quinta-feira, 25 de maio de 2017

Não resultou nada bem....depois de Santificar 2 crianças, leva com estas criaturas

Uma leva um véu que mais parece uma teia de aranha gigante; a outra parece uma Amish...desta vez não correu muito bem :)


quarta-feira, 24 de maio de 2017

sábado, 20 de maio de 2017

17 Anos de Benção de Finalistas

ISCTE - Sociologia - 1995/2000 - 20 de Maio

Xiiiii....a minha licenciatura está a entrar na maioridade e eu a envelhecer...!


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Audioslave - Like a Stone (Official Video)...em jeito de homenagem...

Por sua livre alta recreação decidiu estudar o corpo humano

E nisto, toca de pegar numa cadeira e ir às prateleiras mais acima da estante e retirar um livro que lhe ofereceram, mas nitidamente daqueles lá mais para a frente.

Confesso que não reparei logo, mas ao me deparar com um silêncio ensurdecedor em casa, captei que algo poderia não estar bem.

Sentadinha no chão, encostada a umas almofadas de "compêndio" na mão.

Então, o que é que se passa aí? - perguntei eu.

"Estou a estudar o corpo humano, não vês!?"

Sim sim, já levo com respostas destas, daquele tipo de resposta cretina a uma pergunta idiota.

Então e estás a estudar o corpo humano, porquê? - insisti.

"Porque é disto que eu gosto mamã; eu explico-te: o sangue tem "glóbos" vermelhos e depois levam oxigénio ao coração....

Pára aí, tens mesmo a certeza que são glóbos?

Nisto ela responde, um bocado "encanitada":

"Óoooo pááááhhhhh......são GUE-LÓ-BU-LOS!"

E eu:

Ah, bem me parecia.

Mas isto tem continuação, porque ficou de me explicar hoje as restantes descobertas.

E terminei assim:

Então e precisas do oxigénio para quê?

"Para respirar mamã; não percebes que é para respirar?"

To be continue


terça-feira, 16 de maio de 2017

Acerca do que vi hoje e nunca me tinha acontecido - existem pessoas mesmo muito reles

No trânsito pela manhã, distraída com os meus pensamentos, em modo anda pouco e pára, oiço uma buzinadela e um indivíduo que circulava numa mota a gesticular.

Decidi tomar atenção e o que se passou de seguida foi de bradar aos céus; pois que o idiota que circulava no carro mesmo em frente do meu, um Citroen comercial com 20 anos e escavacado, de cada vez que via pelo retrovisor que uma motorizada fosse ela de alta cilindrada ou não se aproximava, chegava o carro dela para a junto do carro da faixa fa esquerda, de modo a entalar as motas e na pior das hipóteses provocar ali um acidente.

Pelo que percebi o senhor é contra a passagem das motas por entre os carros e toca de, com mão "divina" cortar o mal pela raiz e quase conseguir mandar uma série de gente para o hospital.

Foram várias as situações, ainda punha o braço de fora e fazia gestos obscenos aos motards, gritava palavrões - nisto passa uma mota da Polícia, não a entalou, mas depois da mesma ter passado pôs-se a reclamar no carro.

E foi isto, quando pensamos que já temos o Doutoramento em lidar com pessoas ordinárias, eis que aparece sempre pior.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Little Drama Queen on the house...sorry, on the school!

É muito teatral a minha filha; do nada faz um drama, e de um pouco, faz um festival.

Hoje foi dia de se "sentir mal" na escola - tem uma certa predilecção pelo gabinete médico. 

Do nada parece ter chegado hoje à conclusão de que estava a arder em febre; foi ao gabinete médico, lá tiveram que a aturar mais uma vez e até trouxe o papelinho com o registo febril, não fosse ter que ir de ambulância para o hospital com uma convulsão.

Não sei o que é mais preocupante; se a veia artística precoce, se a bela da birra que tive que aturar por me ter atrevido a desdramatizar tamanha doença.


Sinto-me um alienígena

Quando toda a gente anda há meses a falar de qualquer coisa relacionado com um "Despacito" e eu não percebia a que raio de coisa se referiam.

Claro que calculei que fosse a "Macarena" do momento ou o "Asereje", mas juro que até hoje não tinha ouvido tal coisa. Opto por ouvir maioritariamente o que gosto e selecciono para mim e que vou colocando no MP3 e rádio, cada vez menos, lá está, porque não me apetece ouvir o que os outros me tentam impingir, logo, esta febre passou-me ao lado.

Também não tive curiosidade em ir pesquisar, mas hoje em conversa com amigos, sendo um deles espanhol, lá me presenteou com a peça.

Não tenho nada a acrescentarl. Para o dia-a-dia completamente fora de questão; mas não digo que num ambiente de férias, com calor, etc., até não possa ser divertido.

O apoio ao Salvador foi unânime e foi emocionante vê-lo chegar a Lisboa

E de tantas pessoas que conheço de outras nações, os votos de boa sorte que me fizeram chegar enquanto portuguesa, foram avassaladores.

Obviamente que os mais entusiastas foram Nuestros Hermanos que me diziam que este era o nosso ano e eu, de facto, desde Março acreditava nisto, quando ainda muita gente me dizia que estava a divagar, que a música não era "festivaleira", blá blá blá.

Já vos disse que esse conceito é subjectivo e redutor?? Que é quase (perdoem-me a analogia) como os numerus clausus para a entrada no ensino superior e as chamadas "médias".

As "médias" de que tanto falam nesse cenário, não são uma média propriamente dita, nem nada de verdadeiramente estatístico; trata-se apenas, como todos devemos saber da nota obtida pelo último candidato a entrar num dado curso e isso não faz saber a média de notas de todos os candidatos àquele curso, que acaba como é lógico por ser superior à nota obtida pelo último colocado.

O termo "festivaleiro" e com o qual me debati desde Março, inclusive com a minha mãe que nestas e noutras coisas é teimosa e só vê a sua verdade, é um dado que deve ser analisado de outra forma. Grandes brilhos, grandes vestimentas, saltos, gritaria, o mesmo tipo de sonoridade - pronto, pode ser uma bela trampa, mas bora lá dizer que é festivaleiro porque é o estilo que ganha o festival....e aí sim, em média.

Mas não, e os irmãos Sobral provaram isso. Um indivíduo vestido de uma forma despretensiosa, sem jogos de luzes à volta, nem coros, nem dançarinas, nem partnaires, com uma voz cândida e uma sensibilidade cada vez mais rara arrebata corações, desperta emoções, põe gente que nem sequer percebe o que ele está para ali a dizer, a chorar copiosamente. E não, não é festivaleiro, brejeiro, despropositado...é a linguagem universal do bom gosto, da cultura, da qualidade levada ao extremo.

E para mim, é festivaleiro, com o seu cunho, ganha uma votação de júri, ganha uma votação de televoto...querem mais sucesso festivaleiro do que este!?


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Emoções e Lembranças e, acima de tudo, Papa Francisco

Emociona-me porque gosto muito deste Papa, trouxe-nos uma nova forma de encarar a Igreja, de encararmos o Mundo e a diversidade das religiões.

Emociona-me lembrar-me que há precisamente 7 anos atrás, grávida de 7 meses e meio esteve cá outro Papa, e eu estava a passar ironicamente, os piores momentos da minha vida. Prestes a dar vida a uma outra vida e despedaçada por dentro, sem grande rumo, sem grande coragem.

Lembro-me que, mesmo não sendo fã daquele Papa, passei perto do Patriarcado e pedi...pedi presença de espírito, pedi que alguém lá em cima olhasse por mim e me poupasse a mais sofrimento.

Quem somos nós para pedir tal coisa? - mas nos momentos de maior dor, olhamos para nós próprios com pena e comiseração; parece qe tudo nos abandonou, até a luz, só vemos escuridão.

Esta vinda do Papa Francisco está a emocionar-me pelas lembranças, pela figura que é e de quem gosto, pela superação, mas sem nunca esquecer as marcas que as feridas nos deixam. Gostava de lá estar, e talvez um dia ainda o consiga ver mais de perto...quem sabe...


Portugal está a ser atacado por Hacker's

E eu e a minha equipa estamos completamente alucinados. A informação chegou-nos pela 1 da tarde e a situação não está fácil.

Quando necessitamos de todos os sistemas a funcionar e têmo-los exactamente em baixo e sem sabermos a dimensão....é grave.

Entretanto já se tornou oficial, os orgãos de comunicação já começam a debitar a notícia cá para fora.

Está um caos, é o que posso dizer.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

O que havemos de fazer, o pessoal gosta dele!

Mamã, amanhã não há escola, sabes porquê?....vem cá o Papa Francisco!

Lembro-me que por alturas do último Conclave era ela pequenita e, nestes dias, lembro-me infelizmente do meu sofrimento pessoal, psíquico e moral que estava a viver há 7 anos atrás, grávida e por alturas da visita do Ratzinger.

O que eu sofri e fui sofrendo nessa altura, se por um lado, não quero nem lembrar-me, por outro é impossível de esquecer.

Mas o caminho deve ser percorrido em frente, dizem, e a vida continua.

E continua ela:

Podemos is vê-lo, ou o Papa Francisco vem à minha escola?

Lá lhe expliquei que desta vez, não vai dar. Que o Senhor vai a Fátima, a terra dos 3 Pastorinhos, que vai lá estar muita gente, e que mesmo que fossemos não iriamos conseguir vê-lo.

Eu tenho um livro do Papa Francisco que a avó me deu e eu gosto muito dele mamã, ele é bom para as crianças.

Sim, é verdade, é uma Sacerdote de quem é fácil gostar-se e ficou a promessa. Quando a mamã puder, vamos as duas a Roma, a uma cidade que se chama Vaticano - o Papa Francisco mora lá e com sorte conseguimos vê-lo a dar a missa na janela.

E em que país fica isso mamã?

Em Itália!

Ahhhhh, o Mickey e os Super Pilotos costumam correr lá, em Roma!

Ora digo eu que a conjugação entre o Mickey e o Papa Francisco é perfeita, só podia!

E como as chatices vêm sempre com companhia....a saga televisiva não terminou


E o meu descontentamento, idem.

Pois que ainda de manhã, quando o dito cujo indivíduo que contratei para transportar a dita, a começa a colocar dentro da carrinha, eu olho para o "espaço" e penso literalmente como é que ele ia conseguir colocar "o Rossio na rua da Betesga" - mais uma vez eu tinha avisado quantas polegadas tinha a TV, qual a medida em centímetros em comprimento e profundidade. Pois que aquilo entrou à pressão e às tantas ouvi um "Crack". A besta a dizer-me que não tinha sido nada e eu a sentir na alma que me tinha partido qualquer coisa.

Lá encontrei um bocado de plástico perdido no chão da carrinha e disse-lhe: "Está a ver, o senhor não vê que isto é da minha televisão? Já partiu!"

Lá foi dizendo que aquilo devia ser um encaixe da base, que não se via, etc. Pois que após a ter vindo deixar cá em casa, aquilo que na óptica dele não se ia notar, é esta brincadeira, que de facto numa televisão que há 12 anos me custou 1200€ é bastante doloroso e dá vontade de lhe partir a cara. Estou desgostosa, a televisão em termos de reparação está óptima, mas de facto, parece que andou às três pancadas em casa de gente doida, sem cuidado e sem saber o valor do dinheiro. Estou naquele estado em que já nem é preciso acender o rastilho, resumindo, completamente lixada, irritada e revoltada com F dos grandes.


A Saga da minha televisão

Como dizia a minha avó, estou "pior do que estragada".

Lá arrisquei a mandar reparar a televisão; era sabido que eu não podia com ela, o senhor das reparações deu-me o contacto de um indivíduo que faz este tipo de trabalho e lá o contactei. Transporte de ida e volta até ao sítio da televisão, tudo por 30€, ok, não achei escandaloso.

Mas alertei qual o modelo da televisão e que é pesada, que tinha que levar alguém. Sim sim, ok.

Hoje de manhã chega a minha casa, sozinho e eu comecei a ver a minha vida a andar para trás.

Ahhh, eu sabia que era este modelo e de facto são pesadas mas pensava que era a outra, a final a sua é a maior, a Panorâmica!

Seja lá o que for, eu disse que ela pesava imenso e o senhor acha qa consegue levar?? Bom, eu na minha boa vontade lá disse que o ajudava, mas logo me arrependi, dei três/quatro passos e a minha coluna cedeu, comecei a sentir que mais um bocado e ela me caía das mãos. Pedi-lhe para parar, sustive-a nos meus pés que quase ficavam esmagados e disse-lhe mesmo que comigo ele não a conseguia retirar dali.

Mas eu já piursa! Pago um transporte exactamente para não me chatear. Nisto, o meu vizinho jovem do 2º andar sai de casa com a sua mochila para ir para a escola e super amoroso pergunta-me se preciso de ajuda....foi Deus! Embora seja magrito e franzino, não deixa de ser um homem né.

Enfim, foi um instante enquanto levaram a televisão para baixo e asseguro que estava intacta.

Foi entregue na loja da reparação toda riscada, ainda por cima na parte da frente; o homem do transporte diz que foi na escada, eu teimo que não foi, que foi na carrinha já que ela entrou à força....mas enfim, vida de pobre é isto mesmo.

Estou um pouco desgostosa porque a televisão até é bonita por fora, cinza prata, estava super bem estimada e agora parece que foi à guerra, mas enfim...o problema dela, além do cinescópio que para já ainda está para durar (afinal) - tem é menos intensidade de côr, era o arranque, coisa que me ficou nuns módicos 30€.

Vão agora entregá-la a casa e pele menos, mesmo com ar de quem andou na guerra, espero que aguente mais um bom tempo, pois confirmado pelo técnico a verdade é que, mesmo com 12 anos tenho ali uma excelente televisão.

E eu aqui estou, trocidada das costas e com os braços cheios de nódoas negras :(

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Salvador Sobral - Amar Pelos Dois (Portugal) LIVE at the first Semi-Final

Foi absolutamente maravilhoso; a minha criança nem se ouvia, tal não foi o encanto.

Chorei que nem uma Madalena....e não, não se ama sozinho, e quem sabe talvez devagarinho se volte a aprender :)

Acerca de aceitação

Andava a dizer-me há uns dias que o caderno pautado estava quase a terminar, e que já tinha poucas folhas livres.

Constatei o facto quando há uns dias o levou para casa e lá me comprometi a comprar-lhe um novo - as reposições de material escolar ao longo do ano lectivo são uma constante.

Ontem lá fui comprar o dito e claro, a panóplia é semelhante à do início do ano escolar, com todos os padrões e mais algum e para todas as bolsas.

Mas, por muito que até gostasse de lhe comprar um caderno com os personagens de que ela tanto gosta, fazendo por um lado contas à vida e por outro pensar com assertividade que o ano lectivo termina daqui a 1 mês e meio e eu não sou da família Espírito Santo/Salgado acabei por trazer um dos mais baratos de todos, 0,89€, com uma capa laranja, pois rosa, não havia.

Mostrei-lhe o caderno e lá lhe disse assim:

 - A mamã já te trouxe o caderno, mas peço-te desculpa por não ser dos que tu mais gostas, mas a mamã explica porquê - sabes que os cadernos com os bonecos custam muito dinheiro e a escolinha está quase a acabar. Ainda por cima temos a televisão avariada e a mamâ vai tentar ver se tem arranjo, senão temos que comprar uma nova e a mamã não tem dinheiro para tudo, entendes!?

Resposta dela assim em modo automático:

"Não faz mal mamã, achas que eu me importo? É laranja e tudo e eu também gosto. Não fiques preocupada comigo!"

E é isto, uma pessoa até fica com vontade de compensar em dobro uma criança destas, mas nunca deixando de a fazer sentir que nem sempre podemos ter tudo o que queremos e quando queremos.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Hoje é dia do Salvador Sobral

E eu com a televisão avariada, oremos para que se faça imagem logo à noite :)

segunda-feira, 8 de maio de 2017

E surpreende-me

Entre umas havaianas do Frozen que para mal dos meus pecados eram as óbvias; é que depois de 2/3 anos, a verdade é que ainda não passou mas....

Não é que sem pestanejar quis trazer estas!?


Continua a manter a infantilidade que os 6, quase 7 lhe conferem

E como eu gosto tanto disso. Não critico as miúdas que, com estas idades já se acham umas pseudo-mulheres em ponto pequeno, nem tão pouco os pais e mães que lhes acham imensa graça, apenas não quero isso para a minha filha, porque acredito numa "Long life for the Queen", ela como todas as outras crianças, merece-a, portanto terá tempo para pintar as unhas, para usar saias travadas e demais roupinhas sexy, e afins.

Não me choca nada que continue a andar com a "Naínhas" atrás, que a acompanha desde o berço, não me choca que durma com ela, não me choca que queira o meu colo à primeira hora da manhã...bom, talvez se choque mais a minha coluna.

Vá, uma birra ou outra de vez em quando até me aborrece, mas sei que vou ter tantas saudades delas.

É Drama Queen, chora na escola, a professora já lhe conhece o génio e algum jeito para a representação...deixemo-la ser criança, porque 6 anos, são muito poucos para os tantos que ainda estão para vir.

Hoje acordou-me com todos os presentes possíveis para o Dia da Mãe e um monte de beijos. Cá sem marketings, sem fortunas gastas, sem aberturas de mealheiro, até porque não existe, nem nunca existiu um pai que a ensinasse a valorizar a mãe que tem, e que dentro do que é possível, faz tudo por ela.

Mas a verdade é que se prova que de facto não faz falta, porque o melhor de tudo me foi dado hoje, e acaba por me ser dado sempre:


O detalhe da flor é que interpolada com cada pétala colorida, ela escreveu as palavras que lhe assolaram a mente, e foram: "linda", "querida", "abraços", "mãe", "carinho", "amor", "mimos", "beijinhos", "coração".

Se é isto que ela vê na relação que tenho com ela, se é isto que ela sente, faz-me muito feliz e faz-me sentir que tudo tem valido a pena, por ela, por mim, por nós.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Sei lá eu se estarei aqui amanhã para replicar estas linhas, ou o que seja

A vida lá sabe o que nos tem reservado, mas no que depender de mim, na próxima terça-feira estarei colada ao ecrã possível para ver a eliminatória do Festival da Canção.

Há coisas inexplicáveis, mas a onda de comoção com o tema do Salvador Sobral tem razão de ser. Chega a ser perturbadora de tão bonita que é toda aquela canção.

E a maior recompensa é mesmo esta, provocar emoções nas pessoas, emoções fortes - se passar a eliminatória, é outra grande vitória.

Está muita gente contigo Salvador!

quarta-feira, 3 de maio de 2017

72...

Maddie - 10 Anos Depois

Foi uma grande confusão há 10 anos atrás e seguintes e tem tudo para continuar a ser uma história que ainda irá fazer correr muita tinta.

Uns pais negligentes que deixam 3 crianças de tenra idade sozinhas num apartamento, expostas a uma série de perigos, porque lhes é mais importante o convívio e um jantar bem regado na companhia dos amigos.

A miúda foi vítima de um grande azar que acredito ter sido involuntário, e cujos pais, com manobras de diversão mais ou menos ortodoxas, tentaram que se acreditasse ter sido um rapto, abdução, whatever.

Ainda não se lembraram de dizer que foi levada por ET's, mas deve ser uma cartada bem guardada na manga.


terça-feira, 2 de maio de 2017

Com esta Sra. Joana Vasconcelos é mesmo tudo em grande!


Bem me lembro de há 7 anos atrás andar a deambular naquela maternidade com o Kit da Lusocord atrás

De me ligarem umas horas após ter dado à luz, para irem buscar o Kit e eu ali sem ninguém, sem poder obviamente descer à rua para entregar o Kit ao estafeta e o estafeta não ter autorização para subir à enfermaria.

Lá foi uma enfermeira com a geleira na mão com o material umbilical para entregar ao senhor que aguardava na rua e passadas umas horas lá me ligaram da sede da Lusocord no Porto a dizer que tinha chegado tudo em condições.

Tantas peripécias que passei naquela altura e apesar de tudo, acabei por ter pessoas tão especiais à volta e que me ajudaram a receber a minha filha da melhor forma que foi possível.

http://www.dn.pt/portugal/interior/banco-publico-pode-avancar-este-ano-para-certificado-internacional-6259006.html

sábado, 29 de abril de 2017

Daqueles actos completamente reprováveis

E que não deveriam ocorrer em circunstância alguma, muito menos em questões que envolvam o desporto.

É de facto uma tristeza...

http://www.dn.pt/sociedade/interior/suspeito-de-atropelamento-mortal-junto-ao-estadio-da-luz-fica-em-prisao-preventiva-6255579.html

terça-feira, 25 de abril de 2017

IRS - 26 Dias - Nem mais, nem menos

Chegada a altura do ano em que fazemos o acerto de contas com a AT, aguardo sempre com bastante expectativa receber o que me é devido.

Sobretudo aborrece-me o facto de eventualmente ter que adiantar o IMI às finanças, quando têm lá muito mais do que isso que é meu, e que também deve ser devolvido com a máxima urgência, em primeiro lugar porque me pertence, e em segundo lugar mas também com o mesmo grau de importância porque me faz falta e sendo meu, do meu lado é que ele deve estar.

Pois que na verdade já longe vão os tempos em que recebíamos os reembolsos em Junho/Julho e era assim e não se podia fazer nada. Mas dado o facto que desde os tempos da governação Sócrates isto ter melhorado, tornamo-nos mais exigentes. No ano passado atrasou um bocadinho, mas na verdade no meu caso nada de preocupante, mas este ano regressámos aos mínimos históricos. Uma declaração submetida a 30/03 e reembolso na conta hoje, 26 dias depois.

Ao que sei, para os que têm submetido o IRS automático, ainda mais rápido está a ser, cerca de 15 dias. Não pode ser tudo mau, não pode correr tudo mal.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Olá Sr. Pirata, como está?


As promessas são para cumprir

E uma ida ao cinema que se adivinhava ocorrer logo nos primeiros dias de estreia do filme, acabou por ocorrer apenas este fim de semana.

Ora tem uma festa de anos, ora teve que estudar para os testes, ora tinhamos outras coisas combinadas e foi sendo adiado, mas não esquecido. Confesso que nunca tinha ido a uma sessão às 12:40h, mas teve que ser.

A versão dobrada já só estava disponível nesse horário num dos cinemas mais próximos e lá rumámos para o reino da fantasia.

E....adorámos. É mágico, é lindo, leva-nos ao nosso sonho, a nossa imaginação é capaz de nos levar a lugares fantásticos e não, não é só às crianças.

Logicamente que um certo bule, uma certa chávena, relógios, candelabros, resposteiros falantes e afins, ajudam bastante a tornar tudo ainda mais mágico.

Que continuem a recriar estas histórias da nossa infância.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Que rico serão!

Ou como eu me sinto bem com estes mimos...

Decoração/Arrumação

Não é propriamente a loja base em que me centro para a decoração da casa, mas sempre que posso gosto de fazer um tour para ver as novidades e trazer qualquer coisa.

Hoje foi o dia e repuz o stock de flores artificiais, capa nova para o repousa-pés, porque realmente o branco não é à prova de crianças e mesmo lavado, o encardido já se tinha transformado na cor de eleição. Mas o que me encantou foi mesmo o cabide para o quarto da criança....amei.


E a capa nova do repousa-pés, que faz pendant com a côr das paredes da sala:


quarta-feira, 19 de abril de 2017

Fundamentalismos vs Vacinas

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-04-19-Mae-da-jovem-que-morreu-com-sarampo-e-antivacinas

As opiniões dos outros devem ser respeitadas, mas confesso que fundamentalismos que atentam contra a vida não me causam bons julgamentos.

Confio na Ciência e espero honestamente que cada vez nos dê mais respostas. Sempre considerei as vacinas um mal necessário. Não as podes vencer, junta-te a elas. Não é de facto animador pensar que mos estão a injectar doses de agentes infecciosos para nos tornar mais resistentes a certas doenças que nos podem matar, mas o que é certo é que vacinados, uma vez expostos a esses agentes, podemos estar-lhes imunes ou, não estando, levamos com a doença de uma forma bem mais leve.

Muitos avanços foram feitos; ainda sou do tempo em que as vacinas contra a Hepatite B eram feitas à base de plasma humano, o que, com os HIV's descontrolados era um risco. Apareceu a Engerix B e em 94, mesmo não fazendo ainda parte do PNV a minha mãe investiu um dinheirão para me proteger.

Faço o mesmo comn a minha filha, é o meu dever. Se preferia que não fosse necessário!? Preferia, mas isso era o paraíso cor-de-rosa, e nós estamos na esfera do real.

Também investi algumas centenas de euros na Prevenar e levará a Bexsero e tudo farei para a proteger, por isso não gostaria de estar na pele desta mãe que viu hoje partir uma filha com Sarampo, porque é contra a vacinação.


terça-feira, 18 de abril de 2017

Pára tudo....porque o Rodrigo Santoro vai ao Alta Definição!

Ah pois pois, que esta menina reparou nesse menino, ainda não era ele O Rodrigo Santoro - era apenas um jovem adolescente que entrava numa novela que dava à tarde e fazia de namorado da Cláudia Abreu.

E foi aí que eu achei que o jovem era giro como um raio, portanto eu reparei muito cedo que ele tinha qualquer coisa. Sábado, coladinha ao Alta Definição a admirar....um homem interessante :)


terça-feira, 11 de abril de 2017

As crianças, mesmo não sabendo, até sabem...

A minha filha é uma criança muito meiguinha, muito afectuosa, um torrão de açúcar. Tem um coração gigante, mas a verdade é que doseia bem a quem transmite o seu amor.

Não raras vezes enumera de quem sente saudades; ao fim do dia invariavelmente diz-me que sentiu muitas saudades minhas, fico sempre a ganhar na dose de mimos, é um facto.

Mas quando estamos em casa, já mais tranquilas, se não fala ou não vê a avó há uns dias, chama por ela, e diz que tem muitas saudades; telefona-lhe e trocam os seus mimos. Mas também tem saudades da tia, do avô, do Bivô, dos primos (pequenos e grandes), dos padrinhos, das amigas .

Agora, que está de férias, bateu-lhe hoje a saudade da professora e da educadora que mantém no ATL.

E dos colegas do Inglês, das professoras don Inglês, dos bonecos de casa da avó...as saudades são sempre muitas.

Curiosamente até hoje esta criança nunca disse ter saudades do pai, aquele ser pouco humano que tão bem conhecemos. É revelador, amor, realmente, com amor se paga e a falta dele....idem.

E também é revelador que cada vez mais rejeite a ideia de ir passar um rápido fim de semana com ele; faço a minha parte, por muito que seja contra a minha natureza, mas explico-lhe que vai ser divertido e que o pai também gosta dela e de estar com ela (ao que uma mãe se sujeita pelo bem estar psíquico de um filho), mas nem assim a criança sente laços com aquele lado. Ele plantou, ele colhe e colherá daí a sua colheita.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Será que vende!?

Agora proliferam anúncios a bens de consumo utilizando jovens senhores com um ar saudável, em trajes menores, ou mesmo a deixar latente a ideia, que nem bem a parte menor têm.

Ok, igualdade de género a quanto obrigas, já que há uns anos atrás apenas as mulheres se predispunham a dar o corpinho à publicidade.

Mas não me parece que seja por isso que vá passar a utilizar o Surf em vez do Persil, ou a Planta em vez da manteiguinha Primor ou Milhafre - o jovem não me convence.

E de pequenino, começa a gostar-se de admirar o belo


E deparamo-nos com imagens maravilhosas no nosso país


sexta-feira, 7 de abril de 2017

As vergonhas que se passam no nosso país :(

Morreu aos 22 anos sem receber indemnização por negligência médica no parto: Pedro Vilela, um jovem de 22 anos com uma incapacidade atestada de 100% por ter sido vítima de negligência médica durante o parto no Hospital de S. Marcos, em Braga, morreu, esta sexta-feira, sem que a família recebesse qualquer indemnização.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Mas como uma catástrofe nunca vem só, e é usual depararmo-nos com réplicas

Eis que no caminho para o escritório, uma distância de alguns metros do ponto inicial, me deparo com outro espécime também já de respeitosa idade, mini saia até ao pescoço, stiletto preto, mas à vontade com uns 10 centímetros de salto, cabelo branco mesclado com azul - os senhores da Disney quando criaram o Frozen que se cuidem, o que eu vi hoje foi a verdadeira cor do reino da fantasia.

Só não fotografei clandestinamente a figura porque a minha também já respeitosa idade não me permite tamanhos crimes, mas lá que me deu vontade de regressar aos velhos tempos em que registava para memória futura estes cromos, lá isso deu.

PS: Lembro-me tanto da  minha avó, no rigor da sua sempre lucidez me dizer, quando via deste género de aberrações à escala dos anos 90 (altura em que partiu), que, caso alguma vez a encontrássemos a fazer uma figura triste, seria o mote para a internarmos, pois tinha seguramente enlouquecido...

Acerca da falta de senso (bom) e de classe

Estava eu hoje a comer uma tosta mista acompanhada por um sumo de laranja natural numa pastelaria da nossa capital, quando me deparo numa mesa contígua com uma criatura algo ambígua.

Comecemos pela falta de respeito de, apenas uma só pessoa ocupar uma mesa para 4 - toda a sua tralha espalhada em cima de uma mesa, desde mala de mão, laptop, casaco, ela própria, etc. A falta de respeito atroz pelos outros, pois àquela hora o espaço era pouco e não havia necessidade de estar a fazer do espaço, o seu escritório.

Analisando ao pormenor a criatura, que só pela postura me pareceu logo basfond, assumi o meu papel de cientista social e observadora - portanto, senhora já entradota na idade, com os seus 60 e muitos atrevo-me a dizer, loiraça, cheia de dourados nos braços, calças de ganga com aplicações.

O limite da falta de classe reside nas mãos: portanto, as unhas dos dedos mínimo, indicador e polegar de ambas as mãos pintadas de rosa, as restantes 2 unhas (anelar e médio) pintadas de dourado.

Se nem aos 20 anos aquilo fica bem seja a quem for, com uma idade respeitosa é de facto o descalabro.

Enfim....

terça-feira, 4 de abril de 2017

Ainda agora estava na minha barriga a dar pontapés

E já está toda uma menina crescida. Já lê a rodos, implica com a Matemática não sei porquê, quando até dito por ela é a sua disciplina preferida - mas colocarem-na a decorar os meses do ano e consequentemente os seus dias e afins, parece-me que teve um efeito inverso.

Mas é uma excelente aluna, revela bastantes aptidões para aprender e um grande interesse em brilhar; é mais do que meio caminho para o sucesso.

A par com as bonecas, os livros transformaram-se nos seus melhor amigos e é vê-la a sair de casa com 2 ou 3 debaixo do braço para poder ler nos compassos de espera.

E termina hoje o 2º período na escola, mais uma vez me deixa orgulhosa com os resultados alcançados e a minha bebé que está cada vez menos bebé, continua e será sempre a minha boneca, a minha bebé, a minha fraldocas, a minha menina :)

domingo, 2 de abril de 2017

O meu Domingo à noite passou a ser, estar uma parte do tempo a ver o programa com o Ljubomir

Porque gosto da boa cozinha, porque gosto da cozinha dele, que já tive oportunidade de degustar e já me partia a rir, comfesso, com os Pesadelos do Gordon Ramsey.

Sabemos, ou antes, calculamos que não reinam o asseio e as boas práticas em muitos dos restaurantes que por aí proliferam, mas o que tenho visto, está a causar-me uma urticária psicológica.

Existem mesmo pessoas muito porcas e também se percebe que a culpa nunca é do culpado - é típico de pessoas pouco inteligentes, mas que se acham os "reis da cocada preta". O fazer, ou antes tentar fazer dos outros parvos é de facto muito primário.

Se tivesse tempo pegava nisto e fazia um estudo sociológico apenas tendo como base o que tenho observadp nestes programas e sem dúvida, mesmo não sendo pessoa de proferir a quantidade de palavrões por minuto que o Ljubomir profere, até um Santo se passava.

Hoje a pérola foi a cozinheira; uma cozinheira que afirma nunca ter feito um puré de batata a sério ma vida! Nossa, isto está mesmo muito mau. Curiosamente não sou cozinheira, mas tenho um bom palato se é que isso serve de alguma coisa, e nos meus já longos 39 anos de vida, nunca fiz um puré de batata instantâneo na vida. E é isto...

sábado, 1 de abril de 2017

A miúda está a crescer e a ficar "independente"

Amanhã será a primeira ida ao cinema com as amigas e sem a mãe. Isto promete.

Claro que o pai da amiga que faz anos lá estará a tomar conta da criançada, mas não deixa de ser um marco histórico.

Quando é que eu fui ao cinema sem mãe pela primeira vez numa festa de anos!? Devia ter para aí uns 13 anos talvez. Os tempos mudam.

"Anda comigo ver os aviões"

A minha criança tem fascínio pela máquina que voa e é algo que me pede com alguma frequência, levá-la a passear de avião.

Ao longo destes 6 anos da sua vida feliz, ainda não se proporcionou levá-la para fora; achei que era demasiado pequena, não iria aproveitar uns dias por outras paragens mas, sempre que sabia que eu ia andar de avião (em viagens de trabalho) ficava com um olhar triste, por não a levar.

Hoje, viu um avião a descolar no Aerodromo de Tires e lá veio o pedido - quando é que me levas a passear num avião? E podemos almoçar lá mamã? E lanchar? E desapertamos os cintos?

Lá lhe respondi a todas as questões e voltei a dizer que assim que puder, a levo comigo a andar de avião, mas num avião enooorme onde vão muitas pessoas.

"E deixas-me ir à janela mamã?"

Claro que sim, mas olha que a vista da janela de um avião, é bem diferente da que tens no carro - não te esqueças que o avião anda no céu, no meio e por cima das nuvens.

Ficou em delírio, mas a respeitar o "a mamã um dia que puder leva-te a andar de avião".

Mal sabe ela a brevidade com que vai ter e usufruir das maiores surpresas da vida dela :)

sexta-feira, 31 de março de 2017

U2 - All Because Of You

Fisco promete reembolsar IRS em menos de 15 dias

Veremos, como dizem os meus amigos espanhóis, ahora es la hora de la cuenta atrás.

Fisco promete reembolsar IRS em menos de 15 dias: O Ministério das Finanças estimou, esta sexta-feira, um prazo máximo de 15 dias para o reembolso do IRS Automático de 2016 e de menos de um mês para os restantes contribuintes.

quarta-feira, 29 de março de 2017

E todos os dias me presenteia

Ou com flores, capim, ramos secos, bolotas de eucalipto....o que encontrar.

Hoje, ao chegarmos a casa estava freneticamente à procura de algo no estojo dos lápis e quando olhei, escondeu-se.

Regressou uns minutos depois com a prenda de hoje; uma pequena pedra em formato de "coração". Tenho um doce de menina.

"Procurei, procurei e encontrei uma pedra em forma de coração para ti mamã!"

A minha filha tem um grande pancadão

Vaidosa como só ela, chega à escola e pergunta à professora se gosta do traje dela; e a professora ainda responde que sim. Isto é de gritos.

Vá-se lá conseguir tirar conclusões acerca da criançada

Ontem quando a fui buscar disse-me a educadora do ATL que lhe tinham dito na escola, à hora da saída que a pequena se estava a queixar com tonturas.

No ATL repararam que ela estava de facto bastante mais sossegada do que é hábito; febre não tinha, não caiu, bem, lá lhe disse que em casa ia descansar um bocadinho.

Chegada a casa começou a loucura de me chatear a mim, chatear o pobre do gato, pôr-se a cantar, bailar e saltar - perguntei-lhe pelas tonturas, disse que se mantinham, mas numa risada desmedida.

Penso: só pode estar a gozar comigo.

Hoje levantou-se super bem disposta, com o triplo da minha energia e genica; de repente lembra-se de dizer que estava com tonturas, mas isto no meio de um tremendo ataque de riso. Lá lhe expliquei que não se brinca com coisas sérias, pois assim não consigo perceber se está doente ou não.

Foi para a escola a correr e cheia de vitalidade; bom, pode ser que não seja de facto nada.

terça-feira, 28 de março de 2017

Há horas amargas na vida

Um auto-golo foi perfeitamente desnecessário!

Onde nasceu o limão?

Perguntam os desenhos animados.

Responde a Lady Bébécas do alto da sua sapiência:

"Nos Imbaleias"

Pois está claro, quem deve tem que ser protegido de dissabores!

Proibidos cortes de água à sexta-feira e na véspera de feriados: Regulador também tem proposta para aumentar montante das multas.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Que consiga mesmo encontrar a paz junto da mãe :(

Morreu o menino que só queria ser sepultado ao lado da mãe: Filip Kwansy morreu, na madrugada desta segunda-feira, vítima de leucemia. O menino polaco, com apenas sete anos de idade, estava internado num hospital londrino desde setembro.

sábado, 25 de março de 2017

E quando o nascimento dos filhos nos proporciona uma certa mudança de identidade

Vivi 32 anos com o mesmo nome...vá, 2 ou 3. Para a minha mãe um, com a variante primeiro e segundo quando o caldo entornava, mais o "Carocha" adoptado pela minha madrinha e o Tanoka(s), adoptado pela maioria e que por vezes ainda hoje oiço por aí perdido.

Mas o facto é que desde aquele dia 04 de Julho de 2010 passei a ser a Mãe (para a Pediatra, para a Enfermeira, para as Educadoras, Auxiliares, Professores, Instrutores de Natação, etc., etc.) e o mais completo Mãe da Ana Rita para a pequenada.

Estar num sítio público, sem ela, e ouvir ao longe: "Olá Mãe da Ana Rita!" é uma delícia.

A minha identidade até então que se cuide e sabe muito bem.

Então, não se esqueçam que somos os campeões europeus!

Dois golos de Cristiano Ronaldo na vitória de Portugal sobre a Hungria: André Silva e Cristiano Ronaldo (2) apontaram os golos da seleção portuguesa.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Descobriu que é infértil e pede na justiça que 'filha' deixe o apelido

Existem por aí senhoras muito sérias sim senhor!

Descobriu que é infértil e pede na justiça que 'filha' deixe o apelido: O Tribunal de Aveiro recusou o pedido de um homem para que a filha de 15 anos deixasse de usar o seu apelido, após ter descoberto que não era o pai biológico.

domingo, 19 de março de 2017

O meu IMI desceu

13€ em relação ao ano passado. Pode não ser muito, mas antes assim.

Chuck Berry - Johnny B. Goode - ( Alta Calidad ) HD

A verdade é que já não se faz música assim. RIP Chuck Berry

sábado, 18 de março de 2017

É a loucura

A propósito da poeira do deserto, o meu carro estava literalmente uma grande nojeira, mas não era o único, porque o pó do Sahara não se meteu apenas comigo. É ver os carros a passar ou nos estacionamentos todos na mesma figura e quanto mais escura é a sua cor exterior, mais se nota.

Fui à lavagem automática enquanto a criança estava no Inglês - a fila tinha para aí uns 6 carros à minha frente, não avançava muito, desisti, pois não ia chegar a tempo de a ir buscar; pensei "ok, eu vou, mas eu volto!"

Já com a criança, lá retomei novamente a fila, com um calor abrasador para quem de facto ainda está em pleno Inverno; eu sei, nós pedimos, mas não era preciso irmos do 8 ao 80 em meia dúzia de dias.

Foi a loucuta, o desespero; mais 1 hora e 45 minutos de espera naquele martírio. Et voilá a coisa lá se resolveu, mas fiquei com uma neura...


sexta-feira, 17 de março de 2017

Menino com doença terminal quer ser sepultado junto à mãe

Há histórias demasiado tristes...sem palavras!

