segunda-feira, 30 de junho de 2014

E para mim

Amanhã é o primeiro dia de 2015; não comi passas, não bebi champanhe, vamos ver o que o "novo ano" nos reserva.


O miminho que a tia lhe ofereceu...uma delícia


Vou à Esquadra da Polícia

...ver se já chegou a pulseirinha para a minha bebé!

Especialmente para a minha filha

Um dia que leias isto, a mamã continua a dizer-te que em termos académicos não é lá grande exemplo; ok, tenho a sorte de me ter sido atribuído o dom da inteligência, porque se não fosse isso estava tramada.

O curso de Inglês acabou, a mamã foi a muito menos aulas do que deveria (questões profissionais uns dias, noites mal dormidas a cuidar de ti enquanto andaste doente nos últimos tempos, outros dias que nem saí de casa para estar contigo em repouso e um ou outro dia que pura e simplesmente não me apeteceu ir), vá lá que a este nível não há chumbos por faltas.

Cheguei atrasada ao exame na sexta-feira (shame on me) mas consegui acabá-lo 40 minutos antes do fim - sabes que não sou cá de meias verdades, ou é ou não é e o tempo é precioso para se perder com dúvidas existenciais.

Última aula, exame corrigido e entregue - Mummy arrecadou 92%...o que se segue, next level.

PS: Nunca faças estas coisas, a mamã não estudou 5 minutos sequer, qual inteligência qual quê, foi um golpe de sorte, porque a vida não são só desgraças.
E como tu não vais envergonhar a mamã, vais ser sempre uma linda menina, muito estudiosa e não vais confiar demasiado nos talentos que tens, porque por vezes basta uma noite mal dormida, e os talentos abandonam-nos por instantes!

domingo, 29 de junho de 2014

Ontem

Conheci uma menina, Clara de seu nome, com os seus 10/11 anos, com cancro.

Um pouco inchada da cortisona, sem ponta de cabelo, um lencinho a disfarçar a cabeça nua...mas um sorriso dos mais felizes que já vi.

Faladora como só ela, muito participativa, chateada porque não consegue deixar de ir nervosa para os testes na escola e teve 2 a Matemática, embora tenha estudado - mas passou de ano :)

E às tantas, dizia ela, que é uma boa menina, não faz mal aos amigos, obedece aos pais, às vezes lá faz uma traquinice ou outra, mas não entendia o porquê de estar tão doente e a sofrer tanto.

Lá lhe foi dito para entender tudo como se de uma prova de tratasse, encarar cada dia de tratamento como mais uma oportunidade e pensar que também, tantos meninos muitos mais pequenos ainda passavam por provações semelhantes ou ainda piores.

E ela insistia...que não entendia...

Olhei para ela com ternura, sorri...calada, cá por dentro, também penso, o que é que aquele inocente ainda irá sofrer mais...e qual o sofrimento que está reservado para todos nós.

Morreu o filho de Judite Sousa - dn - DN

Morreu o filho de Judite Sousa - dn - DN

Li pela primeira vez a notícia do trágico acidente do filho de Judite Sousa ontem à noite, e dada a gravidade com que descreviam o acontecimento, receei o pior - e dados os últimos acontecimentos da vida desta Senhora, achei que mais injusta seria uma situação destas.

Hoje de manhã, voltei aos orgãos de comunicação social, e estava tudo na mesma, e continuo...que dada a gravidade cheguei a recear que caso sobrevivesse, sofresse danos irreversíveis e continuei a pensar naquela Mãe e no orgulho desmesurado que sempre demonstrou por aquele filho, único, desejado e brilhante.

Confesso que foi com choque que recebi a notícia deste desfecho e continuo a pensar naquela Mãe ainda há pouco tempo na apresentação de um livro a referir-se a ele, André, como o Homem da sua vida.

Olho para a minha filha, tão pequena e frágil e também para mim é a Pessoa da minha vida e fico angustiada só de pensar no sofrimento por que estará a passar a Judite de Sousa, uma mulher que é figura pública, mas que antes disso é um ser humano como todos nós e uma Meritosa Mãe. Paz à alma do seu André e que os próximos tempos os consiga passar com a doce lembrança deste filho que partiu mas que fará sempre parte dela.

Aldeia da roupa branca...sapatos, etc.

Pois, estas coisas das crianças em tons clarinhos são muito giras, mas dão uma grande trabalheira. Em poucas horas de uso das Paez, em vez de rosa-malva, aquilo já estava castanho escuro.

O que as salvou, o que foi, o que foi!? (não podem ir à máquina)

Esta maravilha com que a minha mãe me lavava os ténis quando eu era miúda, tradicionalmente ao fim de semana, para começar a semana com eles sempre limpinhos...e agora a história repete-se. As Paez têm um cheirinho excelente, mas este produto também não lhe fica atrás...já estão na janela a secar, para daqui a mais 2 dias estarem prontas para a barrela outra vez.

Quem tem uma mãe, tem tudo!

sábado, 28 de junho de 2014

E é assim, a criança ganhou um adereço novo em cada orelha!

Em minha opinião, em crianças pequenas deveria ser mesmo assim; ao mesmo tempo, quando se arrependessem já era tarde.

