terça-feira, 29 de dezembro de 2009

E o que trará o novo ano??

Hummm, quer-me cá parecer que a conjuntura continua difícil para todos nós, obviamente que para uns mais difícil do que para outros, mas tenho a certeza de que vêm por aí muitas e boas surpresas.

E como eu costumo dizer que 10 é o meu número, pode ser que esteja enganada, ou talvez não.

Sabem que mais, prevejo que vem aí um ano muito feliz.

Há momentos nas nossas vidas

Em que mesmo que não queiramos relativizamos o que de mau nos pode perturbar e damos mais atenção e importância ao que é de facto importante e parece que tudo o resto passa à história.

E é tão bom quando nos concentramos nas coisas boas, melhor ainda quando temos coisas boas que nos fazem concentrar-nos ainda mais nelas.

Oh happy day's...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Há momentos na vida

que são momentos cruciais e que são tão intensos e importantes que ficam sem dúvida para a nossa estória e história de vida.

São daqueles momentos mágicos e indescritíveis, que apenas passando por eles sabemos como vamos reagir e como vai ser o futuro próximo, porque por mais que fizesse parte do nosso imaginário, só no momento do "real" é que tomamos consciência das implicâncias que tais momentos podem ter.

Mas esses tais momentos bons, podem ser ao mesmo tempo angustiantes e a magia cedo se transforma em incertezas, em dúvidas e contradições.

E por vezes, sentimo-nos completamente enclausurados numa Torre de Babel, sentimo-nos a retornar a uma das histórias dos templos biblícos, porque é incrível como muitas vezes aqueles que pensamos que nos são próximos não entendem nem nunca vão entender a nossa linguagem, os nossos simbolos, a nossa semiótica.

E é incrível que nos momentos em que mais precisamos dos outros, raramente eles lá estão, pois o egoismo e as causas pessoais se suplantam às causas mais nobres e temporalmente mais importantes.

Resta-me passar amanhã o dia em que perfaço 32 anos junto da família mais chegada, receber os seus sorrisos e os seus mimos, porque aniversários só os festejamos uma vez por ano, nunca sabemos se festejaremos o próximo e mais importante que isso, este para mim vai ser um aniversário com um gostinho bem especial.