Menino com doença terminal quer ser sepultado junto à mãe: A história de um menino polaco de sete anos que sofre de um cancro terminal está a comover o mundo, depois de ter pedido para ser enterrado junto à mãe, para que ela possa 'cuidar dele no céu'.

Acaso sabem o que é "esponja do mar"?

Naaaaa, neste contexto pensando-se um bocadinho chega-se lá, mas que o espírito da criatura de 6 anos, é criativo, lá isso é.

 - O que foi hoje o teu almoço filha?
 - Esponja do mar com arroz e vegetais - diz ela.
 - Esponja do mar? Ai que parvoíce, diz lá o que almoçaste!
 - Estou a dizer a verdade mãe, foi esponja do mar e eu não gosto!

Fui espreitar a ementa para ver o detalhe:

"Bifinhos de seitan de cebolada com arroz de forno"

I rest my case.

Neste fim de semana

A Bela e o Monstro ou BTL?

quinta-feira, 16 de março de 2017

Birra monumental

A minha filha estica a corda e como qualquer criança, mede forças e achas que as rédeas estão nas suas mãos.

Hoje foi o dia de não perdoar; dei uma ordem, não cumpriu. Coisa simples, não abrir o frigorífico só porque lhe apetece.

Basta, basta de ignorar as ordens da mãe. Resultado,m televisão desligada, não houve desenhos animados para ninguém.

Berrou literalmente meia hora, fiquei com a cabeça a latejar. Não teve sucesso, sou mais teimosa que ela; depois veio a fita da falta de ar, dei-lhe água, acalmou, acabou agarrada a mim ais beijos.

Mais do mesmo, a rainha do drama cá de casa.

Depois esqueceu, jantou lindamente, xarope da tosse no papo e....cama!

quarta-feira, 15 de março de 2017

Mas que estranhos fenómenos

Cheguei ao carro de manhã e estava com aspecto de quem andou num raid. Cheio de lama, mas que raio.

terça-feira, 14 de março de 2017

E sair de manhã, estar a abrir a porta de casa

E receber beijinhos nas mãos, assim, levezinhos, com a doçura de um beija-flor?

Recebo-os às dezenas todos os dias. É mel a minha filha. O que tem de doida tem em partes iguais de doçura e de afectuosa.

Suspenso deputado que disse que mulheres eram mais fracas que os homens - com beijinhos nossos ignorante!

Suspenso deputado que disse que mulheres eram mais fracas que os homens: O presidente do Parlamento Europeu anunciou, esta terça-feira, que decidiu impor 'sanções sem precedentes' ao eurodeputado polaco de extrema-direita que proferiu declarações sexistas durante uma sessão plenária em Bruxelas no início do mês.

domingo, 12 de março de 2017

Honestamente não sei quem está mais ansiosa por vê-los

A mãe por já serem muitos anos da Bela e o Monstro, a pequena, porque de facto é uma história maravilhosa; ainda por cima temos o giraço do Mathew do Downton Abbey como Monstro, uiui.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Más linguas, tudo tem uma explicação!

http://lifestyle.publico.pt/noticias/370994_estao-explicadas-as-estranhas-palmas-de-nicole-kidman

Acerca do Dia da Mulher

"Mamã, parabéns pelo dia de hoje, é o Dia da Mulher"

Realmente, exceptuando aquelas mensagens virais do Facebook, e uma mensagem muito especial de uma grande amiga e que amo do fundo do coração, foi a única pessoa que me felicitou pelo dia de hoje; na realidade, ela felicita-me todos os dias, e sempre de um jeito muito efusivo.

E entretanto pergunta:

"E os meninos também têm um dia só para eles?"

Após o meu rápido não, vem a cereja no topo do bolo em jeito de conclusão:

"Pois, os meninos não são vaidosos mamã, por isso não precisam de um dia só para eles"

Está dito, para quê complicar!?

quarta-feira, 8 de março de 2017

É daquelas coisas

O homem pode ser um grande jogador de futebol, pode ser amado e odiado, pode ser muito solidário, levar o nome do país além fronteiras - vale o que vale. É que levar o nome porque se tem jeito para pontapear uma bola é uma coisa, levar o nome porque se descobre a cura para o cancro ou se devolve a Liberdade a um país, é outra.

Para mim é um perfeito disparate que o Aeroporto da Madeira passe a chamar-se Cristiano Ronaldo, como também é um perfeito disparate alguns inquilinos recentes do Panteão Nacional.

São os tais exageros que nos expõem ao ridículo.

terça-feira, 7 de março de 2017

Canção vencedora: Amar Pelos Dois | Festival da Canção 2017 | RTP

Devo estar numa má fase, ou muito boa, não sei. Mas não me canso de a ouvir e a lágrima corre fácil. Já há muito tempo que não surgia uma música nova que me causasse estas emoções.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Salvador Sobral vence o Festival da Canção - Bem, que música!

Que intérprete; de facto não importa a classificação com que ficará na  Eurovisão, mas esta música desperta emoções e isso é o que mais importa.

Salvador Sobral vence o Festival da Canção: Salvador Sobral venceu, este domingo à noite, o Festival RTP da Canção com o tema 'Amar pelos dois'.

sábado, 4 de março de 2017

Haverá redenção?

Esperemos que saia uma pessoa melhor.

Boas notas ajudam Tó Jó a sair da prisão: Homem que matou pais em Ílhavo vai ser libertado 17 anos depois.

ADL - O testemunho da Bárbara

Merece o melhor esta miúda; adoro saber destas histórias se superação. Foi esta estirpe que levou a minha avó e tudo o que ela passou, já lá vão quase 20 anos continua muito fresco na minha memória.



quinta-feira, 2 de março de 2017

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Óscares 2017

Eles estão todos de igual, mas têm passado "rapazinhos" giros sim senhor.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Uma pessoa tem que se rir

"Mamã, as cobras mais perigosas são as cobras cabelo!"

Cabelo!???? Digo eu.

"Sim mamã. Elas têm uma coisa que parece cabelo, quando acordamos com o cabelo despenteado!"

Ahahahahah, está é que eu ainda não tinha ouvido.

Academia retira nomeação a Óscar a candidato na melhor mistura de som

Até percebo que tenham que se cumprir as regras, mas não resisto ao comentário infantil: "Quem dá e tira vai para o Inferno!"

Academia retira nomeação a Óscar a candidato na melhor mistura de som: A Academia de Hollywood retirou a nomeação ao Óscar a Greg P. Russell, na categoria de melhor mistura de som, pelo filme '13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi', por violação das regras de promoção dos prémios de cinema.

Misturar o Cristão com o Pagão

Não terá sido o momento mais oportuno de todos, é certo, mas também não foi planeado. Sei que andávamos a passear por Belém, a miúda mascarada (e eu com ar de "estou desejante que o Carnaval acabe"), olhei para ela e lembrei-me que nunca a tinha levado à Igreja de Santa Maria de Belém, a Igreja dos Jerónimos.

Não sei porquê, já que frequentamos tanto aquela zona, adoro aquela igreja, se alguma vez me tivesse casado seria um dos locais em que não me importava de o ter feito.

Lá entrámos, e eu arrepio sempre que entre num local sagrado, e de facto trata-se de um local imponente. Os olhos da Bébécas brilhavam de espanto. 

Detive-me perto do túmulo do Luiz Vaz - está aqui alguém que morreu mamã, perguntou ela. Confesso que acreditei sempre que ele estaria mesmo ali, embora há um tempo tenha lido que na verdade...não. Não sei. Não me pronunciei muito pela questão tumular, mas antes lhe expliquei de uma forma simples que se trata de Luis de Camões, um senhor que viveu há muitos e muitos anos atrás e que escreveu um livro de aventuras com o título "Os Lusíadas" - cheguei a casa, e mostrei-lho.

Lá demos a volta, vimos uma das pias baptismais, o orgão de tubos, o altar-mor, o Sacrário que é qualquer coisa, o Santo António com o Menino, os pormenores dos tectos e das pinturas e chegámos a Vasco da Gama.

Tão pouco voltou a falar se estava ali alguém que morreu; e aí disse-lhe que foi o senhor que descobriu o caminho que tinha que se fazer por mar, de barco, para a India. Estava fascinada com estas noções muito pindéricas que lhe ia dando da nossa História.

O que a impressionou pela negativa foi à saída, no claustro dedicado ao Senhor dos Passos, ter um Cristo em tamanho real num túmulo de vidro, todo "ferido", com as suas chagas e coroa de espinhos, ali, literalmente a jazer.

Questionou se era um morto, se tinha morrido assim. Aí tive que apelar a um certo humorismo:

 - "Não filha, achas!? É apenas uma imagem, um boneco. Jesus teve uns problemas e ficou com muitos dói-dóis, mas depois trataram dele e passados 3 dias ele já estava melhor e saiu do hospital."

Suspirou de alívio.

- "Ahhhhhh mamã, então aquilo é um boneco!"

Ainda eu com quase 40 anos não consigo entender, admitindo que tudo isto se passou assim, como na nossa educação Judaico-Cristã nos foi incutido, porque é que um Homem, que veio para nos salvar, teve que sofrer tanto.


sábado, 25 de fevereiro de 2017

A minha Pocahontas cortou o cabelo

Quem diria que mesmo assim saiu de lá com menos um palmo medido pela minha mão (que para quem conhece, sabe que é enorme).


O prometido é devido; mesmo depois de um valente corte, continua com o seu magnífico cabelo enorme!

Daquelas experiências que toda a gente deveria ter

Uma voltinha no 28!
http://www.dn.pt/sociedade/interior/mil-linguas-na-babel-dos-transportes-de-lisboa-o-eletrico-28-5457757.html

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Em minha casa, alguém conta os dias para que o Carnaval chegue

Ainda se está na idade em que se acredita que vestir um trapo nos transforma de cruz naquele personagem e vamos fazer o que ele/ela faz; e toda a gente nos vai dizer que estamos bonitos, e vão-nos tirar fotografias, etc.

