terça-feira, 4 de novembro de 2014

As manhas da minha filha

Não, não falta o til, são mesmo manhas.

Tudo bem, tem 4 anos, já sabe viver e bem, mas por vezes ainda me consegue espantar.

Há 3 noites atrás, quando, de madrugada a fui buscar para o xixi, o dito já estava tranquilo espalhado pela cama; e eu com um olho fechado e outro meio aberto, lá fui dar-lhe banho, tirar tudo da cama, colocar roupa lavada, enfim, ando estafada desta nova rotina.

Voltei a deitá-la e quando acordou, por acaso lá se lembrou do "acidente" e diz-me com toda a desfaçatez deste mundo:

"Mamã, a culpa do xixi é da tosse. Eu estava com tosse e depois o xixi saiu sozinho"

Sem comentários: