terça-feira, 18 de novembro de 2014

Estamos numa fase de retrocesso a nível de xixi nocturno e eu confesso que nos últimos dias, ou noites, melhor dizendo, não me tenho conseguido focar nessa demanda. Voltei a colocar-lhe a fralda-cueca e pelo menos 1 xixi de manhã, está lá.

Já não estava a aguentar ter que lavar roupa da cama dela todos os dias e ainda por cima com este tempo, que tarda em secar.

Digamos que este mês tem sido prolífero em tretas, avarias e decisões que implicam a diminuição drástica dos meus activos e consequente aumento do meu passivo.

Até ao ponto de me estar a chover dentro da sala e o administrador do meu prédio, como os restantes condóminos não pagam as quotas, não se mexer porque não tem dinheiro para mandar arranjar o telhado.

Pergunto: e o que é que eu tenho a haver com isso, se as minhas quotas estão pagas!?

Ah, e tal, o prédio nem tem seguro. Boa. O meu seguro multirriscos, para além da minha casa, tem cobertura de partes comuns, mas situações que estejam relacionadas com um incidente, não com o facto de não manterem o prédio e do próprio se deteriorar; não se limpam algerozes, não se consertam telhas...e para além de uma goteira enorme, já tenho uma mancha negra em pleno tecto.

Eu tenho os pulmões enfraquecidos dada a quantidade de pneumonias que já tive, a minha pequena filhota também já teve uma, e aquela humidade não me está a fazer bem à saúde e sobretudo ao cérebro!

E pronto, acho que vou passar o resto da minha vida a pôr as pessoas em tribunal, porque não me parece normal estarem a dever 4 e 5 anos de condomínio e ninguém fazer nada, e por esse motivo eu estar há uma semana com a minha sala feita cubata!

Haja presença de espírito, porque se houver força, eu ainda vou partir qualquer coisa!

Sem comentários: