sim pelo não avisei-a que não deve andar por aí a fazer festas nas cobras que vir pelo caminho...nunca se sabe.

E hoje lá fomos a uma sessão especial d'O Principezinho


Adorou ela e adorámos nós...é de facto uma lição e a peça vale mesmo a pena.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Que fofura :)


Álbuns e álbuns de fotografias

E eu deliciada a matar saudades dela com este tamanho...


A minha criança já está convidada

A tosse está medonha :(

"A minha mamã faz um chá e tu ficas logo bom da gaganta!"

A inocência tem destas coisas.

Tenho um vizinho que acha um piadão à minha Bébécas e não há dia que a veja, que não se meta com ela.

Ela lá se arma em importante, mas sempre que vê o vizinho, lá sabe que é para a brincadeira e faz o seu charme.

Há uns dias estranhei o senhor ter passado por nós e não se ter metido com ela, mas as pessoas por vezes têm dias menos bons, ou vão a pensar noutra coisa...enfim, sucede-me tanta vez; embora ela tenha acusado o toque, lá lhe expliquei que decerto o vizinho não a tinha visto.

Ontem, estávamos a preparar-nos para entrar no prédio, lá vem o vizinho e instintivamente os meus olhos foram parar ao motivo para "não meter conversa" - uma traqueotomia :(

Lá tentei comunicar com ele, ainda está na fase em que tem que aprender a emitir sons com aquele apetrecho, e não consegue...gestualmente lá me explicou que o tabaco em excesso lhe originaram um cancro, e teve que fazer aquela intervenção em consequência da doença.

A minha filha muito espantada, lá lhe perguntava porque é que o vizinho não falava com ela - lá lhe expliquei que ele tinha um dói-dói na garganta, ela lá viu o penso e o tubo e saiu-se com esta:

 - "Olha, vais lá a minha casa, a minha mamã faz-te um chá e ficas logo bom da gaganta, vais ver!"

Apesar de tudo, foi enternecedor!

O mundo despediu-se dele há um ano atrás

Até sempre Mandela!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Por outro lado

A minha criança está a caminhar rapidamente para uma valente gripe ou coisa pior. O narizito já anda meio atrevido há uns bons dias e andava a colmatar a coisa com soro; hoje começou com tosse, cada vez mais intensa...as maleitas destas estações do ano, mais frias, húmidas :(
...que frio valha-me Deus!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Outro pedido de habeas corpus. Se a moda pega!

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

3 Meses

Foram 3 meses inéditos na minha vida e a minha mãe tão bem o sabe; tenho andado de lencito de papel em punho, com os espirros do costume mas tudo derivado das minhas alergias...porque a gripe deixou-me por 3 brilhantes meses em paz.

Deus no Céu e os belos dos lisados polibacterianos na terra; bendita a hora que a minha querida médica e amiga me disse para tomar isto.

Confesso que com a loucura que foram estes três meses, em que tudo aconteceu, em que tantas decisões tive que tomar, 3 gripes tinham sido fatais...mas lá me safei. Não espero que esta acalmia dure para sempre, nem muito mais tempo, ou não fosse eu a rainha do sistema imunológico deficitário, mas que estes meses que já passaram foram um sossego, isso já ninguém me tira.

Lá vou eu ferir susceptibilidades...e atacar o Pai Natal!

Mas continuo na minha de que o Pai Natal é um "canastrão". O Pai Natal da Coca-Cola era um fofinho, a imagem do Sr. de barbas com a fábrica de brinquedos é enternecedora, ir levar os presentes aos nossos meninos e colocá-los no sapatinho que ficou previamente junto à lareira...ok, é tudo muito giro.

Mas nós é que compramos os presentes e o Sr. em causa é quem fica com os louros.

Lá em casa sou muito clara - não posso fugir à magia do Pai Natal, embora entre-dentes o continue a achar meio canastrão, mas o dito não dá os presentes aos meninos, não cultivo essa mentira, de todo.

Já vi a desilusão espelhada nos rostos de muitas crianças amigas quanto percebem que tudo não passa de um embuste e confesso que acho completamente desnecessário.

Não vou ao cúmulo de dizer que o Sr. não existe, até porque ele existe, mas com as suas nuances, agora que não é ele o grande mentor do Natal lá em casa, isso não é certamente.

É mais uma figura fofinha que tem um presentinho reservado, sobretudo explicar-lhe que nem sempre tem tempo para ir visitar todos os meninos, mas o grande objectivo do Natal não é de todo a espera incessante pelo senhor do fato encarnado.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Aí estão "elas"

Começam as lojas habituais a aliciar-me com mega-descontões por ser o mês do meu aniversário.

Oh meus senhores; já cheguei àquele estado de espírito em que não é necessário cumprir mais um ano de vida para fazer uma compra, haja é cash para o poder fazer; e se fosse a responder a todas as solicitações, só mesmo com um chorudo jackpot do euromilhões é que fazia o gosto ao dedo a todas!

Já estou como a Floribela, pobre em ouro, mas espero que com alguma riqueza de espírito.

sábado, 29 de novembro de 2014

Acerca do meu bicharoco de 4 rodas

Lá foi ele  hoje "à faca", e as notícias preliminares não são tão más quanto pensávamos; o computador acusou avaria no sensor de velocidade, que é exactamente a peça que controla todos os problemas que eu vinha a verificar - direcção presa ou solta, dependia da ocasião, velocímetro a 0 e conta-quilómetros idem.

Não foi um arranjo por aí além, e agora vamos ver como ele se comporta. Ai eu!

Numa manhã fria e luminosa...


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

O desenho do dia

Hoje tive direito a frente e verso.


Legenda: 1º Desenho - A da esquerda sou eu, a da direita é a Bébécas e no meio temos o Sol (com cabelo), flores, árvores, enfim, um cenário idílico.

2º Desenho - A nossa casa :)

Pois é

O problema no meu entender é mesmo a vertente mais grave posta na mesa.

Hojem em plena A5, com este tempo maravilhoso que se faz sentir, a última vez que me lembro de olhar para o velocímetro marcava 128km/h. No minuto a seguir, sem eu estar parada, manteria eventualmente aquela velocidade constante, o velocímetro marcava 0km/h, mas eu em plena marcha; conta-quilómetros completamente parado também e eis que se acende de forma contínua uma luz laranja com o desenho do volante.

Não vale a pena uma pessoa stressar com uma máquina nas mãos, lá fui reduzindo a velocidade e a preparar-me para parar na berma após a saída da auto-estrada.

Passados uns kms, tudo normalizou. Não parei. Quando estava mesmo quase a chegar ao escritório, a luz não acendeu, mas a direcção prendeu novamente, ou as rodas, ou o raio que parta isto, e quase o mesmo filme, mas como ia em marcha lenta...não foi grave. Depois voltou a ficar normal; lá fui espreitar ao livrinho do carro e aconselha uma ida urgente ao concessionário. A ida já estava marcada desde há semanas e semanas, mas como tinha acontecido esta anomalia uma ou outra vez e perante uma primeira análise o mecânico disse que não davam conta de nada, esperámos para ver.

Mas para além de eu andar preocupada, a última vez que tinha acontecido já tinha sido há quase 2 semanas, acabei por marcar para amanhã a ida do meu Bob para a oficina, com o prognóstico de um arranjo a rondar os 1000€. Pois hoje foi o caos, enfim, mesmo a pedir ir para a oficina e levar provavelmente com a kit da direcção todo novo. Porque é que avariou!? No idea. Que  vem a despropósito, vem!

Enfim, continuam a existir males piores :(

Onde é que eu vou com a minha Bébécas!?


quinta-feira, 27 de novembro de 2014

"Olhei pala o céu e estava estlelado"

Mas quando será que ela me vai conseguir pronunciar estes r's?

É que ainda por cima ela fica cómica a falar desta maneira...mas não me obriguem a ir para o terapêuta da fala, please :(

Outra forma de dizer que o silêncio pode ser uma arma letal


Midge Ure - Breathe

"PJ faz buscas em casas, escritórios e sede do BES"

Uma das notícias de destaque no Público de hoje e demais jornais do dia.

Ahahah - ecoa a minha gargalhada com ironia.

Pergunto-me se estas buscas não pecam por ser tardias; neste caso não se terá colocado a premissa de ocultação de provas, eliminação de dados de extrema importância para o processo e afins!?

Ok, um Espírito Santo tão pouco é um cidadão comum, já me esquecia.

Engº Sousa Veloso :(

Jamais me irei esquecer das manhãs a ver a TV Rural, aliás, à espera que acabasse para começarem os desenhos animados...tempos que já não voltam.

Paz à sua alma.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Saiu uma mousse de lima!


Mousse de lima ou arroz doce!?

Quase um dilúvio

Fui almoçar a casa, chovia cats and dogs for Christ sake.

O meu carro mais parecia aquele anfíbio que anda por Lisboa, os bombeiros a afastar o pessoal, carros em marcha-atrás em plenas vias rápidas, pois caso avançassem ninguém os tirava de lá...o caos.

Enfim, conseguimos chegar a bom porto.

Este mês que está a terminar...e o próximo...enfim, financeiramente complicado

O espectro do IMI, o IUC (mas que raio ter um carro com matrícula do mesmo mês em que pago o IMI) sendo que só aí vai uma fatia generosa.

As tretas do dia-a-dia, o meu carrito que me pregou uma partida dispendiosa no início do mês e que logo voltou a aprontar uma ainda mais grave, e que eu tenho andado a tentar atamancar, mas não posso arriscar mais e lá vai ele para a oficina, e desta vez a coisa parece mesmo muito feia :(

Um problema de condomínio que está a implicar com danos graves na minha casa e eu já me estou a passar com a falta de resposta dos senhores desde o dia 10. Eu pago as quotas, os outros não pagam e agora estão a querer esquivar-se aos arranjos, sendo que os dias de chuva agravam e muito o problema.

Lá accionei o meu Seguro, que como é óbvio não se vai chegar à frente numa questão estrutural e de manutenção do edifício, portanto, lá me vou eu chatear a sério e quiçá solicitar a intervenção dos meios legais para porem a situação em marcha.

E fora o resto, do foro muito mais privado, que também anda aqui a implicar uma ginástica financeira muito dolorosa.
Enfim, os prémios milionários não querem nada comigo...haja pelo menos saúde e trabalho e a alegria do sorriso da minha filha.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Mais um de entre tantos desenhos

A minha filhota presenteia-me todos os dias com estas habilidades artísticas; dia em que não receba desenho, não é a mesma coisa...


A minha couve-flor gratinada com farinheira ficou assim qualquer coisa para cima de delicioso!

A minha pequena anda como o tempo :(

"Mamã, não quélo segundo páto. Só quélo sopa e futa"

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

...preventiva...
...e eu continuo à espera da divulgação das medidas de coacção...bolas!

sábado, 22 de novembro de 2014

Acerca da notícia do dia

Todos os que me conhecem sabem o que penso acerca de José Sócrates e não é neste momento que vou desdizer o que penso.

Gosto dele, foi o Primeiro-Ministro que escolhi...mas, se fez vigarice, tem que pagar por ela, tal como toda a gente deveria pagar sempre que incumpre, ou comete um crime.

Que fico desiludida, fico! Que já se esperava há muito que fosse indiciado por algum crime, é certo! Que para o PSD isto é mais do que oportuno como manobra de diversão contra os Vistos Gold que agora passam para segundo plano, é certíssimo. E que se não fosse agora, seria no pré-legislativas, então aí, não restam dúvidas.

Veremos as cenas dos próximos episódios.
Hoje é daqueles dias em que só me apetece estar na cama, quentinha. Estou cansada, eu que não sou a fã número 1 da praia, posso dizer que dava quase tudo para estar agora simplesmente a torrar ao sol num destino paradisíaco, com uma caipirinha ao lado, e os meus amores.


sexta-feira, 21 de novembro de 2014

A criança fica mesmo baralhada

Não entende porque é que, estando sol, não pode levar um vestido de Verão ou aquela (de entre muitas) t-shirt da Minnie.

Lá lhe explico que está frio, aquela roupa não é adequada, mas para ela o facto de estar sol deveria mudar tudo.

Tão pouco entende porque é que, não estando a chover, não pode levar as Paez - mas rapidamente passou das Paez para as galochas; valha-nos isso.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Senhora Dona Caetana...

Sempre admirei esta Senhora...fundamentalmente pelo trabalho que fez pela cultura, utilizando e muito bem o património e os títulos que detinha, mas acima de tudo por ser muito senhora do seu nariz.

Uma Mulher de convicções, de respeito e respeitada, com as suas dezenas de títulos nobiliárquicos, culta, com carácter e com o dom de não deixar ninguém indiferente.

Adoro o seu nome, Caetana, gosto da personalidade pública desta Senhora e lamento que tenha partido...mas confesso que nunca percebi porque é que uma Senhora tão bonita e inteligente, deixou que lhe transformassem a cara no disparate em que ficou!

Às crianças

Que são o melhor dos nossos mundos, amamos as nossas, mas não só...já dizia Fernando Pessoa, que "o melhor do mundo são as crianças"...e são-no, de facto.

Enquanto prevalece a inocência, são os seres mais puros, mais honestos, não nos traem, não se traem...se gostam gostam, se não gostam não gostam...não têm pejo em dizer o que sentem, por muito que isso por vezes até nos possa embaraçar.

As crianças deveriam ser enaltecidas todos os dias, quanto mais não seja, pelo Sistema e pelos que lhes são mais próximos, mas a realidade é adversa e triste, muitas vezes bem triste.

São frágeis, indefesas, mas são o futuro, e não há nada que se erga sem um perfeito alicerce.

E por ser o dia em que se celebra mais um ano sobre a Proclamação da Declaração Universal dos Direitos da Criança aqui deixo a minha homenagem a todas elas, sobretudo às que, por um motivo ou outro, mais sofrem. E um beijinho do tamanho do mundo para a criança que gerei, para a minha amada filhota Rita.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Desconhecia a história de Eskinder Nega

...até hoje. Há pessoas de facto brilhantes, que não temem as consequências por fazerem o que está inequivoamente certo.

Espectacular...a homenagem da Rádio Comercial ao Carlos do Carmo

Sofia Lisboa recorda tratamentos contra a leucemia: 'É um monstro que está naquela fotografia' - dn - DN

Sofia Lisboa recorda tratamentos contra a leucemia: 'É um monstro que está naquela fotografia' - dn - DN

A massa de que somos feitos, como somos e podemos ficar...tanta maldade, tanta má formação moral, tanto egoísmo, e não estamos livres de trilhar o turtuoso caminho de uma doença destas.



Grande coragem da Sofia de partilhar connosco este lado de dor, luta e superação.

A noiva de Charles Manson tem 26 anos e acredita que ele é inocente - Globo - DN

A noiva de Charles Manson tem 26 anos e acredita que ele é inocente - Globo - DN

...só pode ter graves problemas mentais!

Eu não estava a ouvir bem, de facto - "gueijas"

Hoje de manhã a minha filha estava toda empolgada porque o Capitão Gancho é mau e rouba as coisas mas depois vêm "as gueijas".

Fiquei um bocado siderada, porque associei "gueijas" ao calão "gaja" e nem queria acreditar que a minha filha anda a dizer estas coisas - são termos que em casa não ouve.

Com cautela lá lhe perguntei o que se passava com o Capitão Gancho e tal...ao mesmo tempo que olhei para a televisão...

Ahahahahah, "as gueijas" afinal eram um geiser. Está desfeito o equivoco e lá tentei que a criança pronunciasse a palavra um bocadinho melhor...mas não consegui;-)

terça-feira, 18 de novembro de 2014

O Último Rei da Escócia no Hollywood - uma forma diferente de conhecer Idi Amin - para além dos seus muitos defeitos e atrocidades cometidas e mandadas executar....um grande cromo.

Vale a pena ver...

Por outro lado, uma coisa que me agradou

Foi, ir buscá-la à salinha dela do colégio e estarem à espera dos pais ao som de...

Coisas de miúdos, mas que eu não acho normal

Anda há que tempos a pedir um tablet, com características muito específicas. Tem 4 anos feitos há 4 meses, logo, não me parece uma prioridade para a existência dela.

No curso de Inglês tem o da escola e porque o curso tem uma vertente interactiva, mas não sou propriamente de que as crianças desta idade disponham de gadgets como se de adultos se tratassem.

Aqui há umas semanas atrás fomos a uma festa de anos, e estavam lá 2 pequenos rapazes, um deles da idade dela, cada um com o seu Ipad, daqueles com a maçãzinha atrás e tudo.

Hoje chego ao colégio e ela de birra porque uma amiguinha levou o tablet, e os meninos têm e ela não. Mas...que raio se passa com as criancinhas que têm acesso a tudo e mais alguma coisa e depois não sabem valorizar nada!?

Lá ando com lições de cultura, poupança, prioridades...parece-me estar em vias de ficar relativamente convencida, mas apenas até à próxima investida do sistema em que vivemos.

Não é por mal

Mas descobri que uma colega minha a quem sempre chamei Amparo (é o nome dela) afinal se chama "Maria dos Desamparados".

Nunca tinha ouvido tal nome :(
Estamos numa fase de retrocesso a nível de xixi nocturno e eu confesso que nos últimos dias, ou noites, melhor dizendo, não me tenho conseguido focar nessa demanda. Voltei a colocar-lhe a fralda-cueca e pelo menos 1 xixi de manhã, está lá.

Já não estava a aguentar ter que lavar roupa da cama dela todos os dias e ainda por cima com este tempo, que tarda em secar.

Digamos que este mês tem sido prolífero em tretas, avarias e decisões que implicam a diminuição drástica dos meus activos e consequente aumento do meu passivo.

Até ao ponto de me estar a chover dentro da sala e o administrador do meu prédio, como os restantes condóminos não pagam as quotas, não se mexer porque não tem dinheiro para mandar arranjar o telhado.

Pergunto: e o que é que eu tenho a haver com isso, se as minhas quotas estão pagas!?

Ah, e tal, o prédio nem tem seguro. Boa. O meu seguro multirriscos, para além da minha casa, tem cobertura de partes comuns, mas situações que estejam relacionadas com um incidente, não com o facto de não manterem o prédio e do próprio se deteriorar; não se limpam algerozes, não se consertam telhas...e para além de uma goteira enorme, já tenho uma mancha negra em pleno tecto.

Eu tenho os pulmões enfraquecidos dada a quantidade de pneumonias que já tive, a minha pequena filhota também já teve uma, e aquela humidade não me está a fazer bem à saúde e sobretudo ao cérebro!

E pronto, acho que vou passar o resto da minha vida a pôr as pessoas em tribunal, porque não me parece normal estarem a dever 4 e 5 anos de condomínio e ninguém fazer nada, e por esse motivo eu estar há uma semana com a minha sala feita cubata!

Haja presença de espírito, porque se houver força, eu ainda vou partir qualquer coisa!

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

E a mãe desgraçou-se

A modos que andávamos em namoro, aquele namorico tímido, nem chove, nem molha...depois deixaram de estar disponíveis no site, olha, paciência, entretanto havia umas verdes também bem giras...mas estas coisas não gosto de comprar sem experimentar, porque as botas XL não ficam bem a qualquer pessoa; a proporção tem que estar de acordo às medidas da bota e vice-versa...

Eis que entrei na loja, mas naquela de que não havia, estavam esgotadas, ou sei lá o quê, a justificar o injustificável...e elas ali assim, à minha espera...enfim, foi a desgraça, mas são lindas!


Para os dias mais frios

Tinha mesmo que ser porque os do ano passado, que entretanto também já tinham sido estreados no ano anterior agora servem nas orelhas; o trench-coat tem dado para os dias de chuva, o colete de pêlo para os dias mais frios, mas o casaco quentinho estava a faltar e lá fui às compras. Não sendo o que gostei mais mais mais, gostei muito dele, e conciliei a relação qualidade/preço e pareceu-me equilibrado - dos mesmo muito bons, pode ser que ainda apanhe algum nos saldos já a contar para o próximo ano.


domingo, 16 de novembro de 2014

Eu a pedir ao Honey uns kiwis

E ele trouxe a árvore atrás, e a pequena Bébécas delirou...


Uma Princesa com nome de flôr


Lutou durante este dias, demonstrou que queria viver, sofreu...um sofrimento sobre o qual mais tarde não teria memória, acaso tivesse sobrevivido, mas Alguém assim não quis...as sequelas iriam ser graves, mas a Margarida estava pronta para esta guerra. Não me esqueço daquela mão minúscula a agarrar o dedo da mãe e jamais me esquecerei da imagem daqueles pais hoje, a segurarem aquele pequeno corpo inerte de uma filha tão lutadora que tiveram.

Espero sinceramente que o Estado português demonstre a dignidade e sensibilidade suficiente no apoio a estes pais para que consigam a transladação da sua pequenina para este país que é dela.

sábado, 15 de novembro de 2014

O antes do forno e o depois....



Segue-se a desgustação da nossa tarte de maçã :)

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

...os meus rojões ficaram para lá de deliciosos...humm maravilha!

Não há nada como uma caminha bem esticadinha

Ter a parte de passar a roupa em dia naquela casa, torna-se cada vez mais uma tarefa quase inatingível.

Com tanta coisa para fazer...enfim. Ontem não me estava a apetecer o rigor das camisas e por aí, decidi ir para os lisos, e então lá me atirei aos lençóis da cama de casa da minha filha e do colégio.

E pensei que se fosse como a maioria das minhas amigas que esse tipo de roupa e toalhas e afins, não é passada, metade do meu tempo era poupado.

Mas quem me tira o prazer de deitar numa cama lavadinha e com os lençóis bem engomados, tira-me tudo.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

A Maria Castanha que a minha filhota fez :)


Aproveitar a noite

Foi exactamente isso que a minha filha decidiu fazer. Já há uns bons tempos que eu não tinha experiências destas, eis se não quando, às 4 da madrugada ela acorda com uma espertina que me ia "matando".

Lá tentei acalmar a pequena fera que tinha despoletado na criança, mas qual quê, quis ler, fazer puzzles, conversas, e eu a dizer mal da minha vida.

Desde o início do desfralde nocturno que não sei o que é uma noite sossegada e seguida, e esta noitada pôs-me completamente de rastos - quase não consigo abrir os olhos de tão ensonada que estou.

