quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

E a aproveitar os saldos

Vou comprando peças para o Outono-Inverno do próximo ano para a minha pequena crescida.

Hoje destaco o vestidinho da Gant, tão parecido com um que eu tive dos Porfírios.


Lisboa, Lisboa!


Hoje foi dia de irmos ver o Snoopy


Ir à Baixa lisboeta numa de descontracção e termos a cada esquina polícias de metralhadora em punho é assustador; que mundo este!

A noite em que o gangue da pesada tomou a minha cama de assalto


Cada vez mais frequentemente me pergunta quando vai para a escola primária

Interiormente reagi um bocado mal a esta ânsia, porque há tão pouco tempo conseguia carregá-la de um lado para o outro ao colo e agora já me pergunta pela escola, quer aprender.

Começo a aceitar de dia para dia melhor as evidências e recuando há 33 anos atrás, quando eu própria aos 5 anos sonhava com a entrada na escola e ainda com 5 anos para lá fui, tão feliz.

É um facto que o tempo escapa-nos por entre os dedos e é um facto que temos que o aproveitar ao máximo, porque não sabemos se teremos direito ao amanhã.

Começo a pensar em comprar-lhe uma secretária gira para o quarto dela, para ela estudar, ter o seu espaço dentro do seu espaço e começar desde o início a incutir-lhe "o verdadeiro método de estudar"

Nunca pensei que fosse assim, tão rápido...ao mesmo tempo de dia para dia ganho uma companheira de aventuras, de passeios, de experiências, de idas ao cinema, teatro, concertos e afins.

Hoje fomos a uma demonstração de cosméticos...e que divertido que foi.

Perdi a cabeça

Parei na Casa da Sorte e comprei uma raspadinha de 3€.

Não me saiu nada.

Olha que "%$#)("

E o incisivo superior esquerdo já abana e bem

E não há como não me lembrar que há 5 anos atrás começavam a aparecer os primeiros dentes...que agora caem.

Daqui a pouco tempo volto a ter uma desdentada linda cá em casa :)

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Há situações na nossa vida que quando ocorrem nos proporcionam uma indescritível sensação de alívio, retiram-nos um peso de cima, algo que já há muito nos custava a suportar. E dou comigo a suspirar de alívio e alegria por finalmente me ter livrado de um fardo ou pesadelo que de facto não era meu, pois já basta os fardos que nos são intrínsecos.

Não há nada como viver a verdade, porque de mentiras está o Céu cheio. Aiiii, que alívio.
Mas será que é mesmo a palavra final do Paulo Portas não se recandidatar a líder do CDS/PP?

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Filipa Ferreira - "Já Passou" - Final - The Voice Kids

E claro, maravilhosamente interpretada em português pela filha de uma amiga minha...é um encanto esta miúda!

Demi Lovato - Let It Go (from "Frozen") [Official]

A banda sonora da minha filhota!

The black cat & My Baby Girl


A noite hoje não nos deixa ver as estrelas, portanto vemos as que temos em casa!

domingo, 27 de dezembro de 2015

Mas que grande tempestade lá fora...

A Nikita sou eu!

E que a vida me permita continuar a sorrir!

sábado, 26 de dezembro de 2015

Hoje a noite é passada nesta companhia. ..


quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Ou talvez seja apenas uma questão de ponto de vista

Pode ser uma triste realidade, mas vai-nos levando as pessoas de quem mais gostamos, um dia a nós próprios e a crença de que nos voltaremos a encontrar...

A minha redundância

Lembrei-me agora que me esqueci de adicionar a bela da colher com manteiga à mousse de chocolate...bem, pode ser que ninguém dê por falta dela ;)

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O arroz doce já está, a mousse de chocolate está a caminho, a gelatina tricolor com leite condensado idem...falta-me a aletria e a minha irmã que me desculpe, mas bolos não me parece que saiam do forno. Já sei que a minha mãe vai trazer este mundo e o outro, portanto...por aqui está feito ;)

Como amanhã não vamos comer nada...

Cedi à tentação, juntamente com a minha filha e encomendámos uma Pizza - who care's.

Estou a tornar-me numa socióloga desactualizada

Foi preciso ler um artigo no Público para saber que existia o conceito de "millennials".

Shame on me.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Nutro pela minha filha um amor incondicional, não é novidade. E, por tudo o que nos envolve ela é a pessoa que a vida colocou no meu caminho, que para mim é muito especial. Já o disse várias vezes e repito que, o sofrimento une as pessoas - não conto neste momento pelo menos em ter mais filhos, mas mesmo que os tivesse a minha primeira filha, nesse caso, iria ter sempre o seu lugar especial/diferente. Não que o amor fosse maior, mas, especial.

Talvez uma das missões da minha vida, para além de ser uma pessoa melhor e utilizar algumas das virtudes que porventura possuo para ajudar o próximo, e que mereça no mínimo ser ajudado, seja tentar fazer dela uma pessoa Humana; que aprenda a utilizar os dons dela para o bem, que faça por aprender, por ser alguém, e que, acima de tudo e que, por muitas voltas que a vida dela dê, nunca envergonhe a minha memória e a honra dela própria, com comportamentos pouco dignos numa mulher, reprováveis em qualquer década e geração.

Ultimamente enfoco as desilusões da vida nela, utilizo-as para me aproximar ainda mais dela e agradecer o facto da minha filha ser minha, e estar na minha vida. Pois nestes últimos 5 anos a presença dela na minha vida tem-me trazido tanta luz.

É nela que penso e devo pensar ainda mais quando traço os meus objectivos, os meus sonhos, as minhas aspirações e ambições - ela precisa de mim enquanto mãe, educadora, exemplo, guia e eu, preciso do olhar dela, do seu cheiro, do seu carinho e do seu brilho. É por ela e para ela que vivo, que luto e é por ela que almejo a felicidade.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Como já não faltava nada

Fiquei a saber há poucos dias que a minha filha de apenas 5 anos tem escoliose; o ortopedista não gostou nada, e eu, muito menos.
Não é normal nestas idades, mas ela está de facto muito alta para a idade que tem. Enfim, fiquei mesmo bastante preocupada.

Como leiga em questões ósseas e ortopédicas, mal vi aquela maldita radiografia até fiquei branca - sim, mesmo com a minha tonalidade de pele, fico branca quando a coisa é grave.

Hoje lá consegui passar no consultório, mostrei o exame - a miúda agora vai andar vigiada até ao limite, fazer as aulas de natação com uma periodicidade mínima de 2 vezes por semana e para já ainda não se põe colete - mas o prognóstico não é nada favorável...

Enfim, uma pessoa tem mesmo sempre coisas graves para chatear; porque sinceramente já não tenho disponibilidade mental para coisas estúpidas.                                                                                                                                                  

E o que pedir para o próximo ano

Menos sobressaltos do que os que tive este ano - em termos profissionais e de saúde sobretudo.

Os meus ciclos de 5 em 5 anos são mesmo beras.

domingo, 20 de dezembro de 2015

Vai um bocado contra a minha crença

Mas é Natal, o Carnaval está quase aí, a miúda anda há anos a pedir, a avó comprou-lhe uma revista das princesas e uma vez mais vinha como oferta um mini conjunto de manicure e estabeleci umas quantas regras e lá lhe fiz o gosto às unhas:

1 - Lavar bem as mãos antes de pintar
2 - A mãe e só a mãe é que pinta
3 - Jamais sai à rua com as unhas pintadas e só pinta hoje porque está de férias
--------------------------------------Porquê!-------------------------------------------------
Porque só as senhoras crescidas devem pintar as unhas; as meninas têm tempo quando crescerem
4 - Mas que mais deveria ser a regra número 1 - estar com as unhas pintadas 1 dia e assim que a mãe for remover o verniz, não fazer birra.


Oração ao Tempo - Caetano Veloso 05/08/2007

...intemporal!

A criança foi ver a Branca de Neve no Gelo

E como é lógico, delirou, veio absolutamente encantada. O bilhete não foi propriamente barato, mas para ver a felicidade dela quando a fui buscar...valeu a pena.


sábado, 19 de dezembro de 2015

E concluímos que as pessoas não se respeitam umas às outras, nem tão pouco a si próprias, quando perante omissões evidentes não põem a mão na consciência e optam por fazer o bem.

Sobremesa maravilha@Penha Longa Resort

Estava uma delícia estava mousse de Ferrero Rocher; habituo-me a estas coisas e depois queixo-me que engordo uns gramas ;)


sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

A saúde da mãe

Está muito pouco condizente com a época de festas - a tosse até agonia, e a própria da agonia está a dar cabo de mim, mas como a minha vida é pautada por estas coisas, cá ando eu na loucura do dia-a-dia, sabe Deus como :(

E mais importante que tudo, obrigada à minha querida Humming pelo sempre demonstrado carinho e preocupação por nós. És uma pessoa extraordinária e eu gosto muito de ti :)

Palmas à GNR

Honestamente, e, uma vez que estamos numa altura complicada por excelência em termos de tráfego e acidentes, achei esta campanha, das mais bem conseguidas até hoje - dá que pensar e faz-nos abanar. Quem engendrou este spot está de parabéns!