Eu há muito que estou na fase dos malefícios do ovo podre, da bomba de mau cheiro, dos balões de água e das brincadeiras estúpidas e do ridículo que é ver aquelas mulheres no corso a pensar que estão em pleno Sambódromo, mas que, o mais certo é saírem dali directas para o hospital em estado de hiportemia.

Não é segredo, abomino o Carnaval, e estou desejosa que chegue a próxima terça-feira à tardinha e para o ano se Deus quiser e eu cá continuar, a minha crença vai ser a mesma.

Mas como eu gosto muito do Fernando Pessoa e já ele dizia que o Melhor do Mundo são as Crianças, e uma vez que o melhor do meu mundo é de facto a minha criança, amanhã lá me vou levantar de madrugada, para a vestir, pentear, maquilhar, fazer as recomendações básicas, e sair de casa com uma Sevilhana em condições, comme il faut.

Nem sei como é que uns sapatos originais de flamenco comprados em Madrid em Maio passado, duraram até hoje, ali arrumadinhos no estojo original, novinhos e sem tentações de os calçar antes.

Depois de muito contar os dias, finalmente para ela está a chegar o Carnaval e eu, que mais me apetece estar de trombas perante as brincadeiras de mau gosto, vou sorrir, apenas e só por vê-la a sorrir.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Mandei a dieta dar uma curva

E lambuzei-me com um Merry Cupcake - haverá coisa melhor?? Tão bom tão bom, que não fosse custar 2.95€ e tinha comido outro!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

domingo, 19 de fevereiro de 2017

La La Land - Absolutamente Excelente. A-DO-REI


Foge ao convencional de um Musical, mas não deixa de o ser. Ok, tenho pena que a nuance do final não fosse a que eu imaginei, mas está genial.

E eu não sabia que o John Legend entrava no filme, ahahah. Muito bom.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Oh mãe, sabes para que serve o Karate?

"Serve para nos defendermos, não é para vingança!"

Pumba!

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Hoje recebi um bilhete, o mais valioso de todos os que possa ter recebido até hoje

E vou guardá-lo...junto ao coração.




"Qué linda eres"

Quando vem de uma pessoa adorável e a quem admiramos acima de tudo, tem um significado mesmo muito bom.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Creep - Vintage Postmodern Jukebox Radiohead Cover ft. Haley Reinhart

Está qualquer coisa...

Quando temos a cabeça a viajar por outros lugares

Percorremos o trajecto habitual e damo-nos conta de que já devíamos ter virado à direita, viramos assim um bocado à bruta, e depois chegamos à conclusão de que afinal ao início estávamos certos e ainda não era para virar.

Vai-se ter a encruzilhadas que não se conhece, e nestas horas somos salvos por uma bela rotunda que nos devolve ao caminho inicial.

Foi a aventura de hoje de manhã; onde é que andará esta cabeça!?

Nem que sejam 10 minutos de Amor Acontece

Mas é de facto um filme irresistível. Não vejo a hora para...

http://www.dn.pt/media/interior/love-actually-vai-ter-uma-sequela-e-lucia-moniz-vai-voltar-a-ser-aurelia-5670512.html

Infelizmente fica a faltar o Alan Rickman :(

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Acredito que seja preciso passar por isto, para conseguir descrevê-lo desta forma

"Por isto e mais do que isto, tu estás aí e eu, aqui, também estou aí.
Existimos no mesmo sítio sem esforço. Aquilo que somos mistura-se. Os nossos corpos só podem ser vistos pelos nossos olhos. Os outros olham para os nossos corpos com a mesma falta de verdade com que os espelhos nos reflectem.
Tu és aquilo que sei sobre a ternura. Tu és tudo aquilo que sei. Mesmo quando não estavas lá, mesmo quando eu não estava lá, aprendíamos o suficiente para o instante em que nos encontrámos."

José Luis Peixoto in "Abraço"

E é isto...

Coveiro morreu quando abria sepultura num cemitério de Ponte de Lima

Oh valha-me Deus; pensava que estas cenas só aconteciam nos filmes do Hitchcock.

Coveiro morreu quando abria sepultura num cemitério de Ponte de Lima: O coveiro de Freixo, em Ponte de Lima, morreu, esta segunda-feira, enquanto estava a abrir uma cova no cemitério da freguesia.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

"Mamã, o que é a Geringonça?"

Optei por lhe explicar o que é uma geringonça em geral e não a Geringonça em particular.

Resposta dela:

"Mas depois de usarmos uma geringonça, fica uma badunça?"

Não é badunça filha, é ba-gun-ça. Isto é o máximo.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Diz que é um skate com um papagaio

Desta não me lembrava eu. Hoje, ao passar pela praia, em êxtase, exclama:

 - Mãe, eu adoro aquilo, é uma pessoa a andar numa coisa que parece um skate que está presa a um papagaio!

Vamos lá falar português, isso mesmo, agora KiteSurf.....bahhhhhh


O exercício da autoridade parental nem sempre é fácil

E minha sócia está numa fase de medição de forças sem precedentes; até aqui era mais fácil controlá-la, mas desde que se embrenhou na verdadeira selva que é o ambiente escolar, em que se depara diariamente com todo o tipo de criatura e educação (ou défice dela), começa a ser um constante teste à minha paciência, presença de espírito e auto-controlo controlar a emissão de berros da minha boca para fora.

Adoptei a estratégia de lhe dar 2 hipóteses de aceitar um Não; ainda por cima eu sempre lhe expliquei os porquês e os mesmos fazem sentido, não digo que não porque me apetece chatear a miúda!

Pois que à 3ª já não é um Não que me sai, mas sim um Isto é uma ORDEM. Acabo de proferir a frase, viro costas para já não dar direito a contra-argumentação.

Tem funcionado, mas algo me diz que até esta estratégia tem os dias contados.

Karma is a bitch! - sim cara Sra. D. Minha Mãe, sei que nisto, estou a pagá-las. Contestatária, obstinada e contra-argumentativa como eu tão bem soube ser.

As coisas que nós descobrimos e acabamos por trazer para casa quando...vamos com certo tipo de "gente" ao hipermercado!


Pobre do George Michael, quase 2 meses depois e ainda não foi sepultado

http://www.dn.pt/pessoas/interior/divulgada-a-chamada-de-emergencia-do-namorado-de-george-michael-5661990.html

A minha filha a estudar

E de repente aparece o Rodrigo Santoro na televisão num filme da SIC - coisa mais linda de menino!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Qual é a probabilidade do senhor que nos entrega a pizza nos pedir amizade no Facebook?

Esta é que nunca me tinha acontecido.

Polícia diz que violação de jovem com cassetete 'foi acidental'

E continua a não se aprender nada; vergonhosas estas situações.

Polícia diz que violação de jovem com cassetete 'foi acidental': A violação de um jovem com um cassetete durante uma operação policial na quinta-feira passada, em Aulnay-sous-Bois, a norte de Paris, 'não foi intencional', de acordo com um relatório preliminar dos investigadores.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

As fases das crianças

Ok, os tão temidos 2 anos e suas birras e conflitos já lá vão há uns anos e confesso que pensei que a esta altura do campeonato já olharia para essa fase como uma miragem.

Mas na altura diziam-me que não, e eu teimosamente não acreditava.

Mas eis que aos 6 anos e meio a minha filha continua a ser, quando quer, muiiiiito chata. E quando acorda com birra de manhã? E quando se vai deitar com o burro amarrado? E a intensidade com que chora e se faz ouvir?

O que melhorou? Não o faz em público.

O que piorou? Está ainda mais refinada e obstinada.

E a mãe?

A ficar com mais cabelos brancos de dia para dia.

Resultado: Amo-a cada vez mais.

Maroon 5 - Must get out Live

So true...

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Parece que tem jeito para a leitura!


Começa a ser tema recorrente cá em casa

O Carnaval; ainda não chegou por este ano e eu já não aguento mais ouvir falar nele.

Mas não tinham dito que o Carnaval só dura 3 dias!?

domingo, 5 de fevereiro de 2017

sábado, 4 de fevereiro de 2017

A ver um episódio do "Todos para a Mesa"

Os bonecos lá dizem que a maçã já existia na Pré-História.

E nisto pergunta-me:

"O que é a Pré-História mamã?"

Por muito que lhes queiramos e devamos transmitir conhecimento, existem conceitos e ensinamentos um bocado complexos para as cabecitas que ainda agora dão os primeiros passos na leitura, pelo que decidi ficar pelo:

"Olha, a Pré-História foi uma fase que compõe o desenvolvimento da Terra, que se passou há muito tempo..."

Olhou para mim com ar de Eureka.

"Já sei, foi quando viviam os dinossauros, não foi mamã?"

Adoro pessoas que mesmo com pouco, desenvolvem o raciocínio.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

E com 4 meses e meio de aulas

Teve direito a folga, por motivos de greve dos funcionários pela 2ª vez.

Lá foi matar saudades do Colégio com direito a um dia inteiro de brincadeira.

Ah, e nada de trabalhos de casa para o fim de semana. Há tipas com sorte!

Less is More - Part IV

E eis que o dente caiu.

"Foi a comer o manhãzito mamã!"

Valha-me Tudo!

Ela não se importa nada com isso, e ainda bem, porque de facto a opinião alheia vale o que vale mas...cada nova fotografia que aparece da Beyoncé grávida...é mais assustadora do que a anterior!


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Less is More - Part III

Afinal o resistente ainda se mantém, preso por um fio, mas mantém-se. A escova de dentes nem se pode aproximar do dito, o que já me começa a enervar.

Presidente vestiu a bata e foi voluntário por um dia

Não me canso de repetir e de estar feliz por termos um Presidente a sério. Sobretudo as fotografias em que está a dar o comer à boca dos doentes mais idosos, são de uma pessoa ficar verdadeiramente comovida.

Presidente vestiu a bata e foi voluntário por um dia: O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou, na terça-feira, as urgências do Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, e foi também voluntário, auxiliando a Liga dos Amigos deste hospital, no apoio aos doentes.

Adoro este filme, adoro a banda sonora e se recordo alguns aspectos de Berlim com nostalgia, também é por causa deste filme

http://www.sabado.pt/gps/cinema/detalhe/critica_de_cinema_as_asas_do_desejo.html

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Less is More - Part II

Parece que hoje fica sem outro; de manhã, estava eu a lavar os meus dentes, oiço um grito seguido de um choro de aflição, caiu-me literalmente tudo ao chão, e mais que houvesse, fiquei lívida, mas ela que aparece....ainda não estava refeita e reparo que tinha sangue a sair da boca.

Foi o dente do outro lado que quis ser solidário com o irmão que ontem deixou de lhe pertencer e fez das suas; tal não é a vontade de sair, que até com um punhado de cereais resolveu assustar a miúda e foi uma aventura.

Desta vez já não lhe perguntei se queria que lho tirasse; deixemos essas aventuras fluirem por elas próprias. Mas claro, foi um drama para lhe lavar os dentes; lavar todos à volta e deixar aquele mínimo por lavar foi no mínimo uma tarefa árdua.

Mais logo vou prestar assessoria à Fada Dentinho e trazer-lhe o mimo; aliás, é melhor trazer já 2, porque para esta gente miúda o presente do dente caído conta à unidade, e eu tenho sorte ou azar, porque com ela, têm caído sempre aos pares.


Confesso que ainda me encontro a leste de tota a polémica com a Padaria Portuguesa

E nisto fiquei a saber que o José Diogo Quintela é um dos sócios...não sabia.

Sendo local que frequento algumas vezes, mas afinal o que é que se passa?

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Less is More

Hoje de manhã, estava a minha pequena (grande) Bébécas a tomar o pequeno almoço e entra num pranto sentido.

Tinha mais um dente a abanar fortemente há umas semanas e hoje desprendeu.se quase na totalidade; comecei a ficar um bocado verde, mas entre vê-la assim e ter que lho tirar, por muito que me custasse, tinha que ser.

Mas não quis; lá fui pô-la a bochechar e nisto disse-me que as auxiliares da escola costumam tirar os dentes aos meninos com um guardanapo de papel, e que ela já era crescida e valente e que as auxiliares lho tiravam.

Achei estranho; não deixa a mãe mexer e deixar outra pessoa...hummm, mas tudo bem, não quero cá traumas com a extracção dentária.

Quando a fui buscar, claro, o dente já não fazia parte da carinha dela, mas quem o soltou, foi ela própria. Não foi cá em cantigas, provou a sua valentia e "zumba".


domingo, 29 de janeiro de 2017

Na cozinha

Ouve-se do lado de lá o som da panela de pressão a cumprir a sua missão. Deu-me um desejo de comer feijão com óleo de palma e lá tive que cozer o feijão na panela.

Ao ouvir o som, que já ouviu por outras vezes mas decerto não ligou, diz-me assim?

 - Mãe, que barulho é aquele, parecem maracas!

Lá lhe expliquei que é a panela de pressão a funcionar. Não contente com isso conclui:

 - Ah, então foi daqui que inventaram o som para as maracas.

Hoje estou naqueles dias

Em que acordei com uma dor na garganta, mas apenas num ponto específico do lado esquerdo. Vamos ver no que isto dá.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Antes de inadvertida e inocentemente fazer asneira

Antes de, por motivos profissionais ter que me dirigir directamente a uma dada pessoa que dista neste momento de mim uns 5 metros, tive qie disfarçadamente questionar outra acerca do género da dita pessoa.

Olhando para a esquerda pareceu-me que tinha fortes possibilidades de ser uma senhora, mas olhando para a direita já me parecia um senhor, ainda me posicionei estrategicamente a tentar adivinhar se tinha alguma protuberência no peito, mas também não consegui concluir se tinha ou não...

Na dúvida, mais vale perguntar a quem pode saber um pouco mais do que nós, porque não estamos aqui para magoar ninguém.

E nisto começo a ver-me grega para lá chegar

Hoje, precisei de tratar de um assunto com um colega meu, grego, e escreve-lho pelo nosso messenger interno, assim:

Hello Nikos, how are you?

E nisto ele responde:

"ηελλο"

Isto promete; quer-me cá parecer quenos vamos entender.



quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Às 9 da noite ela pede para se ir deitar

É uma miúda disciplinada quando à hora de ir dormir, já sabe perfeitamente quais são os limites; mas hoje superou-se. 21:00 horas em ponto, agarrou nos brinquedos companheiros de todas as horas e foi-se; não sem um comentário especial:

"É hoje que dormes comigo mamã?"

Medidas para quem não paga as pensões de alimentos aos filhos

Boa, façam alguma coisa, porque isto é um flagelo. No Brasil dá cadeia, aqui também, embora a maioria das pessoas não o saiba.

Esta ideia dos Polacos colocarem pulseira electrónica também pode ser viável, até porque permite controlar em que circuitos os infractores se movem e que dividendos arrecadam por fora.

É bom que os legisladores se debrucem sobre isto, porque de facto as crianças têm e devem ter que ser sustentadas por ambos os progenitores; é vergonhoso que assim não seja.

http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2017-01-23-Governo-polaco-propoe-pulseira-eletronica-para-quem-nao-paguepensao-de-alimentos

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Raios o partam!

Que criatura execrável.

http://www.dn.pt/mundo/ao-vivo/interior/tomada-de-posse-de-trump-tudo-comeca-hoje-5618039.html

Percebo que a idade não perdoa quando

Chego ao escritório, ligo o laptop e começo insistentemente a tentar ligar a VPN e aquilo dá erro e eu começo a vociferar.

Só passados aí uns 40 segundos me lembro que, estou no escritório, tenho rede! OMG!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Ao sair de casa, as recomendações de mãe

 - "Hoje vai estar muito frio, portanto eu que saiba que andaste no recreio sem os 2 casacos, e sem o cachecol. O casaco de fora tem que estar abotoado. Estás a ouvir e a tomar atenção ao que a mamã está a dizer? Olha que eu apareço à hora de recreio e se te vejo sem casaco vamos ter um problema!"

E ela:

 - "Eu seeei mamã. Uma auxiliar disse ontem isso, que hoje tinhamos que vir muito agasalhados."

Dada a importância do reparo, já não deu para voltar à carga de que as auxiliares têm nome e que não quero que ela trate as senhoras por "auxiliar" - fica para mais logo.

Ora, ao sair de casa toda "enchouriçada" diz-me assim:

 - "Mamã, afinal não está frio nenhum!"

Pudera, pensei eu. Também só se lhe via a cara, e mesmo assim não era toda. Ahahah

Pois eu, senti o frio da minha vida. Estes 5º em plenas 8:55h da manhã ainda se sentem nos meus ossos.



segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

A campanha dos limões - Breast Cancer

Nos últimos dias as imagens dos limões multiplicam-se e em boa hora alguém teve esta ideia.

Confesso que já olhei para eles, comparei com o meu peito, e dá sempre um aperto no coração pensar que, a próxima posso ser eu.

O mesmo aperto quando fiz a primeira mamografia há 1 ano e meio atrás e, embora o resultado tenha sido normal, o facto do médico me ter dito que tenho que estar muito atenta, uma vez que tenho um tecido mamário sem gordura o que torna mais difícil um diagnóstico precoce leva-me a um estágio de alguma apreensão e profundo respeito por quem luta contra uma doença oncológica.

E aqui estão as faces que ele pode assumir no nosso peito:

domingo, 15 de janeiro de 2017

Estamos no bom caminho em termos de auto-estima

Está a ver uns desenhos animados no Disney Junior, um tal de Zou, uma zebra engraçada. Nisto diz-me que é o personagem de uma outra zebra que aparece de vestido roxo, uma tal de Elzie, ou algo parecido.

Pergunto-lhe então se gostava de ser uma zebra, ou outra coisa qualquer, já que gosta de encarnar tantos personagens.

Responde em segundos:

"Nah! Eu gosto e gostava de ser eu própria!"

E quem fala assim não é gago. Tenho uma miúda que, até ver, gosta de ser quem é e como é.

Se vai comprar um par de botas ou sapatos Timberland, o melhor é investigar primeiro e calçar depois

Nestas coisas prefiro não arriscar e se é para perder a cabeça, vou às lojas oficiais e pronto. As Yellow Boots de cano alto da Bébécas compensaram de facto o investimento. Duraram 2 Invernos seguidos, completamente impermeáveis, sempre amarelinhas, e de vez em quando lá as borrifava com o spray da marca.

Tendo em conta que quando lhas comprei ela tinha 4 anos, e que uma criança de 4 anos o que melhor sabe fazer é estragar sapatos, não me arrependo nada de lhas ter comprado, porque cumpriram bem a sua missão.

Ok, agora estavam descosidas no início das ilhargas dos atacadores, nada que um bom sapateiro não recupere e, uma vez que deixaram de lhe servir, vou dá-las a quem precise, porque ainda têm uns bons anos pela frente.

Lamentavelmente deixaram de fazer as de cano alto para as crianças - este ano ia comprar-lhe outras e dei com o nariz na porta; só a partir do 36 :(
Se vai comprar um par de botas ou sapatos Timberland, o melhor é investigar primeiro e calçar depois: É cada vez mais difícil fazer compras responsáveis e valiosas.

sábado, 14 de janeiro de 2017

A pergunta das perguntas

O dia da pergunta das perguntas tinha que chegar, e foi hoje:
 - "Mamã, como é que eu apareci na tua barriga?" - tudo isto com os olhos esbugalhados e fixos nos meus, como que a dissuadir-me de inventar tretas, com ar de que "eu topo-te mãe".

A resposta saiu-me numa fracção de segundos e foi o melhor nesta altura:

 - Olha filha, foi vontade de Deus!"

Ao que ela anui:

 - "Ele é mágico não é mãe? Ele é tudo...!"

