quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Estes sapatinhos da nova colecção da Zara fazem-me lembrar a corte do Rei Luis XV


Escritor detido por assassínio que 'confessou' em livros

Quando a ficção se confunde com a realidade. Faz-me lembrar um filme com o Johnny Depp - A Janela Secreta.



Escritor detido por assassínio que 'confessou' em livros: O escritor chinês Liu Yongbiao, muito popular no seu país, foi detido pelo presumível assassínio de quatro pessoas há 22 anos, um crime que inclusive inspirou um dos seus romances, noticiou esta quarta-feira a revista online 'Sixth Tone'.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Londres....aguentarei a espera!?

A minha filha quer ir a Londres, eu há anos que quero lá voltar e não se tem proporcionado; agora que vão calar o pio ao Big Ben, será que vale a pena esperar mais 4 anos? Ou as badaladas do (Small) Big Ben não compensam a espera tão longa?

http://www.voltaaomundo.pt/2017/08/15/esta-semana-vai-pode-ouvir-as-ultimas-badaladas-antes-de-o-big-ben-deixar-de-tocar/

About last days in Oporto


"This is Us"


sábado, 12 de agosto de 2017

Aquele estado de ansiedade

Que sentimos em fim de férias...

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Por acaso sabe bem

Ir à Wink arranjar as sobrancelhas e não pagar nada, porque acabou de se completar o cartão de fidelização.
Yeahhhhhh!

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

What's My Name (From "Descendants 2"/Official Video)

E a minha filha agora ouve isto em modo repeat. Nossa Senhora!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Mais uma antiga professora minha que brilha

Tendo ingressado na Faculdade no longínquo ano de 1995, a verdade é que já lá vão 22 anos que tudo sucedeu; e também passam 22 anos que a tive como professora de uma cadeira que se a memória não me falha tinha como nome pomposo Metodologia das Ciências Sociais. Partilhava a cadeira com a Prof. Anália Torres.

Era muito jovem, um modo assim a atirar para o Hippie Chic da época; tinha elaborado há pouco uma tese de Mestrado no âmbito da participação feminina nas Forças Armadas. Era uma querida, mas apesar de jovem, não deixava de ser uma professora exigente.

Gostei de ler esta notícia, em que surge como nova presidente da ERGOMAS.

Muitos parabéns!

https://www.iscte-iul.pt/noticias/1297/professora-iscteiul-eleita-presidente-ergomas

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Quando as missões não estão propriamente cumpridas

Mas sentimos que as fases mais criticas avançaram, sentimos que nos saíram de cima, quilos e quilos de peso. E agora, toca a relaxar, que....também mereço.

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Já não me lembrava do quando gosto do pós-venda da Renault

O meu carro anterior era Renault e de facto um dos aspectos que primeiramente ressalvei como positivo, na altura, foi o serviço de pós venda.
Atenciosos, profissionais, rápidos, preocupados com o cliente.

Mas claro, finalizou a garantia e comecei a optar por soluções não marca, mas optando sempre por peças de origem.

Agora, com carro novo, Renault também, lá tive que voltar às oficinas da marca, pelo menos durante os 5 anos de vigência da garantia e confesso que depois, se calhar continuo.

Revisão do 1º ano, marcada, deixei lá o carro à hora combinada. Cerca de 5 horas depois ligam-me a dizer que estava pronto a levantar, contudo como eu referi que tinha uma luz de presença interna que fazia mau contacto, têm que substituir uma peça ao abrigo da garantia, tiveram que a mandar vir e só chega amanhã. Lá se desculparam e pediram se lá podia levá-lo amanhã que em cerca de 15 minutos fica resolvido sem custos adicionais obviamente.

Explicaram tudo o que fizeram que não foi nada de especial, mas implicou uma vistoria geral, repôr niveis, mas tudo com uma simpatia que me fez relembrar o facto de ter ficado tão satisfeita com a compra do meu primeiro Renault e que no fundo agora repeti.

Mas este mês....o carro levou uma bela fatia do orçamento. É mais do que um filho este bogas que anda há 1 ano e 15.000kms a acompanhar-me a mim e à Milady Bébécas.

domingo, 30 de julho de 2017

Cineminha de Hoje - Perfetti Sconosciuti

Faz-me muito mais sentido a tradução à letra "Perfeitos Desconhecidos" do que a tradução que vigora em cartaz: "Amigos amigos, telemóveis à parte", mas enfim.

Foi o programa escolhido para hoje e posso dizer a opinião final é muito positiva. Deu para rir, para pensar, para nos colocarmos no lugar de um daqueles amigos, algo bateu cá dentro. É um tema actual e imagino se todos decidíssemos jogar este jogo, quantas não seriam as surpresas mais e menos agradáveis que teríamos, perante as "nossas pessoas".


Para a minha filha uma mulher famosa é...

Voltemos ao início. Pôs-se a jogar com a Tia o "Quem Sabe, Sabe" e às tantas sai a seguinte pergunta:

"Mulheres Famosas"

A minha cria responde: Mona Lisa.

Já tinha percebido que a criatura a fascina, ou não tivesse ela ficado especada à porta do Louvre a dizer que queria ver a Mona Lisa, mas daí a fazer a associação entre mulheres famosas e o célebre quadro do Leonardo da Vinci....começa a ser épico.


sexta-feira, 28 de julho de 2017

Assim como também faz 1 mês que ambas cumprimos um dos nossos sonhos de criança...

Ela ainda com 6, para 7, eu com 39, para 40. Valeu a pena a espera, pois cumprir um sonho da nossa infância e proporcioná-lo ao mesmo tempo a um filho...é mágico.


















E faz hoje um mês que a rapariga foi ver e experimentar os aviões...



Tribunal condena mas devolve relógios ao ladrão

Acho uma delícia estas pérolas.

Assaltou, tomou posse dos relógios logo passam a ser dele - devolvam os relógios ao ladrão que o homem é sério.

Tribunal condena mas devolve relógios ao ladrão: Juízes concluíram que as peças lhe pertenciam. Recluso exige redução da pena e queixou-se ao Conselho Superior da Magistratura.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Vá-se lá perceber

Televisão nova há uma semana, semana essa que tem sido uma loucura e que fez com que ainda não me tivesse debruçado  sobre as instruções, minimamente.

O comando tem meia dúzia de botões nada intuitivos, e controlo-a com muito mais facilidade através do telemóvel. Tecnologias...

terça-feira, 25 de julho de 2017

E cá estou eu de gripe outra vez

Em 3 semanas é a segunda; estou com um claro problema ao nível das defesas. :(

Por isso é que eles vêm para cá com sandálias e meias nos pés

Tenhi cá uma colega da Alemanha a passar uns dias connosco. Ontem à chegada as perguntas da praxe, se tinha feito boa viagem, se era a primeira vez em Portugal, blá blá blá.

Ela fascinada com a temperatura e a comentar que de manhã, à saída de Colónia estavam 13º.

É por isso que eles são frios. Mesmo no Verão nem a temperatura os ajuda.

Então e que tal sair de casa meia hora mais cedo

Isto com a melhor das intenções, chegar mais cedo e tal, e conseguir a proeza de chegar exactamente meia hora mais tarde do que é hábito, ainda por cima num dia crítico?

2ª Circular no seu melhor. Haverá melhor maneira de ficar de neura para o resto do dia?

Não creio.

Será motivo válido para preocupação!?

Ontem, ao sair do escritório, estava eu a entrar no elevador e dou de caras com uma senhora que faz as limpezas no edifício.

Já a vi a falar sozinha várias vezes, mas a isso já me habituei. Ontem estava com um ar mais esgaziado do que é costume e diz-me assim: "Vou ao Júlio de Matos!"

Não sei se foi o melhor comentário, pois pela resposta parece-me que mais valia ter estado calada. Disse-lhe: "Tenha calma, tudo se resolve e se precisa de ajuda, claro que deve procurar o sítio mais adequado."

A resposta: (mas isto em português do Brasil ainda causa mais impacto):

"Eu vou mas é pegar um revolver e largar aos tiros em todo o mundo!"

Não fiz mais comentários, mas just in case das próximas vezes em que a vir, troco de piso, não vá ela passar-se mesmo.

sábado, 22 de julho de 2017

Pensamento do dia

Não havia qualquer necessidade...

quinta-feira, 20 de julho de 2017

terça-feira, 18 de julho de 2017

E por muito que me custe, chegou o dia do juízo final da minha televisão

Doze anos em comum comigo, dos equipamentos que tanta companhia me fez nos primeiros tempos aqui em casa; apaixonei-me por ela quando a vi naquela loja, tinha a pancada da Sony e de facto foi a grande amiga das horas de solidão.

Continuo a não me conformar por um aparelho que naquela altura custou mais de 1000€, durar tão pouco, eu ainda me ter enervado para a mandar reparar pensando que tinha televisão por mais um tempo e nem 1 mês depois voltar a dar o berro. Passámos a ter predominância a 90% de 2 cores, sendo ela o laranja e o azul quando se lembrava de dar imagem e, na maior parte das vezes nos últimos meses, esperar minutos que já se transformaram em horas para que a imagem de facto surgisse.

Teve que ser, mas não deixa de ser um investimento inesperado e que não me deu jeito nenhum, mas, como o show tem que continuar, "Morreu o Rei....viva o Rei!"

E  a nossa nova precious para os próximos tempos....


domingo, 16 de julho de 2017

Roger Federer bate novo recorde em Wimbledon

Boa!

Roger Federer bate novo recorde em Wimbledon: O tenista suíço Roger Federer tornou-se este domingo no recordista de vitórias em Wimbledon, ao conquistar o seu oitavo título na relva londrina, com um triunfo sobre o croata Marin Cilic, em três sets.

sábado, 15 de julho de 2017

Médico Gentil Martins: 'Ronaldo é um estupor moral, não pode ser exemplo para ninguém'

Quanto à opção do Cristiano Ronaldo, tão pouco concordo com ela, mas cada um sabe de si...o resto repudio totalmente.

Há que dar um certo desconto, o senhor deve ter dormido mal.

Médico Gentil Martins: 'Ronaldo é um estupor moral, não pode ser exemplo para ninguém': O médico António Gentil Martins, um dos mais conceituados cirurgiões portugueses, considerou hoje Cristiano Ronaldo 'um estupor moral, que não pode ser exemplo para ninguém', pelo facto de privar os filhos da companhia das mães biológicas.

Alphaville - "Big In Japan" (Official Music Video)

Como eu gosto disto...

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Não sei o que lhe deu hoje

Mas a minha filha está totalmente insuportável. Birras, gritos, falta de educação literalmente. Já dei comigo a contar até 150 para não ter que me passar e castigá-la a sério, mas não chego aos 200.

Deus me dê paciência.

terça-feira, 11 de julho de 2017

Carolina Patrocínio reage à polémica sobre o bronze da filha: 'Ela nasceu morena'

Sempre achei esta miúda de uma futilidade incrível, mas até posso estar enganada e tratar-se de uma pessoa porreira.

Cada um sabe o que faz da sua vida e com a sua vida, e com exercício a mais ou não na gravidez, o facto é que parece uma miúda bem saudável e as filhas também super felizes e bem tratadas.



Agora a questão do bronze ela que me perdoe, porque nem eu que sou mestiça fico com o tom de pele daquela bebé, e a minha filha também tendo nascido morena não adquire aquele esturricado.



Mas enfim, ela lá saberá e fará o melhor pela pele dela e pela das filhas, não há-de ser nada...



Carolina Patrocínio reage à polémica sobre o bronze da filha: 'Ela nasceu morena': A apresentadora da SIC Carolina Patrocínio partilhou nas redes sociais uma fotografia da filha mais nova deitada na praia com uma pele bronzeada que motivou uma onda de críticas junto dos seus seguidores. Eis, agora, o seu direito de resposta.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

A forma como as crianças vêem as coisas

No dia de anos delas fomos jantar ao 100 Maneiras, local de que gosto bastante por sinal.

Ontem, quando ao final do dia a fui buscar ao colégio, pergunta-me assim a Educadora:

"Oh Mãe, diga-me lá a que restaurante é que foram jantar nos anos da Rita, porque ela veio dizer que o jantar foi muito bom e que foram ao Restaurante do Cozinheiro!?"

O Ljubomir que se cuide, para a minha filha é e será sempre o "Cozinheiro"!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Com a cabeça longe...

Torre Eiffel...Paris


terça-feira, 4 de julho de 2017

E hoje temos menina dos anos

Será sempre o dia mais importante das nossas vidas. Para ela o dia em que nasceu, e para mim o dia em que ela me fez ser mãe.

Têm sido 7 anos com muitas peripécias, muita aprendizagem, alguns dias menos bons, um feitio torcido e difícil que me desafia a toda a hora, mas continua a ser um doce, um torrão de açúcar de tanta meiguice.

No mesmo momento tanto pode trovejar, como virar um belo dia de sol. Obstinada, teimosa, refilona, mas muito humana e amiga do seu amigo.

Revelou-se neste 1º ano escolar uma excelente aluna, um belo motivo de orgulho para mim e o balanço que faço é que isto de se ser mãe não é fácil, ser mãe a aguentar o barco sem apoios mais difícil se torna mas, o facto é que o que ganhei ao longo destes 7 anos foi uma grande alegria de viver.