Depois de mais de um ano a pedir, implorar, começar a colocar colares, pulseiras, molas de roupa nas orelhas, depois de lhe explicar como se faziam os furos, que ardia um bocadinho, blá blá blá, enfim, lá me convenceu e lá fomos os 3 fazer esta maldade. O Honey e eu ecolhemos os brinquinhos, ao início a situação correu bem, depois do 1º...ai, ai, ai....foge!!!!

Contorcia-se, dizia para eu soprar a orelha já furada, eu dizia que tinha "avisado", mas que agora tinha que fazer o resto; às tantas já dizia eu à senhora da ourivesaria para não furar a 2ª, comecei-me a sentir mal, o Honey a agarrá-la...e enfim, a obra ficou feita, está linda e vaidosíssima.

Não me deixa lá tocar, portanto fazer agora a manutenção de os rodar diariamente e colocar alcool, não vai ser fácil...mas é que a miúda fica mesmo bonita com os brincos :)
Não sou propriamente aquela pessoa que vai jantar fora, num sítio que tem a Sportv a dar um jogo de futebol, e entre uma garfada e outra, ver um jogo de futebol.

Nem sabia que o Brasil jogava hoje com o Chile; sabia que se iam defrontar, mas não que era hoje,

Confesso, cheguei ao restaurante o jogo já estava no fim do prolongamento...e de cada vez que os chilenos marcavam um penálti eu dizia cá para comigo "bem feita".

O guarda-redes do Brasil é bem apessoado, e vibrei com o Neymar e o David Luiz, pronto, que a lingua portuguesa vá mais além.

Gostei pronto, tenho dito!....agora aquela do Hulk...não achei piada!
Quando fole assim mais gande, quelo sele como tu - diz ela.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Ai a minha bolachinha :)


...com uma terrível dor de cabeça!

Por trás de um grande pai, há uma grande mãe - Life&Style

Por trás de um grande pai, há uma grande mãe - Life&Style

Lá está, logo nas primeiras linhas o que se passa no meu universo; um erro crasso de casting que me fez acreditar que um crápula, não o era e tal como o próprio afirmava iria ser o pai ideal dos meus filhos.

Será que o próprio ser acreditava nesta barbárie!? Não creio, as mentiras e omissões foram sempre tantas, que ainda deve acreditar que é, o que não é.

Mas sim, a culpa do casting é inteiramente minha, porque o crápula esteve sempre lá, os meus olhos é que não quiseram ver e agora a criancinha tem aquele código genético, aquela certidão de nascimento e eu de quando em vez lá tenho que me chegar à frente, fazer das minhas, para que pelo menos cumpra 1/3 das suas obrigações!
E a maldita afta cá continua...daqui a nada ando de boca à banda! Que desespero.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Finalmente o Sr. Silva decidiu convocar o Conselho de Estado; vamos ver o que vai sair dali.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

A minha It Baby

Hoje, quando chegámos disse-lhe que tinha um miminho para ela; não, não é mais um vestido, não é um chocolate, não é um gelado....depois de as ver, adorou....já queria dormir com as Paez e tudo!


E ficam um esmero nas pernocas dela...demais!
Uma afta exactamente posicionada entre a gengiva e o dente...é um horror, e está cada vez pior, cada vez me incomoda mais.

Lembro-me que quando a minha avó travava a batalha contra o cancro, uma das consequências da Quimio era ficar com as mucosas todas queimadas e havia um medicamento milagroso que a aliviava na boca - Piralvex se não estou em erro. Estou a ver que ainda tenho que pegar nas perninhas e ir à farmácia porque isto está mesmo mau.

Há um aninho atrás

Estava eu descansadinha da vida de férias no Algarve, com um tempo bem agradável.

Este ano, para além de não estar no Algarve (ainda) o tempo é o que se vê...

terça-feira, 24 de junho de 2014

As saídas dela

Ontem, nem sei como, deixei cair o frasquinho do spray de repelente dos bicharocos que gostam de povoar a cabeça dos pequenos (e que até agora tem resultado) e a tampinha partiu-se.

Lá me lastimei e chamei desastrada a mim mesma, vem a minha filha do quarto dela, olha para o chão, vê a tampa partida em três partes e diz-me assim:

 - "Mamã, não fiques chateada; os acidentes acontecem!"

Party Romantic-Chic

Como é óbvio, e não me incluo neste grupo, porque com tanta coisa e a própria festa, ainda nem pensei no que vou oferecer à minha filhota no dia dos anos dela e confesso que nem budjet para grandes aventuras, mas isso é apenas um detalhe. Fique-me-nos pelo óbvio, pois a Exma. Avó e a Tia perderam-se no universo Dra. Brinquedos e vou ficar com a casa transformada em consultório médico (saía mais barato ir buscar as coisas da minha avó, com direito a Simposium, estetoscópio a sério e tudo, e dada a estatura da minha avó com o seu 1.54m, até as batas quase lhe serviam), mas tudo bem, venha a Dra. Brinquedos.

O Honey virou-se para o lado dos Nenuco's, depois hão-de vir puzzles e Lego's e afins - resumindo, complicam-me a tarefa.