E assim foi...a cria não dormiu mais e eu estou desesperada de cansaço.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

E o meu avô continua a achar que eu nasci 1 mês antes

Mas não, nasci mesmo um mês depois, quase  3 semanas após o fim do tempo, assim o diz a minha mãe...vá, não me dêem azar, deixem-me lá chegar aos 37 daqui a 1 mês :)

Chuvinha, chuvinha

Isto parece mesmo uma cabana...a minha casa...

Agora cai-me chuva pelo tecto da sala....não faltava mesmo mais nada. Agora é esperar que o condomínio se mexa e quer-me cá parecer que vou ter que me aborrecer!

No modo

on going

domingo, 9 de novembro de 2014

O sentido de responsabilidade

 - Mamã, não te esqueças das minhas castanhinhas!

Lá lhe mostrei um saquinho com as castanhas para levar para o colégio, tal como a educadora pediu...e como mamã prendada, já estão arranjadinhas com os golpes e tudo.

Após ver que eu não me tinha esquecido:

 - Mamã, és tão linda! Adólo-te!

Nos últimos 2 dias a Legionella foi a palavra de ordem

Confesso que não sou de entrar em pânico, temos que passar por tanta coisa, temos que morrer de qualquer coisa, e a vida é isto mesmo, é o sistema.

Mas confesso que ao dar banho à minha filha não houve vapores na casa de banho, nem os haverá tão cedo; está a precisar de aerossóis assim dia sim dia não para limpar aquele narizito, mas prefiro ir pondo o soro e aspirar-lhe o nariz, não vá o Diabo tecê-las.

As doenças que se metam comigo, com a minha filha, peço-vos o favor que moderem a vossa força...esta família já precisa de sossego.

Vai um bolinho de banana e canela!?


sábado, 8 de novembro de 2014

....mas com 50% em cartão

Bem vistas as coisas a boneca até é gira!


Decididamente não me enquadro no modo "feira"

Recebi ontem à noite uma mensagem do Continente a informar que este fim de semana os brinquedos iriam estar todos com 50% de desconto em cartão.

Quer dizer, vale a pena, nos tempos que correm...

Deixei a minha pequena no Inglês e fui num instante ao shopping, às primeiras horas da manhã. O que me safou foi a tia da criança, minha ilustre irmã que já lá estava com um carro cheio de brinquedos...enfim, eu sei que entrei no hipermercado, comecei a ver tudo à roda, gente aos gritos, a agarrar em tudo e mais alguma coisa, empurrões, palavrões, uma sangria desatada.

Para um sociólogo aquilo é uma experiência bastante rica, mas a minha farda de cientista àquela hora ainda não estava no seu nível de observação aceitável para uma coisa destas; peguei na Barbie Fada que por acaso vi pelo canto do olho direito quando já ia a correr dali para fora, ainda tive que pôr uma senhora na ordem porque estava a querer sacar do carro de compras da minha irmã o Parque de Diversões do Pin y Pon - diálogo:

 - Isto é seu!? É que só há este!!!

Respondi:

 - Sim, se está dentro do meu carrinho, é meu; mas não seja por isso, sendo o último se quiser pagar o dobro por ele, vendo-lho já!

Lá se foi a criatura embora, mas se eu não estivesse atenta a tipa tinha mesmo surripiado o brinquedo.

Bem, saí de lá com uma Barbie, a doida da minha irmã saiu de lá com o carro cheio de brinquedos para a sobrinha, quando chegou a casa levou uma descasca da nossa mãe porque era um exagero de brinquedos (e era de facto) e que vai ter que guardar parte para os anos da miúda...lá para Julho próximo ela acaba de abrir os presentes, com sorte com o baptizado antes ainda leva mais qualquer coisa.

E penso eu, havia decerto mais uma coisa ou outra que me interessava e ficava o Natal consumista da criança despachado...mas não consigo; este tipo de concentração não foi feito a pensar na minha pessoa.

25 anos após a queda, Berlim ganhou um novo muro... de balões - Globo - DN

25 anos após a queda, Berlim ganhou um novo muro... de balões - Globo - DN
Dia histórico; era eu uma miúda quando o Muro caiu. Eu ainda pouco percebia o que esta queda significava, mas lembro-me do clima de alegria lá em casa, e da lição de História que o meu padrasto me deu...

Haverá sensação melhor para as crias

Do que terem autorização formal sem castigo para chapinhar nas poças de água!?


sexta-feira, 7 de novembro de 2014

As crianças têm uma presença de espírito e uma percepção das coisas assombrosa.

Perante uma pequena tropelia da minha filha, disse-lhe que estava triste com ela.
Olhou para mim fixamente e disse:

"Tu não estás tiche comigo mamã, polque os teus óios não estão tiches!"

...é uma verdadeira expert em desvendar o olhar da mãe, porque naquele dia em que nos vimos pela primeira vez, acabada de nascer, ainda com a visão turva, sentiu uma mãe exausta de tanta dor psicológica, tanta dor na alma, e tão feliz por finalmente a ter nos braços. Ela sabe identificar perfeitamente o meu olhar. É fantástica a minha menina.

Ontem

Estava cada uma no seu relax após o regresso a casa (aqueles minutos em que tiramos os sapatos, a roupa de rua, se come uma bolacha e se respira fundo, são essenciais para começar o 2º turno), e sai-se a Bébécas com esta:

 - Mamã, esqueci-me de uma coisa muito impotante!

 - Ai sim, o que foi filha?

Nisto vem a correr com os braços abertos na minha direcção, esborracha-me ao mesmo tempo que quase me sufoca e diz-me assim:

 - Esqueci-me de dar-te um gaaaaannnnde beijinho Mamã. Adólo-te!

Pronto, uma mãe até fica sem palavras.

Os direitos do pai são as obrigações da mãe - Life&Style

Os direitos do pai são as obrigações da mãe - Life&Style
Ohhhhhhhhh, se fosse só isto, a vida era um paraíso! Ai se eu fosse escrever um artigo....

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

É isto...

Ser progenitor está ao acesso de qualquer um do ponto de vista biológico. Ser pai é uma tarefa mais complexa que exige competências específicas do ponto de vista emocional, do ponto de vista da psicologia e não está ao alcance de todas as pessoas. Falamos do amor, da dedicação, do afecto."
Dr. Mauro Paulino.

Eu acrescentaria, para além do amor, dedicação, afecto....respeito, preocupação, verdade, seriedade...enfim...

Finalmente alguém que como eu trata as coisas pelos nomes; um progenitor(a) não é necessariamente um pai(mãe) e vice versa; 

O pai é aquele que respeita, que cria, que ama, que se dedica, que tira da sua boca para dar aos filhos, que está ao seu lado nas vitórias e nos fracassos, na primeira papa, ou na primeira queda, no banho, no dói-dói...quem não está porque não pode, terá a sua rendição, os outros estão na categoria de dador de ADN. Todas as criaturas acabam por ter a sua função nesta cadeia que é a desHumanidade.

A modos que o meu sangue está fiel a si próprio

E tenho a hemoglobina a 11.4. Tem a minha filha a hemoglobina bem melhor do que a minha, graças a Deus!

Entretanto um dos índices do colesterol está ligeiramente acima do limite, mas depois os triglicéridos estão abaixo do normal, vá-se lá perceber. Adeus fast-food - durante uns dias tenho que ver se me habituo a desintoxicar.

Toca a pôr a Bimby a cozinhar a vapor.


quarta-feira, 5 de novembro de 2014

O meu puré de batata doce saiu um espectáculo; basicamente à minha moda mas usando a versatilidade da Bimby; não precisar de cortar a batata aos bocados pequenos, nem ter que me preocupar se a água já ferve, ver se as batatas já estão cozidas, ligar o passe vite

Programar a cozedura, retificar os temperos, activar as lâminas e feito.

Está cá há 2 semanas e de facto ajuda imenso em termos de economia de tempo. Rendida.

Homem de 90 anos arrisca pena de prisão por dar comida aos sem-abrigo - Globo - DN

Homem de 90 anos arrisca pena de prisão por dar comida aos sem-abrigo - Globo - DN

Isto é tudo gente doida; para se acabar com a mendicidade (cujo flagelo jamais se conseguirá contornar) prendem-se verdadeiros anjos da guarda de quem mais precisa!



Certamente que quem legislou esta barbaridade, nunca precisou de um pão ou de um prato de sopa. Que mundo este. Devem ter receio que os turistas comecem a escolher outros pontos para apanharem os seus cruzeiros de luxo...tristeza!

Na noite passada

Nem consegui ler, nem ver televisão...nada...adormeci aninhada no sofá e, enfim, adormeci mesmo, com todos problemas que isso acarreta.

Não despertei para colocar a Bébécas a fazer xixi....antes se inverteram os papéis e acordei a sentir umas festinhas leves na cara, abro os olhos....era ela!

A chamar-me para ir com ela fazer xixi...que querida esta filha que Deus me deu.

A contrapartida pela minha falha foi dormir com ela o resto da noite - oh, que chatice;)

O Primeiro Ministro dos portugueses que o escolheram

Sugeriu que os mais novos emigrassem; enfim, aconselhar as cabeças válidas a irem pregar para outras freguesias não me parece uma política muito curial, mas tudo bem.

Sei que nos últimos tempos já vi partir colegas de trabalho e amigos para:

Singapura
Brasil
Inglaterra
Espanha

Dá que pensar...

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Frio, frio, frio.

E a Dona Merkel diz que Portugal tem licenciados a mais

Enfim, eu não simpatizo com a senhora, e há que saber interpretar o que a criatura quer dizer. Realmente num país com 10 milhões de habitantes em que um burro carregado de livros vira doutor, é preocupante.

Vamos um pouco mais atrás e há políticas de educação completamente disparatadas, condições de acesso às universidades em que entra um cromo com 20's mas que não tem a mínima vocação para lidar com vermes, quanto mais com seres humanos, não se avalia a inteligência emocional das pessoas, que é tão, ou mais importante do que a lógica e estaria aqui a enumerar uma série de factores a ter em conta...mas, o sistema é este e não vamos deixar de fomentar o ensino superior por causa disso.

Eu não me vou "deslicenciar", nem "desmestrar"...pior, até numa 2ª licenciatura embarco, portanto, vou dar cabo das estatísticas que a dita senhora terá que analisar.

Não falando acerca da causa em si que há uns bons anos nos arrepiou

Jamais me esquecerei daquele massacre de Santa Cruz, as torturas ao Xanana, etc, etc, contudo foi uma causa com a qual nunca me envolvi muito emocionalmente; uma coisa é certa, Timor tens uns quantos "débitos" por saldar com Portugal.

O bom português apoiou, acolheu, fez marchas silenciosas e outras nem tanto, vestiu-se de branco, fez cordões humanos e agora os tipos fazem isto!?

A mim não me espanta, pois como mulher e mãe, já me fizeram bem pior, mas uma situação a esta escala, foge do tema doméstico e abrange uma escala vergonhosa.

Enfim, aprendam...


Os convites para ir jantar ali a Madrid...digamos que há uns anos atrás, ia de bom grado.

De há uns tempos a esta parte, suplico para não me convidarem ou faço mesmo o choradinho para não ter que ir.

Ir ali ao aeroporto, apanhar o avião cedinho, trabalhar no escritório de lá o dia inteiro, depois copas, cañas, la cena, los postres, y más copas, y vamos a salir aquí y después allí, os espanhóis têm muito andamento e eu já não tenho idade para estas coisas.

O que dizer e não dizer aos outros - sobretudo aos adultos

Estava eu a ler a minha revista muito tranquila da vida, no dia da aula de Inglês e oiço-a a chorar lá para dentro.

Enfim, lá seriam as teimosias do costume, nem me cheguei à janelita estratégica que eles lá têm; às tantas o choro continuava com uns sonoros "quélo a minha mamã".

A porta abriu-se e veio a professora, que ainda tem aqueles pergaminhos de não estar totalmente à vontade, por ser nova na escola e nova de idade.

Lá me veio explicar porque é que a Bébécas chorava e mais uma vez lhe dei carta branca para a colocar no seu devido lugar na sala de aula, pois os ensinamentos da professora são para seguir - mas desta vez tive que lá ir pôr a cria em ordem...estava embaraçada com o que fez.

E o que é que ela fez que levou a toda esta cena deplorável!?

Bem, a professora estava a fazer um exercício, dizia palavras erradas propositadamente para eles corrigirem; e a minha filha, que por acaso é a mais nova da sala, com uma diferença de no mínimo 6 meses de idade dos restantes e nalguns casos até mesmo de 1 ano, diz assim:

"Sally, és uma tonta! Estás a dizêle isso mal. Tonta!"

Enfim, todos os dias reservo um bocadinho do meu tempo para lhe dizer que eu posso dizer que ela é tonta, se o for - porque eu sou a mãe e mais do que isso, a mãe dela.
Ela não pode dizer seja a quem for que é tonto, muito menos às pessoas mais velhas do que ela.

Pergunta assim:

"E à avó mamã!?"

Bem, experimenta a dizer uma coisa dessas à avó que vais vê-la zangada contigo; a avó é mais velha filha.

"E à tia!?"

Bem, a tia é uma excepção; ahahahahah. Com o que ela me fez "sofrer" pelo facto de ser quase 11 anos mais nova do que eu, agora merece ter a sua paga. Ahahahahah....

Não, à tia também não e a ninguém...eu que saiba!

As manhas da minha filha

Não, não falta o til, são mesmo manhas.

Tudo bem, tem 4 anos, já sabe viver e bem, mas por vezes ainda me consegue espantar.

Há 3 noites atrás, quando, de madrugada a fui buscar para o xixi, o dito já estava tranquilo espalhado pela cama; e eu com um olho fechado e outro meio aberto, lá fui dar-lhe banho, tirar tudo da cama, colocar roupa lavada, enfim, ando estafada desta nova rotina.

Voltei a deitá-la e quando acordou, por acaso lá se lembrou do "acidente" e diz-me com toda a desfaçatez deste mundo:

"Mamã, a culpa do xixi é da tosse. Eu estava com tosse e depois o xixi saiu sozinho"

E eis que hoje

Já não me dói o ouvido; ou será mais correcto dizer, ainda não me doeu o ouvido!?


segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Lá ficou o Cherne um bocadinho mais emproado!


Agora dói-me o ouvido esquerdo

Não tive enquanto criança ótites e afins, é preciso chegar a esta idade para me doer um ouvido!

É que isto incomoda mesmo; coitadinha da minha filhota que já teve uma ótite em cada ouvido no Inverno passado; a minha vontade é atirar para dentro do meu ouvido uma bela dose de água a ferver!

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

2 Meses

Isto deve ser inédito; 2 meses seguidos sem ter uma gripe, é um milagre.

Benditos lisados-polibacterianos. Não acredito que me safe neste mês que aí vem, mas estes 2 meses de sossego foram uma benção; o meu organismo agradece.

Ai que os Russos estão a querer conversa

Porque será que não se metem com alguém do tamanho deles; deixem-nos em paz...somos bebés!

Hoje cruzei-me com uma bruxinha simpática...


Face à minha "alergia" a estas festividades, tentei que a criança fosse mais soft, "coisa mais linda, mais cheia de graça, é ela a menina, que vem e que passa" e acabou por ir mesmo muito engraçada.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Uma das minhas pancadas

É mesmo adoração pela Union Jack; se não tivesse nascido aqui, poderia bem ter nascido no Reino Unido e viver lá, e tal...mas depois passava fome, por isso é que a cegonha deve ter aterrado aqui deste lado.

E então, tenho brincos, colares, peças de roupa, com a bela da Union não só por isso, mas por achar que a bandeira está mesmo muito bem conseguida, I like it.

E o Honey no fim-de-semana passado ofereceu-me mais esta pecinha:

Que a minha filha pensa ser dela, porque é uma gracinha, mas não é...ahahah.

E hoje para compôr o recanto, não foi bem uma alusão à bandeira, mas esteve lá perto; não resisti a esta fofura que tanto me encantou e dá um ar tão castiço aqui à sala:


Acabou agora o telejornal na TVI

E como interlúdio colocaram uma espécie de cenas do próximo episódio do Big Brother dos Segredos....é de uma ordinarice sem precedentes...

Amanhã é sexta-feira

E eu estou tão cansada; a semana passada foi atípica, com a cena do carro e por aí, entendo...mas esta semana foi dentro do normal, fora as noites mal dormidas, a minha filha cheia de tosse, guarda montada ao xixi nocturno e eu acho que já não devo ter idade para isto, só pode.

Apetece-me deitar, descansar, dormir até não poder mais, mas ao mesmo tempo apetece-me aproveitar os dias, passear aqui e ali, experimentar uma iguaria acolá....um mês num cruzeiro daqueles grandes resolvia o meu problema, ah se resolvia.

Diretor da revista Análise Social acusa ICS de censura - Portugal - DN

Diretor da revista Análise Social acusa ICS de censura - Portugal - DN



Ao que isto chegou, voltámos aos tempos da censura pelos vistos! Deixem os sociólogos e outros profissionais isentos fazerem o seu trabalho em paz e sem pressões fúteis!