É uma linda menina, o meu sonho, a minha paixão, a flor dos meus olhos e faz agora, a esta hora, os seus 7 aninhos de vida.

Parabéns Filhota e que continues a ser a menina feliz e bem resolvida que tens sido até hoje.


segunda-feira, 3 de julho de 2017

Daquelas surpresas para a vida; várias numa só

E eis que tinha chegado o tão aguardado dia, o dia de todas as surpresas. A primeira viagem de avião, a ida a Paris, a Disneyland...

Confesso que foi uma ideia que já me andava na cabeça há muito mais de um ano, mas, por questões alheias à minha vontade, apenas foi possível concretizar agora. Valeu a pena; com a idade que tem acredito que jamais irá esquecer os dias que viveu no reino da diversão, do sonho e da fantasia.

O primeiro impacto foi a chegada ao aeroporto e perceber que ia andar de avião; isto às 3.30h da madrugada, foi duro. Depois, a emoção de, tendo sido o baptismo de voo, ter recebido um certificado assinado por toda a tripulação daquele voo da Air France e um beijinho especial do Comandante, com direito ao desenho de um aviãozinho e tudo.

Primeira surpresa, check.

Depois....destino. Paris - o que há em Paris!? Torre Eiffel! Outra emoção de cair para o lado. Estávamos ainda em pleno aeroporto Charles de Gaulle à espera das malas e ela que se põe a ler os Wall-boards e vem com a novidade de que a Disneyland também era em Paris, mas isto sem ter feito a associação de que ela própria iria ao dito local.

Depois, o transfer. Com todas as letras a dizer Disneyland Paris, ofereceram-lhe logo um saco/mochila com um livro dr actividades, uma caneta e um bloco, e foi aí que lhe disse que íamos exactamente à Disneyland.

Ainda sem ter visto nada confessou-me que era o dia mais feliz da sua vida.

Ao chegarmos tão cedo, foi fazer o check-in no Hotel do complexo e rumar até à entrada do Parque, e aí, não sei de quem foi a maior emoção...é impossível não ficarmos completamente anestesiados com tanta magia, perfeição, encanto e sonho.

Era verdade, estávamos em plena Main Street da Disneyland Paris:



E ao fundo, lá estava ele....

E temos tanto para contar e recordar, tantas memórias que vivemos no local mais feliz do mundo.

Dino Meira - Voltei voltei - Realmente faltava esta Anouk....Ahahahah

Estas tipas vão a Paris e depois armam-se em finas....

A minha filha está a deliciar-se com os melhores dos melhores, trazidos da sua terra Natal :)





Questões de Temperatura

Não percebo nada disto...o que eu sei é que ontem ao fim de manhã levei com 16º em Paris e chego aqui e é isto. O S. Pedro poderia ter sido mais coerente....

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Anouk...ei-las!

Há tanto para contar e partilhar, mas as belas das chávenas estonteantes teriam que fazer parte da primeira partilha para ti. Confirmo, é esta a terra dos sonhos e da felicidade.




domingo, 25 de junho de 2017

E amanhã começa a colónia de praia

E eu tenho que me levantar de madrugada....avizinha-se uma semana animada e cheia de surpresas.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Desaparecerem ficheiros da rede é assim uma coisa formidável para acontecer quando se precisa mesmo deles

E depois, andar à procura deles e ter que esperar horas até que nos comecem a dizer onde eles páram e descobrir que por qualquer motivo foram anexados a outra pasta é de morrer e ressuscitar.

E depois esperar mais uma hora até voltar a conseguir colocá-lo no sítio de onde nunca deveria ter saído.

Que dia....

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Proud and Happiness! My Girl!

E acaba assim o 1º ano de vida académica da minha miúda.

Não me canso nem cansarei de dizer que esta miúda é especial, é a minha maior obra, o meu maior feito, a razão por que vivo e mesmo quando não viver, vai continuar a sê-lo.

O sofrimento de há 7 anos atrás, tem sido nestes anos compensado por momentos indescritíveis e nossos, por sorrisos e pela descoberta em mim de uma força que eu não sabia existir.

Não desejo a quase ninguém o que sofri, acho que apenas a quem me proporcionou tanta mágoa, mas mesmo assim, que Deus tenha piedade e misericórdia, porque os pobres de espírito não sabem o que fazem.

O meu balanço de single mother com tudo às costas desde o início, continua a ser uma miúda brilhante, linda, maravilhosa, inteligente e feliz e eu....tenho tanto orgulho nas conquistas dela.

Well done. That's my Girl.