Mas o tema, vai ser do mais ternurento que há. Continuo a ter boas ideias :)

Creio que vai ser mais um bolo memorável e que não lhe vai sair da memória, ou eu não tivesse escolhido para ela vestir naquele dia um fato tão principesco com umas sabrininhas a condizer.

Ementas preparadas e aqui a mamã não deve ir à cama na véspera com tanto que tem para organizar. Vale sempre a pena, é o dia mais importante das nossas vidas; para ela porque nasceu, para mim porque ela me fez ser mãe e naquele momento, dos nossos "sangues" só lá estávamos nós e isso tem muita implicância para o rumo da nossa história.

O tema inescapável - Life&Style

O tema inescapável - Life&Style



Está fabuloso!

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Um dia de Verão

Em finais de Junho, no nosso Portugal...


Nem com profecia minha...

Mas também o engano não foi total; ok, não perdemos, também não ganhámos e quer-me cá parecer que o voo Brasília-Lisboa entre as próximas quinta ou sexta-feira está garantido!

Pensar assim, daqui a 2 anos deve haver um Euro, daqui a outros 4 outro Mundial, a bola é redonda e deixem-se lá de insultar os jogadores, que acredito que à sua maneira mais ou menos rude, estarão a dar o seu melhor.

domingo, 22 de junho de 2014

Miminho da Mãe do Honey para a nora


Não é por nada, mas são bonitas e estes miminhos sabem bem...a Bébécas também adorou!

Não sei porquê

Mas acho mesmo que somos bem capazes de ganhar o jogo hoje contra os States.

Algo me diz que sim, e esta!? Daqui a umas horas veremos se tenho futuro nas "adivinhices" ou não :)

PS: claramente não tenho, caso contrário o inominável jamais teria entrado na minha vida...mas enfim...

Isto é que foi um fim de semana

Fez um bem à Bébécas, está com óptimas cores e apetite; hoje foi dia de sardinhada...ela gosta, eu nem lhes consigo sentir o cheiro.

Shiuuuuuuuu, ela não pode saber, porque se me ouve dizer que não gosto de alguma coisa, está dado o mote para também não gostar.

Eu comi o meu belo carapau, ela divertiu-se ao máximo, passeou, viu plantinhas, pinheiros...enfim...foi um dia em cheio.

Mãe de Daniel foi detida - Portugal - DN

Mãe de Daniel foi detida - Portugal - DN


Mal este "teatro" vergonhoso entrou em cena comentei com quem me conhece que tudo não passava de uma encenação, que os pais provavelmente iam vender o miúdo mas os planos saíram furados...a criança estava praticamente bem, fraldas mudadas, sem sintomas de ter estado 3 dias sem comer - como é que uma criança de 18 meses se fazia assim à estrada, naqueles caminhos da Madeira com tanta facilidade!?


A minha filha coitada, não o faria, e deveria ter caído ao fim de 100 metros de caminho.


Valha-nos a nossa PJ que estando aparentemente "calada" começa a deslindar esta farsa, este embuste e esta mulherzinha devia ser bem castigada, a fazer dos outros parvos.


O que ela merecia sei eu, e o marido e o amante e todos os envolvidos. Haja vergonha!

Hoje

Quer dizer, dado o adiantado da hora, ontem, a pequenita foi conhecer o Jardim da Tapada das Necessidades; um jardim emblemático e ancestral no meio da cidade de Lisboa, com uma área brutal. Adorou, está cada vez mais fã das maravilhas que a natureza tem para nos proporcionar.


sexta-feira, 20 de junho de 2014

Egas Moniz: Prémio Nobel, Primeiro Centenário 1874-1974

Egas Moniz: Prémio Nobel, Primeiro Centenário 1874-1974



Muito interessante este documentário.

Criminoso 'bonito' conquista mulheres em todo o mundo - JN

Criminoso 'bonito' conquista mulheres em todo o mundo - JN



O homem é bonito de facto, muito, digno das melhores agências de moda do mundo...mas não percebo o porquê de tanto sururu...o que mais por aí deve haver, são criminosos bonitos. Não é o primeiro, nem será o último.



Agora que na prisão deve ser um bombom, lá isso deve.

Meninos de Quadro de Honra

Tenho uma amiga que tem 2 filhos fantásticos, um orgulho mesmo.

Conheço-os desde os 3 anos dele e os 6 anos dela, e neste momento ele, vai para o 8º ano e ela para o 11º.

Brilhantes estes miúdos; ele com direito a Quadro de Honra na escola e a mana com média de 17,5. Não são meus filhos, mas até eu fiquei inchada!

Formidável.

Não percebo nada disto

Quando saí de casa pela manhã, chovia a sério, a minha rua (salvo seja, que ainda não tenho rua com o meu nome atribuído) estava alagada e quando fui despejar um saco de lixo ao contentor do outro lado, parecia um hipopótamo a saltar de nenúfar em nenúfar para não molhar os pés a descoberto numas frágeis sabrininhas.

Mandei a Lady Bébécas Tinkerbell de calças de ganga, os sapatos de fivela e uma túnica de manda 3/4...e chovia.

Chego à Linha, parece que estou noutro país, à hora de almoço passei pela praia e estava um calor suportável, mas calor, o pessoal a tomar a banhoca no mar e a torrar ao sol no areal.

Mas que tempo é este!?

quinta-feira, 19 de junho de 2014

O cabelão da minha pequena

É bonito de facto, mas dá imenso trabalho mantê-lo saudável e penteado. Muito seco, emaranha-se sobre si próprio mesmo entre penteadelas. Acabo de escovar uma parcela de cabelo e ele de seguida já está a colar um ao outro, é terrível.

Para além disso tem um poder de atracção de cotão fora de série; não estranho, porque o meu cabelo é igual, mas, como a experiência e os erros alheios nos fazem aprender, não lho corto - foi o erro que a minha mãe fez comigo e depois quando cresceu veio na parte de cima carapinha e na parte de baixo parecido com o da minha filha.

Portanto este é cortado muito de quando em vez por quem sabe, o equivalente à grossura de um dedo dos meus, para não começar a crescer em volume e não em comprimento, que é o maior problema deste tipo de cabelo.

Também não é muito bom tê-lo apanhado, porque dado o facto de ser muito seco, tem tendência a partir, mas confesso que nesta altura do ano, com o calor por vezes é difícil escolher a melhor opção.

Hoje lá a convenci a deixar-me fazer-lhe uma trança e ficou linda linda linda!


A minha carochinha

Aproveita filhota, porque ao que parece a chuva vem aí :(


quarta-feira, 18 de junho de 2014

Bem, emitam lá as passagens aéreas para os espanhóis também...

....pode ser que juntamente com as nossas, haja um desconto :(

José Saramago - 18/06/2010

Quem bem me conhece sabe que não sou propriamente apreciadora de José Saramago, embora haja obras que escreveu, brilhantes.

A atribuição do prémio Nobel em detrimento de outros para mim foi discutível, talvez apenas por aquela altivez desnecessária que demonstrava, não sei, nunca tive a maior das empatias pelo Senhor, mas reconheço-lhe todos os méritos e mais algum - limito-me a exprimir a minha opinião pessoal.

Faleceu há 4 anos, e eu, gravidíssima, inchadíssima, se a memória não me falha com a túnica que tenho hoje vestida.

Lembro-me exactamente onde estava quando recebi a notícia (na escola da filha de uma amiga minha) e que a minha cabeça estava a leste do paraíso, naquele momento a desejar a minha própria morte, e o poupar de uma figura incontornável para Portugal (aprecie-se ou não).

E nós cá continuamos, eu bem menos inchada, a túnica, que embora não tenha sido um acto propositado, calhou vesti-la hoje, vá lá saber-se o porquê.

Drawing

Assim vê ela a nossa família; eu apareço sempre ligeiramente maior, de resto, somos iguais :)

As figuras humanas estão muito bem feitas, dada a idade da criança; aqui está a mãe babada a tentar adivinhar-lhe alguns talentos.


terça-feira, 17 de junho de 2014

Muito aproximadamente mesmo (a parte do colo)


Porque a minha criança, a completar 4 anos daqui a 2 semanas e meia, suplica pelo meu colo incessantemente. Confesso que com o calor que se tem feito sentir nos últimos dias, aquele corpinho colado ao meu me faz suar ainda mais, mas tenho que aproveitar...o que custa mais é mesmo nas idas à praia, até chegar ao nosso poiso, mas vai chegar o dia em que lhe chamo "minha bebé" e ela me vai mandar pastar. Mãe "sofre", mas é um sofrimento bom e apetecível.

Lá vai a minha filha achar que isto está tudo doido

Agora que a criança andava nas suas sete quintas de vestido todos os dias, menorquinas e afins, eis que vêm dizer que a chuva vai voltar.

Hoje, just in case foi com um look mais casual Pepe Jeans, mas manguinha comprida e calças azuis escuras justinhas e os sapatos de fivela; mas se a temperatura começar a baixar, lá voltamos ao casaco, às carneiras e os vestidos, calções, saias e folhinhos a rirem-se para ela de dentro do armário :(

segunda-feira, 16 de junho de 2014

É que uma pessoa não é de ferro

E a Dona dita cuja está a conseguir irritar-me!


Confesso que a efusão da Dona Merkel me irritou!
Afinal, a organização nem está tão má! Tudo junto com o que é efectivamente necessário para o que aí vem. Menos mal.

Raios

Mas onde é que eu guardei a Escritura da minha casa!?

Aparece-me tudo, contratos de promessa de compra e venda, registos provisórios, plantas...e a Escritura MG; o tempo urge, valha-me Deus!

Nada melhor do que uma miúda cheia de pinta


Para alegrar este fim de tarde sui generis.
Acontece, a bola é redonda, quando abordei o tema ontem não foi em tom de profecia, mas algo me dizia que o dia de hoje não ia ser fácil para os nossos meninos lá em Salvador.

Há coisas na vida tão mais importantes do que isto, mas ver um país em suspenso por causa de um mero jogo de futebol não deixa de ser caricato.

Apercebo-me do resultado por algumas colegas estarem a ouvir o relato, os homens daqui já debandaram, à excepção de um que tem mais com que se preocupar...