Antes de qualquer update do estado de saúde da mãe

Vai aqui uma partilha de mãe babada - nota do exame da 1ª unidade de Inglês da minha filha:

Acabei de receber agora o email da escola - 76%

Note-se que a miúda está na classe dos meninos de 6/7 anos, que já frequentam a escola e ela só tem 5 anos.

Não há como não ficar orgulhosa!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

A uma hora destas e eu acabada de vomitar....isto promete!

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

A minha avó faria anos hoje

Nasceu a 15 de Dezembro de 1931 e partiu a 06 de Outubro de 1998 - está sempre tão presente nos meus pensamentos e tantas são as saudades que tenho dela.

O tempo passa, mas eu nunca a esqueço, jamais...faz-me falta Avó!

domingo, 13 de dezembro de 2015

My new precious

Coisa mais linda; ok, convenceram-me que consigo ter mais acessos com este brinquedo do que com o IPhone e acabei por trazê-lo comigo. É mesmo giro. É Natal, é Natal, lálálálálá....


O Natal já chegou cá a casa

Com doenças de todos e eu ainda a não estar bem, foi mesmo no limite...mas chegou!


sábado, 12 de dezembro de 2015

E como a CK é um must

Os brincos oferecidos pelo Honey :)


A prenda que a minha mamã me ofereceu

Já reina no meu anelar :)

E pela primeira vez

As mulheres votam na Arábia Saudita...isto é um marco histórico digno de ser celebrado!

Aleluia. Daqui a uns tempos, com jeitinho, ainda as deixam conduzir.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

E do nada, dou comigo a ter que explicar à minha filha o que é "trair"

Não, ainda não foi o dia para lhe contar a nossa história; embora saiba e queira perante mim própria que ela saiba a verdade, porque não irá sabê-la porque eu digo, há factos incontestáveis e provas irrefutáveis, mas tudo a seu tempo, como é óbvio.

Mas, a avó ofereceu-lhe um livro muito interessante: "O Papa Francisco fala às crianças".

A minha filha, que, como sempre gosta de uma boa leitura, lá quis que eu lhe lesse a história e comecei pelo S. Pedro, quem foi e o que fez. Embora a escrita do livro seja simples, tem que se descer aos 5 anos para associar as ideias e mesmo encadeá-las. Acabei por fazer alguns parêntesis   à história e falar-lhe um pouco dos 12 apóstolos de uma forma geral, que eram amigos de Jesus, que eram 12, o que quer dizer que Jesus tinha muitos "amigos", porque ter 12 amigos verdadeiros é obra.

Às tantas o livro exalta a parte em que Pedro nega o nome de Jesus por três vezes, mas que mesmo assim Jesus o perdoou, Pedro redimiu-se, fez do resto da sua vida uma exaltação ao nome de Jesus e à propagação da sua memória e dos seus feitos, dos seus dons e da sua bondade.

Foi aí que veio à baila a traição. E lá lhe expliquei que devemos ser bons e correctos com os outros, não mentir, não prejudicar ninguém, sobretudo os nossos amigos e familiares, os que nos são próximos...é com eles que devemos começar por fazer o bem.

E dei-lhe o exemplo; sou mãe dela e como mãe, sou tantas outras coisas para ela - se ela precisasse da minha ajuda, do meu apoio, que eu a defendesse e eu lhe virasse as costas, ou lhe mentisse, ela iria ficar triste.

E ela assentiu e disse:

"Mas tu não fazias isso, pois não mamã?"

Não, mas há pessoas que fazem; o Pedro, que era amigo de Jesus, fê-lo; e havia outro amigo que se chamava Judas e ainda fez pior...mas enquanto Pedro se arrependeu e depois, ao longo da sua vida com o seu comportamento provou estar arrependido, e por isso, e por ter feito o bem, hoje é o S. Pedro, o Judas não - mentiu, prejudicou, traiu, fez muitas maldades, logo não é Santo.

Lá ia repetindo que não se deve fazer mal aos outros e percebi que lá paira uma nuvem de alguma percepção do porque é que algumas pessoas não gostam umas das outras - isto de uma forma muito simples.

E termina assim:

"Mamã, eu não gosto do Paulo Pótas!"