Para além do horror que assola o nosso país

Termos amigos daqueles dos melhores do mundo e com quem partilhamos o coração a viver no meio daquele inferno, é estonteante.

Não sabermos o que fazer, o que dizer, que estamos a falar agora e daqui por um tempo tudo pode mudar. Estou desolada, preocupada, triste.

Que esta noite busque a tranquilidade que nos foi roubada e que o dia amanhã, amanheça sem vítimas e com os focos controlados.

Pelos meus amigos, por todos os envolvidos e acima de tudo pelas vítimas mortais e suas famílias.

domingo, 18 de junho de 2017

É hora de olharmos pelo nosso Povo!

É altura para sermos solidários e olharmos pelo nosso povo. Estou absolutamente consternada. O último balanço aponta para mais de 60 mortos no Incêndio em Pedrógão.

É triste e devastador.

sábado, 17 de junho de 2017

Ai que caloooooor. Ainda estamos na Primavera!

Eles avisaram, mas pensei que os marotos estivessem a brincar!


quarta-feira, 14 de junho de 2017

Mudam-se os tempos...

A minha filha teve hoje a primeira grande visita de estudo da vida dela. Entenda-se por "primeira grande", aquela em que estão todo o dia fora, que não vou cá em cantigas de dormir fora de casa como vejo nalgumas escolas...na primeira e segunda infâncias acho bastante cedo.

Foram passar o dia a uma Herdade no Ribatejo e tiveram de tudo: animais da quinta e não só (javalis e afins), actividades ao ar livre (slide, andar a cavalo), jogos e muita brincadeira à mistura.

Vinha feliz. Transpirada, algo suja e com um sorriso rasgado de orelha a orelha. Abençoados 24€ que paguei, mas que de facto vejo que valeu a pena.

Mas a emoção começou logo pela manhã, ao virarmos a esquina para a escola e ela deparar-se com os autocarros lá à porta, posicionados para os levar. Foi uma emoção.

A verdade é que com a idade dela apenas me faltava experimentar o avião e o helicóptero; ela, está quase na posição inversa. Já andou de avião na barriga da mãe e vai ter a primeira experiência em breve, mas nestes quase 7 anos de vida dela, nunca andámos de Metro, Autocarro, Combóio, Barco...ok, andámos na icónica carreira 28 do Eléctrico sem roubos de carteira, mas com um olho no burro e outro no cigano.
A avó já lhe proporcionou essas experiências todas, mas a verdade é que eu não.

E porquê? Porque me tornei "refém" do carro, porque me leva a todo o lado, porque me oferece conforto, não gramo com conversas alheias, nem cheiro a suor, mau hálito da pessoa a quem eventualmente vou quase colada, etc.

Não sei se é mau, ou não, mas o facto é que 1/3 da alegria dela hoje se resumiu ao facto de...ir andar de autocarro...o que para mim é um tormento.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Acerca da Visita de Estudo

Anda nisto há meses, mas agora que a visita de estudo é já amanhã, o índice de excitação aofreu um aumento exponencial.

Ora porque vai andar num tractor, ora porque vão fazer jogos, ora porque vai passar um dia inteiro na Quinta...está a ser o evento do ano....enfim, mal ela sabe onde irá muito em breve, mas isso será outra história.

Quando a fui buscar à escola, trazia a lição bem estudada; a Professora disse que podiam levar 1€ para comprar um geladinho.

Lá lhe disse que tem que refrear os ânimos e logo se veria se teria direito ao euro ou não; nisto, chegamos a casa, ela aproxima-se de mim com ar vitorioso a dizer que tinha achado uma moeda nas coisas dela e que ai levá-la para conprar o gelado. Um detalhe, a moeda era de 1 cêntimo.

Passámos à fase de, por um lado explicar sumariamente o valor do dinheiro e, por outro que, não obstante o facto de até poder ter dinheiro dela, as minhas regras são para cumprir e se a mãe diz que não leva dinheiro, não leva...as consequências podem não ser as esperadas ao não se cumprir o que a mãe diz.

Esta é a semana do dia sim, dia não

Ontem trabalhinho, mas um trânsito fenomenal, quase que parecia feriado, hoje em casa...nem tudo são rosas, que mudei o escritório para a minha sala, mas sem dúvida que o facto de estarmos a trabalhar no nosso ambiente torna tudo mais fácil.
Amanhã, back to reality, mas com sentimento de sexta-feira e depois vai ser sexta-feita outra vez.

Não está mau, compensa em parte as últimas semanas de trabalho intenso e que não têm fim à vista.

Mas, como digo sempre, haja trabalho que é muito bom sinal.

Brad Pitt pede desculpa a Jennifer Aniston 12 anos depois do divórcio

Vale mais tarde do que nunca; um exemplo para os que nunca  se retratam.

Brad Pitt pede desculpa a Jennifer Aniston 12 anos depois do divórcio: A terapia de Brad Pitt continua. Separado de Angelina Jolie e a tratar a sua dependência do álcool, o ator tem aprendido a exteriorizar os seus sentimentos. A revista 'Life & style' conta que Pitt ligou a Jennifer Aniston para lhe pedir perdão... 12 anos depois de ambos se terem divorciado.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Como está o seu português? Costuma fazer estes erros?

Como está o seu português? Costuma fazer estes erros?



O Hádes é assim qualquer coisa de especial e então quando vem a rebocar o "cá vir" é a loucura.



Muita calinadinha se dá ao nosso belo português!

quarta-feira, 7 de junho de 2017

O Facebook lembra-me que neste dia há 7 anos atrás eu estava assim...


Na recta final, sabemos Deus e eu com que coragem, mas a amá-la, muito.

Hoje, menos barriga, e uma crescida com quase 7 anos, que sabe ler, faz contas, nuns dias melhor que noutros, que vai ter a sua primeira viagem de fim de ano lectivo a uma Quinta, e vai andar de tractor, e brincar muito, e tudo o mais...e eu sinto que está a passar o tempo depressa demais.

domingo, 4 de junho de 2017

E o meu avô fez 88 anos

A minha filha adora-o, mal o viu foi a correr para o colo dele e ele, do alto da sua respeitosa idade ainda a aguenta nos braços, num forte e caloroso colinho de bisavô.

E não apenas neste, mas em todos os momentos, tenho tanta, mas tanta pena que a minha avó Isabel não tenha conhecido esta bisneta tão especial.

Onde quer que esteja minha avó, consagro-lha também, como já o fiz noutras horas à Santa da minha devoção, esta netinha, que é tão especial.

sábado, 3 de junho de 2017

Acerca de factos impressionantes...no mau sentido

Causa-me uma urticária extrema como é que em pleno século XXI ainda existem mentes destas. Sobretudo quando há tantos flagelos que deveriam ser combatidos e não o são, podiam ser aplicados prémios em causas nobres...e perde-se tempo a tentar esconjurar a orientação sexual de cada um.

Tenham dó!

Eu não digo que ela tem jeito para o desenho!?


terça-feira, 30 de maio de 2017

E ela a dar-lhe

"Mãe, aquilo é uma cobra cabelo"....e eu comecei a imaginar como seria cómico se existisse uma cobra cabeluda!


domingo, 28 de maio de 2017

O Amor Acontece....Part II

Adorei! Não só deu para matar saudades de um filme de que tanto gosto, como também o facto da causa ser inspiradora.

http://sabado.pt/video/detalhe/ja-pode-ver-a-sequela-de-o-amor-acontece

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Mais uma greve

É impressionante; a miúda iniciou o seu percurso escolar este ano e já vai na 4ª ou 5ª greve; chegamos à escola e damos com o nariz na porta.

Defendo o direito à greve, mas honestamente num curto espaço de tempo já acho que é demais!

Inspiraram-se neste senhor...só pode


Também houve qualquer coisa com S. Majestade que não correu muito bem...


quinta-feira, 25 de maio de 2017

Não resultou nada bem....depois de Santificar 2 crianças, leva com estas criaturas

Uma leva um véu que mais parece uma teia de aranha gigante; a outra parece uma Amish...desta vez não correu muito bem :)


quarta-feira, 24 de maio de 2017

sábado, 20 de maio de 2017

17 Anos de Benção de Finalistas

ISCTE - Sociologia - 1995/2000 - 20 de Maio

Xiiiii....a minha licenciatura está a entrar na maioridade e eu a envelhecer...!


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Audioslave - Like a Stone (Official Video)...em jeito de homenagem...

Por sua livre alta recreação decidiu estudar o corpo humano

E nisto, toca de pegar numa cadeira e ir às prateleiras mais acima da estante e retirar um livro que lhe ofereceram, mas nitidamente daqueles lá mais para a frente.

Confesso que não reparei logo, mas ao me deparar com um silêncio ensurdecedor em casa, captei que algo poderia não estar bem.

Sentadinha no chão, encostada a umas almofadas de "compêndio" na mão.

Então, o que é que se passa aí? - perguntei eu.

"Estou a estudar o corpo humano, não vês!?"

Sim sim, já levo com respostas destas, daquele tipo de resposta cretina a uma pergunta idiota.