É pena, sigamos ou não os jogos, percebamos ou não de futebol, o facto de ganhar produz em nós sensações muito boas, mas cada vez mais me prendo às pequenas vitórias da minha vida, porque cada vez mais acredito que somos de facto meros peões neste verdadeiro jogo que é acordar todos os dias e encarar os novos desafios.

Se perderem, paciência; outros ganharão; há batalhas bem piores e guerreiros que jamais baixam os braços. Vergonha!? Não...as regras do jogo estão ditadas e a vergonha deve ser tida por quem por si só, não as cumpre.


Heróis do Mar!!!!!!!

Não há condições

Está aqui uma pessoa embrenhada nos seus afazeres e liga-lhe uma Mãe (a minha pois claro), toda comovida e entremelada porque estava a ver a nossa Selecção a sair do hotel, e todo o aparato à volta, e os jogadores, etc etc.

Muito gosta a minha mãe destas coisas!

Fico sem ar de tanto rir sozinha com as manhãs da RFM

Que me fazem companhia no trajecto casa-trabalho, depois de deixar a minha filhota (que, com ela, ouvimos os cd's das músicas infantis ou das lições de Inglês).

Hoje apresentaram uma versão rebuscada do Vira-Vira dos Mamonas Assassinas cantada pelo Roberto Leal em alusão ao Mundial - demais!

...e de facto o look do Raul Meireles está ali a roçar o António Variações, que dejà vú meu Deus!

Para a minha pequena princesa


O fato que ela vai vestir no dia do 4º aniversário pedia um sapatinho clássico e de verniz; just like a princess.

E hoje já acabei de compor a indumentária, e vê-la com elas calçadas...enfim, só apetecia pegar-lhe ao colo e enchê-la de beijinhos, parece uma bonequinha, de tão graciosa que fica.

Tenho uma filha muito bonita, é verdade, sou suspeita, mas é verdade, mas o mais bonito que ela tem, é o seu brilho e graciosidade; espero que nunca os perca. Ah, e o sorriso, rasgado igual ao meu, vêem-se dentes alvos até lá ao fundo...tem muito brilho esta criança.

domingo, 15 de junho de 2014

Amanhã nem sei que diga...sobre La Roja, há pouco a dizer e é assunto que nem quero abordar muito com nuestros hermanos, e depois nós a jogar com os alemães, que gostam de fazer aquela barreira bem visível, grandalhões, àquela hora da tarde no Brasil com um calor insuportável...até tenho medo.

Nas andanças do dia

Conheci hoje uma pessoa que admiro e que é espectacular - José Gomes Ferreira.

De uma inteligência e com um saber acima da média. E o meu ar meio sem graça e o Senhor que o é, ainda me pediu 2 beijinhos, trocámos 2 dedos de conversa acerca de assuntos fiscais e de economia e pronto, foi um momento bem simpático.

Este país é um quintal.

sábado, 14 de junho de 2014

....e mais um dia de muito calor

Com a sua Doutora Brinquedos como companhia :)


A inteirar-me das notícias do dia agora

Já que foi um feriado aproveitado ao segundo, deparo-me com o "meu" Casillas completamente tonto de todo. A paternidade está a deixá-lo distraído, ou quê???

Deixou entrar 5 golos da Laranja Mecânica!? OMG

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Brasil!!!!!!!!

Que seja uma vitória, e dedico-a aos meus amigos que neste momento por lá estão!

Esse Neymar é show de bola!

As boas vindas ao Verão

Finalmente a Bébécas à fresquinha :)


Fui avistada

Este nosso país é um quintal!

Hoje um amigo meu pergunta-me o que é que eu andava a fazer há 2 fins de semana atrás em Monsanto no Parque da Serafina....quer dizer, viste-me e não disseste nada, não acho normal!!!!

Ele lá diz que me "avistou", quando voltou a olhar já não me viu, pensou que era uma sósia.

Ya ya, meu querido, com crianças de 3 anos num parque daquele tamanho, numa fracção de segundos já estamos no divertimento do outro extremo; para perder calorias não há melhor!

Uma amostra do que faz a minha filha ansiar por dias quentes


Para aí uma terça parte dos vestidos, saias e conjuntos de Verão que a minha filha anda a querer vestir todos os dias (o desespero até já a leva a querer dormir com eles) - parece que é desta. Vamos lá ver o modelito de amanhã, e eu com pilhas de roupa para passar a ferro.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Só faltava esta

Um senhor cigano, perdido de bêbedo a cantar a Canção do Mar lá em baixo...afinadinho, com as notinhas todas.

Só isto para me fazer rir. Isto hoje vai ser jantar ao som de um fadinho!

Mamã!

 - Sim filhota!?

 - Tu és linda....e gila!

Pensava que eram os rapazes que tinham esta paixão pela mãe mais acentuada, afinal tenho uma rapariga que também me dá estes mimos diários! Tão bom!


terça-feira, 10 de junho de 2014

Continuo fiel ao meu esfoliante corporal

Já nem me lembro de quando comecei a usar isto, e tive a sorte de ter uma amiga que trabalhava na representante em Portugal da Elizabeth Arden e que me ofereceu uma série deles; estou na última embalagem, a minha amiga entretanto já partiu...e a vida é isto mesmo.


Hoje dedicámos-lhe uma boa parte do dia

E a seguir ao jantar ainda fizemos e refizemos o puzzle que a avó lhe deu pelo Dia da Criança; tem vários cenários, decidi postar o último deles:


Muito gosta ela deste tipo de jogos.

Eu juro que não a instiguei

Mas a minha filha, acabou de olhar para a televisão e está no canto superior direito do ecrã uma fotografia do nosso presidente.

Diz ela:

 - Mãe, olha o Cavaco!

 - Sr. Professor Doutor, filha...haja respeito! Ahahahahahaha

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Há pessoas mesmo inconscientes

Estava eu a sair da última aula de Inglês da minha filha, um sol radioso, a conversar com as outras mamãs, e de repente começa a "chover-me" em cima, cada vez com mais intensidade.

Naquela fracção de segundos estranhei, e mais estranho ainda porque a chuva cheirava a lixivia!

Olhámos para cima, uma mamã lá viu que era uma dondoca do último andar que estava a jorrar baldes de água com lixivia para lavar a varanda.

A mãe da Vicky lá se travou de razões com a dita dondoca, e eu a olhar para a minha roupa e da Bébécas, porque acabámos por ser as maiores vítimas da chuva ácida.

A outra lá pedia desculpa, lá dizia que não tinha reparado que estavam ali crianças e aí, tive que me meter ao barulho; com crianças ou não, não se atira assim lixivia borda fora, e que estava com sorte porque as pingas não nos atingiram a roupa - eu de Sacoor da cabeça aos pés, a miúda de Jacadi, quer dizer, é muito chato.

Há pessoas que nasceram mesmo para viver em grandes vivendas, sem vizinhos e transeuntes, porque realmente parece que foram criadas num palácio e não sabem que uma propriedade horizontal implica certos cuidados.

domingo, 8 de junho de 2014

Fachadas de Lisboa - Santos Populares


Acho o máximo ver a minha cidade de Lisboa engalanada para celebrar o nosso Santo Padroeiro; a criatividade dos moradores e a forma como se dedicam e acabam por dedicar a todos nós estes apontamentos tão típicos e que nos fazem parar e admirar estes detalhes.

Os turistas vibram e confesso que eu também.

A minha Princesa no parque do Princípe

Da maneira como isto tem estado, há que aproveitar todos os bocadinhos e raios de sol; ontem foi um dia em cheio.

A cidade já fervilha com a Rota das Tapas, Santos Populares, é alegria por todo o lado e arrancar sorrisos a uma criança nestes contextos, são peanuts:

 Bébécas no Parque do Princípe Real; precious!

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Conheço alguém que amanhã vai subir esta escadaria...


Coldplay - Magic (Official video)

Gosto dos Coldplay desde o início...e esta música é mesmo muito especial!



Já estou a imaginar a minha princesa assim

Little Ballerinas, 1955

Não sei se está

Se é de mim, ou ambos, mas a realidade é que estou para aqui cheia de frio.

Chove lá fora, no domingo finalmente atrevi-me a calçar sandálias, hoje estou de botas de cano alto; a miúda que já pensava que nos próximos tempos não usaria collants, hoje lá foi de saia mas com collants por baixo...não se entende. Ahhh, e dizem que para a semana vão estar temperaturas na ordem dos 36º, e eu que já tinha planos de descanso, afinal tive que adiar. Ora bolas!

quinta-feira, 5 de junho de 2014

E a ida à Praia das Maçãs no mítico Eléctrico!?

Adorou, está mesmo feliz a miúda!


Hoje cumprem-se 6 anos de uma efeméride muito pessoal...e a água que já passou e ainda passará por baixo da ponte...

Chuva!

Ao que parece vem aí outra vez. A sério??

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Faz hoje uma semana

Não imaginava ainda a esta hora o susto que ia apanhar umas horas depois com a minha filhota sem respirar; e penso em como poderia ter acontecido algo ainda pior, não fosse eu sentir que algo não estava bem, e ficar acercada dela o tempo todo até perceber o que se passava.

A aflição entre chamar uma ambulância para a socorrerem logo, ou aventurar-me com ela, tudo num ápice, até sair de casa eu própria com a camisola ao contrário e com a mola de secar o cabelo a prendê-lo - dei conta disso muitas horas depois, que figura!

Portanto depreendo que os sustos infelizmente vão sendo à escala da idade, ou seja, têm tendência a piorar, mas hoje, findo o periodo do tratamento estipulado, resolvi guardar à máquina e respectivos apetrechos, Ventilan, Atrovent, Cortisona, tudo para o refugo e esperar que esta crise não volte a provocar-nos horas de desespero.

Deixa-te ficar aí no armário sossegado PIC, é bom sinal.


Não, afinal o meu corpo não mudou assim tanto

Lembro-me de quando era adolescente, em termos físicos não me ter em muito boa conta; passei aquela fase em que todas as minhas colegas já tinham formas voluptuosas e eu, uma trinca-espinhas, muito alta naquela época para a idade, os pés grandes como ainda hoje se mantêm e as feições que tenho hoje.

Ok, usava aqueles óculos redondos horrorosos, mas pronto, os erros de casting da minha mãe, eheheheheh.

As tais das formas voluptuosas gozavam comigo porque eu não tinha peito, blá blá blá. Curiosamente, e como eu nem tinha tiques de vedeta, nos dias de calor mais apertado e já mesmo nos finais do ano lectivo, para aí do 10º/11º andava com os meus calções do ténis, branquinhos, que realçavam o meu tom de pele.

Qual não é o meu espanto quanto vejo uma vez a passar no bar um filme que os engraçadinhos dos Bad Boys fizeram das miúdas giras do liceu e seus atributos e tanto eu como as minhas pernas apareciam lá em destaque.

OMG; daí a dizerem-me que podia ser modelo apesar do meu 1.70, blá blá blá, foi um passo; confesso que não era algo que me agradasse, não sou sequer fotogénica, de todo e queria estudar, fazer a minha licenciatura e mais importante ainda, nunca teria o aval da minha mãe para tal coisa.

Enfim, se me quisessem comparar com um legume, eu seria um espargo, literalmente.

Tenho alguns "problemas" em lidar com o que o espelho me mostra; tenho um palminho de cara, tenho um ou outro atributo físico bonito, como qualquer pessoa, mas vejo-me sempre mais exagerada para o lado do mau do que o contrário - sempre foi assim e será.

Ontem, decidi vestir umas calças com um padrão interessante mas que não se pode usar sempre, que comprei à vontade há uns 13 anos; por norma compro coisas de boa qualidade, que são um bocadinho mais caras, mas duráveis. E as ditas assentam que nem há 13 anos atrás, tenho o mesmo corpo que tinha com 23 anos, depois de ter uma filha e caminhar a passos largos para os 40 - não é eterno, eu sinto que já estou a mudar, mas confesso que fiquei contentita, pois a lei da gravidade para os lados ainda não me atingiu sobremaneira. Há dias assim, que nos perdemos em futilidades.

Então e não é que foi a própria Bébécas a pedir-me para ir para o Ballet!?

Pois é, fiquei parva, ontem começou a querer fazer um plié, e a colocar as mãozitas em arco por cima da cabeça e a dançar que nem uma mariposa.

Lá está, ponho-me a ver bailado na televisão e depois é o que dá - vamos lá à procura de academias de dança, juntar uns tostões para ver se consigo pôr a criança a aprender esta arte.

Não lhe prometi nada, lá lhe expliquei que o dinheiro da mamã não chega para tudo, e cá para nós, com a pensão de alimentos vergonhosa que o outro lhe dá e vamos ver por mais quanto tempo, isto está a ficar bonito.

Lá está, os sinais exteriores são de posses, vai procriando e por aí fora, sustentar a primeira filha é que já é mais complicado; é vergonhoso, mas infelizmente é mais um caso entre milhares.

terça-feira, 3 de junho de 2014

A fase das birras com avanços e recuos

Agora estamos na fase activa outra vez; quando é contrariada berra, grita, gesticula, depois amua - se está em casa, vai para o quarto e deita-se na cama a chorar e a pedir colo - uma perfeita idiossincrasia.

No carro bate com os pés na parte de trás do banco da frente, algo que me irrita e já lhe deu direito a umas palmaditas.

...e na rua, ainda se tenta atirar para o chão, mas perante o meu olhar lancinante, acaba por não o fazer. Também depois de lhe ter dito que os cães e gatos fazem cócó e xixi na rua, a rapariga começou a pensar duas vezes.

Mas andamos assim, com avanços e recuos no sector comportamental, e grandes avanços no campo cognitivo.
Ora bolas, por 3 minutos falhei, da próxima vez não me escapa. Fui lá abaixo pôr o lixo e deixei-me estar na surdina da noite escondida no vão de escada; esperei um pouco e decidi vir para cima; pimba, acabou de tocar. Esta semana não me escapa!
A brincar, a brincar, está quase na hora da criatura do costume tocar à porta; aceitam-se apostas, hoje toca ou não!?

E depois, nestes dias em que ando de bomba

Fico com um sono que nem me aguento :(

E tenho tanta coisa para fazer nesta casa!

Hoje estou eu com falta de ar

Deviam ser para aí umas 03.00h da manhã, acordei com um ataque de tosse daqueles graves; tossi tanto tanto, mas tanto, que até a minha criança acordou assustada a chamar por mim.

Cheguei ao ponto em que já me custava a respirar, j+a me enrolava na própria tosse, depois comecei com vómitos, enfim, taquicardia, vi o caso mal parado.

Às apalpadelas, sem óculos e desesperada lá fui à procura da minha bomba, lá encontrei e foi remédio santo.

As alergias são um terror, valha-me Deus.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Ainda vou inventar uma variante do "Água Vai"

De há uns tempos a esta parte, alguma criatura engraçada se lembra invariavelmente de entre as 22:10h e as 22:25h tocar às campainhas todas do meu prédio; duas vezes, sempre.