Tive que concordar, e agora não me sai esta música da cabeça que vou para todo o sempre associar ao dia em que a Lady Tinky me fez pela primeira vez a pergunta das perguntas!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Confesso que com tanta notícia que saiu hoje acerca das novas tabelas de retenção na fonte

....pensei que ia ganhar mais uns cêntimos, mas não, nem mais nem menos, ficou mesmo igual.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Reunião de Pais da miúda

Já me tinha apercebido na reunião de início de ano lectivo que de facto o universo em questão tinha as suas peculiaridades, mas falemos de exemplos práticos:

- Uma mãe com uma silhueta acima do avantajado alapada na cadeira (honestamente analisando o tamanho dos assentos, não sei como é que ela não tombava), levou uma criança barulhenta com cerca de 2 anos e não se dignou a tomar conta dela. Ok, não tinha obrigação de ter com quem o deixar, mas não tinha que ser a professora primária que estava a tentar informar os pais das restantes 25 crianças do que foi o balanço do 1º período, a entreter a criança, a dar-lhe ora uma caneta, ora um lápis ou a dizer-lhe "da minha garrafa não podes beber água)

 - Outra mãe, após comentar que sabe que o filho é conversador, solicita ajuda à professora para lhe ensinar a lidar com o filho em casa e a melhor forma de o convencer a não falar dentro da sala de aula, ou, a falar o mínimo - For Christ Sake - isto é uma tentativa de graxa, ou a mulher é mesmo parva?

Se acha que o filho tem um problema, leve-o ao médico; se não, é bom que perceba que uma pessoa conversadora é automaticamente mais extrovertida do que uma pessoa calada. Logo, trata-se de uma característica intrínseca ao ser humano em questão. Mudar, com estas idades é difícil, mas pode sempre tentar que eles percebam que devem falar apenas quando lhe dão permissão, não devem interromper os outros, devem estar com atenção. Será necessário interromper uma reunião de pais com uma questão deste calibre?

 - Ainda outra mãe, coitada da senhora, que não tem culpa, mas, quem a ouve também não, sai-se com esta para a audiência em geral e para a professora enm particular: "- Olha, e como tá o pobrêma da minha filha com o português?" - isto com sotaque de português do Brasil.

Entendo que o problema comece na própria mãe; se a criança ouve falar assim todos os dias, acredito que lhe seja muito complicado entender a dicção de um Francisco Louçã!

 - And last but not the least, levantei-me eu em primeiro lugar para sair dali para fora, já que entendo que uma reunião de pais serve para tratar de assuntos gerais, porque para as particularidades serve o dia de atendimento pessoal da professora, ao me despedir da professora perguntei-lhe apenas como estava o comportamento da minha filha, se tinha melhorado, já que o seu espírito irrequieto lhe dificultou a vida e o trabalho nos primeiros meses. A miúda está melhor, mais focada, não tem problemas de aprendizagem.

Óptimo, isso alegra-me. Nisto começa a aproximar-se uma mãe que me pergunta quem é a minha filha, isto com aquele ar de quem se quer meter na conversa; a professora aproveitou para comentar que a minha filha faz uma certa faísca com a filha da dita senhora; a Lady Tinky porque tem aquele feitio soviético e a outra, e nisto vira-se para a outra mãe, porque tem "a mão leve, e deve corrigi-lo".
Remata a mãe a sorrir com ar de orgulho:
"A minha filha tem uma personalidade muito forte" - portante, temos uma bullyer em potência e a mãe chama-lhe força de carácter!

E agora sim, a última das últimas; ainda relativamente à minha filha, e após o comentário do feitio soviético e torcido e da tendência para o melodrama e a lágrima no olho, a professora diz-me por acaso com ar de orgulho, que a minha miúda é de facto uma criança muito inteligente, não tem qualquer dificuldade de aprendizagem e é bastante culta para a idade que tem; antes de eu poder reagir, vem de lá uma mãe que quase me empurra e diz de uma forma bastante audível:

"O meu filho também é muito inteligente e culto!"
Pimba, quem fala assim não é gago, porque o meu filho, nem que seja só para mim, é melhor do que a tua.

E aqui, no rescaldo deste episódio lúdico concluo que, eu nunca poderia ser professora, muito menos do ensino básico, pior ainda do 1º ciclo. É que com pais destes, como querem ter miúdos equilibrados!?



É por estas e outras que circo para mim e família dependente, só mesmo o "du Soleil"

É vergonhoso e deviam fazer-lhes o mesmo!

http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2017-01-11-Indignacao-com-video-de-tigre-amarrado-a-mesa-de-um-circo-para-o-publico-poder-tirar-fotos

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Episódios que me ficam na cabeça pela negativa

Hoje de manhã tinha uns assuntos para tratar, coisa rápida, e entre deixar a  Lady Tinky no colégio às 8 da manhã, com cerca de 7º graus de temperatura máxima, e deixá-la na escola mesmo à abertura e ir a correr tratar do que tinha a tratar, para ainda conseguir estar no escritório até às 09:30h, optei pela segunda opção.

Cheguei à escola, estava uma funcionária do lado de dentro do portão e meia dúzias de crianças cá fora. A escola para a população discente em geral abre às 08:45h - Ok.

Cheguei lá e a senhora pergunta-me: é para o CAF? Honestamente não sei o que quer dizer a sigla, mas percebo que tenha a haver com os meninos que estão nos Tempos Livres dentro da escola.

Disse que não.

Olha para o relógio e diz-me - ah, sendo assim tem que esperar um minuto. For Christ Sake, um frio de rachar àquela hora, as crianças com as bochechas rochas e ali esperámos exactamente 60 segundos; findo este tempo ela abre as alas para a criançada.

É por estas e outras que este país não anda para a frente!

Nem tudo se resume a espírito irrequieto e endiabrado

O Muito Bom de hoje na leitura que me trouxe a minha filha, encheu-me de orgulho.

Rica filha da sua mãe!

domingo, 8 de janeiro de 2017

A somar às pérolas dos progenitores que não se preocupam com os filhos

O que dizer de uma pessoa que também não demonstra qualquer interesse em saber quais foram os resultados escolares do 1º periodo da filha?

Será que a par de se ter esquecido de tantas outras coisas, ainda acha que a criança continua no Jardim de Infância?

Tenham piedade da pobreza de espírito; em pleno século XXI que cada vez mais se vêem pais até muito mais interessados do que algumas mães, até isto tinha que me calhar.

Ciclistas protestam contra possível uso obrigatório de capacetes

Há coisas que não entendo; o Joaquim Agostinho podia cá estar, caso levasse capacete naquele fatídico dia em Quarteira.

Enfim....

Ciclistas protestam contra possível uso obrigatório de capacetes: A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta protesta este domingo, em Lisboa, contra o uso obrigatório de capacetes, previsto no Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária, mas o Governo já admitiu não avançar com a medida.

"Lapincela"

Ontem os Reis Magos foram à escola e, em vez de ouro, incenso e mirra, levaram desenhos para pintar e afins.

Quando a fui buscar, veio toda contente com um  objecto na mão e disse-me:

"Olha mamã, deram-me uma lapincela!"

Esta é que eu nunca tinha ouvido; do melhor.


sábado, 7 de janeiro de 2017

Dos primeiros mimos do ano - Varekai

Estou de alma cheia; algo que já há muitos anos ansiava ver e que, por um ou outro motivo não tinha acontecido.

Hoje, dia de Reis, peguei na miúda e lá entrámos no reino da floresta. Isto sim, é circo - deste eu gosto!

Se pudesse, amanhã repetia. Adorámos!


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Bonnie & Clyde à portuguesa

http://sol.sapo.pt/noticia/541501/casal-que-distribuiu-aguas-na-a1-tem-14-processos-crime

Escolher ler e escrever palavras em detrimento de ver desenhos animados

É algo que me faz transbordar de satisfação. Sem grandes alaridos para não espantar a caça, mas a miúda se continuar assim, faz-se!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Eu juro que cada vez menos discuto gostos

Mas a minha filha tem uma menina na turma que se chama Iara Filipa....ok, não vou tecer nenhum comentário!

domingo, 1 de janeiro de 2017

Nunca fui de pedir muito

E a tendência é para pedir cada vez menos, e mesmo assim os planos por vezes saem ao lado.

Concentro cada vez mais os meus pensamentos nos meus; que a minha filha tenha saúde, que a minha filha continue tão feliz quanto tem sido, que a minha filha tenha sucessos escolares.

E digo eu que não peço muito - para tantos pais que sofrem neste momento com a falta de saúde dos filhos, tudo aquilo que peço, é a sua vida; nem sempre sabemos ser gratos por aquilo que temos como garantido e que se o perdermos, aí sim, foge-nos o chão por debaixo dos pés.

E não pedindo "muito", ainda tive coragem para pedir mais 3 coisas. Contando que elas de facto se realizem, a seu tempo e obviamente após a sua concretização, revelarei os 3 desejos pessoais que lancei para este ano.


A vida tem coincidências....

Esta última semana do ano não foi de todo uma semana muito feliz. Foi pautada pela morte de gente jovem em circustâncias estranhas....a morte é quase sempre inexplicável.

Mas também, a morte de alguém trouxe uma esperança....

Do início; há uma semana entrava em morte cerebral o primo de uma amiga minha, com 20 anos, em consequência de um grande azar. Bom, morte cerebral, irreversível, foi mantido ligado à unidade de suporte de vida, devido aos formalismos e burocracias da recolha de orgãos - e isto durou alguns dias, com extrema-unção pelo meio e por aí fora.

Na quinta-feira ao final do dia foram desligadas as máquinas, declarado o óbito. O que tinha que ser retirado, já não fazia parte daquele corpo - fim da história deste miúdo brilhante de 20 anos.

Mas...da parte da tarde desta mesma quinta-feira, uma miúda de 16 anos que conheço, e que é uma querida, com uma doença grave já há vários anos, em lista de espera para um transplante há anos também, recebe uma chamada do hospital a dizer que tinha aparecido um rim e o transplante tinha que ser feito imediatamente.

Foi transplantada poucas horas depois, está a recuperar, feliz, até ver correu tudo bem com a Mikas.

E fez-se-me luz - é uma grande coincidência. Será que o rim do primo da minha amiga salvou a Mikas!?

É o triunfo da vida, uma luz de esperança para alguém, resultante do impacto da dor para tantos outros.

Foi uma semana de contradições, sem nunca esquecer também o desaparecimento precoce de uma pessoa muito importante para a minha irmã, mais um jovem que, infelizmente numa bela manhã de Dezembro, logo após o Natal....não acordou. Até sempre André.