Então e estás a estudar o corpo humano, porquê? - insisti.

"Porque é disto que eu gosto mamã; eu explico-te: o sangue tem "glóbos" vermelhos e depois levam oxigénio ao coração....

Pára aí, tens mesmo a certeza que são glóbos?

Nisto ela responde, um bocado "encanitada":

"Óoooo pááááhhhhh......são GUE-LÓ-BU-LOS!"

E eu:

Ah, bem me parecia.

Mas isto tem continuação, porque ficou de me explicar hoje as restantes descobertas.

E terminei assim:

Então e precisas do oxigénio para quê?

"Para respirar mamã; não percebes que é para respirar?"

To be continue


terça-feira, 16 de maio de 2017

Acerca do que vi hoje e nunca me tinha acontecido - existem pessoas mesmo muito reles

No trânsito pela manhã, distraída com os meus pensamentos, em modo anda pouco e pára, oiço uma buzinadela e um indivíduo que circulava numa mota a gesticular.

Decidi tomar atenção e o que se passou de seguida foi de bradar aos céus; pois que o idiota que circulava no carro mesmo em frente do meu, um Citroen comercial com 20 anos e escavacado, de cada vez que via pelo retrovisor que uma motorizada fosse ela de alta cilindrada ou não se aproximava, chegava o carro dela para a junto do carro da faixa fa esquerda, de modo a entalar as motas e na pior das hipóteses provocar ali um acidente.

Pelo que percebi o senhor é contra a passagem das motas por entre os carros e toca de, com mão "divina" cortar o mal pela raiz e quase conseguir mandar uma série de gente para o hospital.

Foram várias as situações, ainda punha o braço de fora e fazia gestos obscenos aos motards, gritava palavrões - nisto passa uma mota da Polícia, não a entalou, mas depois da mesma ter passado pôs-se a reclamar no carro.

E foi isto, quando pensamos que já temos o Doutoramento em lidar com pessoas ordinárias, eis que aparece sempre pior.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Little Drama Queen on the house...sorry, on the school!

É muito teatral a minha filha; do nada faz um drama, e de um pouco, faz um festival.

Hoje foi dia de se "sentir mal" na escola - tem uma certa predilecção pelo gabinete médico. 

Do nada parece ter chegado hoje à conclusão de que estava a arder em febre; foi ao gabinete médico, lá tiveram que a aturar mais uma vez e até trouxe o papelinho com o registo febril, não fosse ter que ir de ambulância para o hospital com uma convulsão.

Não sei o que é mais preocupante; se a veia artística precoce, se a bela da birra que tive que aturar por me ter atrevido a desdramatizar tamanha doença.


Sinto-me um alienígena

Quando toda a gente anda há meses a falar de qualquer coisa relacionado com um "Despacito" e eu não percebia a que raio de coisa se referiam.

Claro que calculei que fosse a "Macarena" do momento ou o "Asereje", mas juro que até hoje não tinha ouvido tal coisa. Opto por ouvir maioritariamente o que gosto e selecciono para mim e que vou colocando no MP3 e rádio, cada vez menos, lá está, porque não me apetece ouvir o que os outros me tentam impingir, logo, esta febre passou-me ao lado.

Também não tive curiosidade em ir pesquisar, mas hoje em conversa com amigos, sendo um deles espanhol, lá me presenteou com a peça.

Não tenho nada a acrescentarl. Para o dia-a-dia completamente fora de questão; mas não digo que num ambiente de férias, com calor, etc., até não possa ser divertido.

O apoio ao Salvador foi unânime e foi emocionante vê-lo chegar a Lisboa

E de tantas pessoas que conheço de outras nações, os votos de boa sorte que me fizeram chegar enquanto portuguesa, foram avassaladores.

Obviamente que os mais entusiastas foram Nuestros Hermanos que me diziam que este era o nosso ano e eu, de facto, desde Março acreditava nisto, quando ainda muita gente me dizia que estava a divagar, que a música não era "festivaleira", blá blá blá.

Já vos disse que esse conceito é subjectivo e redutor?? Que é quase (perdoem-me a analogia) como os numerus clausus para a entrada no ensino superior e as chamadas "médias".

As "médias" de que tanto falam nesse cenário, não são uma média propriamente dita, nem nada de verdadeiramente estatístico; trata-se apenas, como todos devemos saber da nota obtida pelo último candidato a entrar num dado curso e isso não faz saber a média de notas de todos os candidatos àquele curso, que acaba como é lógico por ser superior à nota obtida pelo último colocado.