Confesso que não me faz propriamente confusão, pois quando tocam à porta não tenho por hábito perguntar quem é - os amigos fazem-se anunciar, portanto tocarem a porta para mim, é o mesmo que estar sossegado, mas tenho uma criança no seu descanso. Graças aos hábitos que lhe incuti desde que nasceu, pode cair o Carmo, a Trindade e até o Chiado, que ela não acorda por esse motivo. Nunca me privei de aspirar a casa quando tinha que ser, ouvir música, falar ao telefone, mesmo quando ela repousava no berço ou no baloiço ao meu lado.

Mas podia ser daquelas crianças que acordam com a simples queda de uma folha seca...e isso era mesmo aborrecido.

Por isso, em solidariedade com os restantes vizinhos e como lamentavelmente as minhas janelas não dão para a fachada do prédio, apetece-me encher um balde cheio de trampa, as fraldas da noite da minha filha, etc, esconder-me entre as caixas do correio e fazer uma pequena surpresa ao (à) tocador (a) de campaínhas nocturno.

Mas que graça é que isto terá!?

A falta de cultura de certa gente faz-me mesmo confusão; enfim, o meu serão já não é o mesmo sem este Carteiro que toca sempre à porta duas vezes :). Quando falha penso, será que está doente, será que teve um acidente?

O Homem é mesmo um animal de hábitos!

A saga da compra das sandálias para a minha filha - Episódio II

Todos os anos é a mesma conversa; a dificuldade em encontrar umas sandálias decentes para uma criança que faço questão que continue a aparentar ter os seus 3 anos, embora tenha altura de 5, é demais!

Só vejo coisas pirosas, com brilhos, tachas, padrões tigreses, leopardeses, zebreses e comandita com aberturas enormes à frente o que, quanto a mim é contraproducente para uma criança tão pequena; penso sempre que numa queda ou alguém mais distraído me pode levantar uma unha do pé da criança.

As do ano passado eram um amor, já fui à mesma sapataria, o modelo deste ano cheira muito a ortopédico, também não gostei. Ontem até ao Corte Ingles fui - uma desilusão; menorquinas só tem até ao número 26, depois encantei-me com umas Melissa, só fazem a partir do 28.

A criança ainda calça a linha de bebé, e no Corte Ingles dos modelos de bebé, só tinham até ao 26, as que tinham em 27 eram pirosas!

Depois temos as Ballerinas, e fiquei apaixonada por umas em especial, para ela estrear no dia dos anos, que não tiram a vez das sandalocas com pézinho ao léu.

Mas acabei por vir de mãos a abanar, porque as Ballerinas são de facto um encanto mas o budget está muito acima do suposto, depois vem o Honey a dizer que compra, e a avó...e eu nestas coisas sou muito pragmática - sustento dentro daquilo que eu posso, os milagres não os faço e ela tem que sentir que se eu não sou capaz, as coisas não caem do céu. Se o outro cumprisse com uma terça parte do que são as despesas da minha filha...mas enfim, à razão de um filho a cada 2 anos, o homem qualquer dia abre uma academia de futebol - enfim, desgraças humanas.

Resta-me ir às lojas que sei que têm as Menorquinas mas que têm horário de loja de rua, em plena Lisboa e eu trabalho em Oeiras e não tenho tempo para fazer piscinas com a criança atrás, e os sapatos dos anos...veremos....faz contas à vida Brown Eyes, faz continhas!


E pronto, o "Por que no te callas", calou-se

E resolveu reformar-se e dar o lugar aos novos!

Vá mas é descansar, e por favor, deixe os elefantes em paz!

domingo, 1 de junho de 2014

Quando a deitei

Depois dos beijinhos da praxe e dos abraços, já vinha eu apagar a luz, pediu-me para me dar só mais um beijinho e um abraço, e disse assim:

 - Mamã, és tão linda! (fartou-se de me dizer isto hoje ao pé das pessoas e eu já não sabia onde me meter - a criança vê-me assim, o que hei-de fazer) - e continuou

 - Gostei tanto do dia de hoje Mamã;

Missão cumprida! Agora, para além do que lhe quero proporcionar sempre, que venha o 4 de Julho :)

Dia da Criança - 2014

Pela amostra de lembranças, comprava-se um queque ali na pastelaria mais próxima e a festa de anos estava feita; estragam-me a miúda com mimos...mas o importante foi termos passado o dia juntos e eu ter sentido uma vez mais que ela é/estava feliz.


O dia, dediquei-o a ela, mas quem recebeu o maior presente, fui eu....este sorriso diz tudo


E no meio de tanta coisa

Embora já houvesse e haja programa dedicado à minha criança para amanhã, não lhe tinha comprado um miminho.

A bem dizer esta miúda tem miminhos praticamente todos os dias, pinga sempre qualquer coisa, mas amanhã é especial e só se é criança por poucos anos na vida.

Ainda consegui ir a correr e trouxe-lhe um top da Doutora Brinquedos e um pack cheio de bolas de sabão, que ela simplesmente adooooora.

A tia já tem uma série de lembranças, a avó idem, o Honey também já cá deixou o miminho dela e a criança vai pensar que amanhã é dia de apagar velas, só pode!