Fragmento de alumínio faz renascer esperança de encontrar avião de Amelia Earhart - Globo - DN

Fragmento de alumínio faz renascer esperança de encontrar avião de Amelia Earhart - Globo - DN



Será que é desta?

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

"É hoje que vou mascalada de buxa mamã?"

Não, não é hoje, mas está quase, mas olha que não vais ser uma bruxa convencional.

 - O quêêêê mãe!?

Nada não.

Noah Galloway, soldado amputado, tem melhor corpo do mundo - TV & Media - DN

Noah Galloway, soldado amputado, tem melhor corpo do mundo - TV & Media - DN



É com estes exemplos que uma pessoa tem uma pequena noção do que é a verdadeira "Superação"; fantástico...uma lição de vida!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Tosse, tosse, tosse

Começou no sábado, depois passou, agora estava para ali a tossir desmesuradamente, lá fui acalmá-la e dar-lhe o xarope. Começa o tempo a arrefecer e as crias com maleitas :(

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

À noite

Bébécas tratada, deitada, a dormir, cozinha arrumada, a passar "tranquilamente" a ferro, toca o meu telemóvel menos restrito...olho para o visor e vejo um número enorme, desconhecido. Como já recebi há uns tempos um telefonema do Afeganistão!? que também não atendi e era uma grande mixórdia, este muito menos. Já conheço alguns indicativos por esse mundo fora mas o de hoje não me era minimamente familiar...fui verificar, era da Somália.

Coisa mais estranha...

A menina a preparar o jantar!

 Este brinquedo é mesmo engraçado!

O mês ainda agora começou

E a minha filha já tem o plafond completamente esgotado, mas não resisti...




domingo, 26 de outubro de 2014

Do nosso dia

Não estava no programa, quer dizer, estava, mas não podiamos ir...afinal pudémos e foi um dia maravilhoso ali para os lados do Museu da Água.


"Mamã, está quase no dia das buxas"

Eu que não ligo nada a estas coisas, ainda tenho que arranjar uma fantochada simples para a criança levar para o colégio, for Christ sake.

Estas coisas pagãs não embatem com o meu Santo, mas vivemos num sistema de coisas que para além de termos que nos moldar, acabamos por ter que dar "uma no cravo e outra na ferradura".

Tento que ela não leve estas coisas a sério, que lá porque os outros têm ou fazem, ela não tem que ser igual, até porque é na diferença que nos destacamos dos demais...não quero máscaras elaboradas, nem doce ou travessura, mas vou ver se lhe arranjo um chapéu de bruxa, umas asitas de morcego, pinto-lhe os olhos de preto e está feita a festa.

sábado, 25 de outubro de 2014

Parece Verão

Até parecia um dia de Verão, mas não, estamos a passos largos de meio do Outono.

Dia 25/10 de há 5 anos atrás, dia em que soube que ia ser mamã de um Ser, que se transformou nesta linda menina.

É o meu amor esta filhota!

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Depois de uma semana que começou coxa

Com o meu Bob de quatro rodas a impor uma paragem forçada à beira da estrada, mesmo à hora de ir buscar a minha Bébécas ao colégio, sem grandes recursos porque o Honey estava a trabalhar na outra ponta da cidade, a minha irmã na Invicta, a minha mãe não conduz...como o belo do português tem sempre muita sorte, atrás de mim ia uma grande amiga, que lá percebeu a aflição e embora até more bastante longe, lá andou a fazer piscinas comigo, enquanto o magnífico Bob foi de reboque para a oficina.

Lá fomos buscar a Bébécas, depois fui a casa buscar a cadeira suplente, já que a do meu carro, com o Isofix é completamente imprópria para estas andanças, depois ir até à oficina falar com o meu salvador destas horas, depois ir até casa da minha mãe buscar o carro da minha avó, que me safa as enrascadas e as da minha irmã...enfim...

Ontem foi a volta inversa, ir devolver o Bóguinhas à procedência, ir buscar o meu Bob, olhar para a conta da reparação e dizer "Oh valha-me Deus" mas pensar que há males piores, mas mais umas vezes umas centenas de euros a voar e não fica por aqui....

Hoje estou cansada, os olhos pesam, as noites mal dormidas a controlar os xixis da pequena...e quem vai fazer o jantar quem é? A Bimby, quem havia de ser!?

Mais uma pergunta engraçada da minha filha

"Mamã, como é que o cabeleileilo fez os meus calacóis?"

Lá lhe expliquei que os caracóis dela são dela mesmo, que não foram feitos por ninguém; o cabelo dela é assim e é lindo.

"O Afonxo também tem calacóis como eu não é mamã? Mas os calacóis dele são amalelos"

Pois, o Afonso tem, e muitos meninos e pessoas crescidas também têm.

"Mamã, mas quando eu éla muito bebé, o meu cabelo éla compido como o dos meninos e não tinha calacóis"

A noção de curto e comprido ainda não está muito nítida naquela cabecinha; lá lhe mostrei fotografias minhas em pequenina, e que o meu cabelo também era liso, e que depois vai encaracolando. Terminou dizendo que gosta muito do cabelo dela e que todas as pessoas lhe dizem que é bonito.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

O novo brinquedo da família

 Confesso que os primeiros modelos me passaram ao lado, mas este tinha ali qualquer coisa de engraçado...a vida tem destas coisas, nós, adultos, também temos os nossos brinquedos.

E, juntando à minha curiosidade com este modelo novo da Bimby, o Honey achou que mereciamos este miminho...e já cá está.

Uma coisa é certa, é muito rápida e a pessoa não tem que estar ali a olhar para o refogado, super interactiva...acho que nos vamos divertir todos cá em casa com este novo apetrecho ;)