Acho que estive 5 minutos a rir, e ela muito séria a repetir que não gosta dele. Ainda lhe perguntei se ela o conhecia, se ele lhe fez alguma coisa, se lhe mentiu...

"Não mamã, mas não gosto dele!"

Curiosamente, acho que ficou lá qualquer coisa, porque ainda perguntou se, sempre que ajudamos as pessoas, estamos a fazer o bem...


Não é por nada

Mas esta nova princesa da Suécia não me transmite qualquer empatia; no tempo da princesa Diana, as princesas tinham outros predicados; agora até a uma dançarina de bares se faz uma vénia...continua a não ser por nada, mas realmente ao vê-la nalgumas fotografias do seu casamento com o príncipe sueco a "acenar" aos súbditos com o dedo polegar em riste, pareceu-me literalmente uma pessoa sem o mínimo berço e nada preparada para ser "princesa".

As pessoas são o que são, mas há o mínimo. O povo paga os seus impostos para sustentar a pompa desta gente e realmente até podia ter feito da vida o que quis, como dançar em bares onde os clientes predominantes são homens e as mulheres se despem, há quem lhe chame arte, mas quanto a isso continuo a ser mesmo um bocado conservadora - podia ter feito ao menos um esforço por aprender, já que não será mais preciso despir-se para ganhar uns trocos.

Adiante, mas sempre que olho para ela, é impossível não me lembrar da Viúva Perpétua....que era uma menina ao pé desta jovem, ui ui.


quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

38 anos, alguns sorrisos da filhota@Darwin's Cafe


Hoje é o dia...38


Parabéns a mim e à minha mãezinha!

Diz-me a minha filha a chorar

Mamã, não quero que faças anos.

E perante a minha pergunta, ela respondeu assim:

"Porque não quero que fiques velhota!"

Sem palavras... :)

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Uma coisa leva à outra

Pelo facto de estar doente, adeus preocupação com a "dieta" - mas o facto é que em poucos dias perdi mais 1 kg. A vontade de comer é ínfima...e seguem-se mais dias de cama :(

E a minha filha a dizer que está orgulhosa da mamã, porque me viu a tirar sangue...

Pôs-se lá ao longe não fosse a agulha mudar de trajectória, vá-se lá saber, mas estava toda contente. Depois fez birra porque queria ir ao raio-x, que como é óbvio não iria, teria que a deixar com uma enfermeira, mas a minha mãe chegou mesmo a tempo e lá ficou com a neta.

Quando chegámos a casa quis ver a marca da injecção, lá andou à procura e encontrou, fez uma festinha...e continuou a dizer que estava orgulhosa. Parece essa que já me viu a fazer birras, ahahah.

Se ela me tivesse visto no dia em que nasceu, aí sim, fui de facto uma corajosa.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

E como a saga hospitalar continua

Depois de estar 3 horas na urgência do Hospital da Luz, de me fazerem exames e análises, lá vim com uma dose de penicilina e estou aqui que nem me posso mexer.

Esperemos que seja para melhorar, porque daqui a 3 dias, há festa!
O Fox Movies a exibir o Shining. O melhor entre os melhores!

domingo, 6 de dezembro de 2015

sábado, 5 de dezembro de 2015

Mesmo doente como estou, lá fui buscar forças para lhe fazer uns cupcakes para ela se deliciar amanhã ao pequeno almoço :)

Grandes verdades!


O encanto que é a minha filha

5 anos e 5 meses depois de ter nascido...

continua a dormir como um bebé!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Stone Temple Pilots - Plush (Video)

Era a minha preferida...RIP Scott Weiland!

Doente como estou

E a caminho de mais um fim de semana de cama :(

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

A minha alma está parva

O progenitor da minha filha pela primeira vez em 5 anos e meio de vida dela extra-uterina, teve a hombridade de aparecer nas urgências do hospital em que eu estava com a criança, para estar com ela e ser minimamente útil.

A minha fé na espécie humana é praticamente nula, e no que respeita a este espécime em especial, ainda mais, mas....teve uma atitude louvável e sobretudo a filha sentiu-se bem com a presença dele num momento em que precisava.

Menos mal...

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

"25 coisas que todo o Pai deveria fazer pelas suas filhas, mas que raramente faz"

Oh meu Deus, comentários para quê...e abandonar a mãe quando esta está grávida de 7 meses e meio e arranjar outra mulher de conduta duvidosa, não querer saber se a criança está para nascer ou não...essa está nos píncaros das boas práticas!

http://jafoste.net/25-coisas-que-todo-o-pai-deveria-fazer-pelas-suas-filhas-mas-que-raramente-faz/