O termo "festivaleiro" e com o qual me debati desde Março, inclusive com a minha mãe que nestas e noutras coisas é teimosa e só vê a sua verdade, é um dado que deve ser analisado de outra forma. Grandes brilhos, grandes vestimentas, saltos, gritaria, o mesmo tipo de sonoridade - pronto, pode ser uma bela trampa, mas bora lá dizer que é festivaleiro porque é o estilo que ganha o festival....e aí sim, em média.

Mas não, e os irmãos Sobral provaram isso. Um indivíduo vestido de uma forma despretensiosa, sem jogos de luzes à volta, nem coros, nem dançarinas, nem partnaires, com uma voz cândida e uma sensibilidade cada vez mais rara arrebata corações, desperta emoções, põe gente que nem sequer percebe o que ele está para ali a dizer, a chorar copiosamente. E não, não é festivaleiro, brejeiro, despropositado...é a linguagem universal do bom gosto, da cultura, da qualidade levada ao extremo.

E para mim, é festivaleiro, com o seu cunho, ganha uma votação de júri, ganha uma votação de televoto...querem mais sucesso festivaleiro do que este!?


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Emoções e Lembranças e, acima de tudo, Papa Francisco

Emociona-me porque gosto muito deste Papa, trouxe-nos uma nova forma de encarar a Igreja, de encararmos o Mundo e a diversidade das religiões.

Emociona-me lembrar-me que há precisamente 7 anos atrás, grávida de 7 meses e meio esteve cá outro Papa, e eu estava a passar ironicamente, os piores momentos da minha vida. Prestes a dar vida a uma outra vida e despedaçada por dentro, sem grande rumo, sem grande coragem.

Lembro-me que, mesmo não sendo fã daquele Papa, passei perto do Patriarcado e pedi...pedi presença de espírito, pedi que alguém lá em cima olhasse por mim e me poupasse a mais sofrimento.

Quem somos nós para pedir tal coisa? - mas nos momentos de maior dor, olhamos para nós próprios com pena e comiseração; parece qe tudo nos abandonou, até a luz, só vemos escuridão.

Esta vinda do Papa Francisco está a emocionar-me pelas lembranças, pela figura que é e de quem gosto, pela superação, mas sem nunca esquecer as marcas que as feridas nos deixam. Gostava de lá estar, e talvez um dia ainda o consiga ver mais de perto...quem sabe...


Portugal está a ser atacado por Hacker's

E eu e a minha equipa estamos completamente alucinados. A informação chegou-nos pela 1 da tarde e a situação não está fácil.

Quando necessitamos de todos os sistemas a funcionar e têmo-los exactamente em baixo e sem sabermos a dimensão....é grave.

Entretanto já se tornou oficial, os orgãos de comunicação já começam a debitar a notícia cá para fora.

Está um caos, é o que posso dizer.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

O que havemos de fazer, o pessoal gosta dele!

Mamã, amanhã não há escola, sabes porquê?....vem cá o Papa Francisco!

Lembro-me que por alturas do último Conclave era ela pequenita e, nestes dias, lembro-me infelizmente do meu sofrimento pessoal, psíquico e moral que estava a viver há 7 anos atrás, grávida e por alturas da visita do Ratzinger.

O que eu sofri e fui sofrendo nessa altura, se por um lado, não quero nem lembrar-me, por outro é impossível de esquecer.

Mas o caminho deve ser percorrido em frente, dizem, e a vida continua.

E continua ela:

Podemos is vê-lo, ou o Papa Francisco vem à minha escola?

Lá lhe expliquei que desta vez, não vai dar. Que o Senhor vai a Fátima, a terra dos 3 Pastorinhos, que vai lá estar muita gente, e que mesmo que fossemos não iriamos conseguir vê-lo.

Eu tenho um livro do Papa Francisco que a avó me deu e eu gosto muito dele mamã, ele é bom para as crianças.

Sim, é verdade, é uma Sacerdote de quem é fácil gostar-se e ficou a promessa. Quando a mamã puder, vamos as duas a Roma, a uma cidade que se chama Vaticano - o Papa Francisco mora lá e com sorte conseguimos vê-lo a dar a missa na janela.

E em que país fica isso mamã?

Em Itália!

Ahhhhh, o Mickey e os Super Pilotos costumam correr lá, em Roma!

Ora digo eu que a conjugação entre o Mickey e o Papa Francisco é perfeita, só podia!

E como as chatices vêm sempre com companhia....a saga televisiva não terminou


E o meu descontentamento, idem.

Pois que ainda de manhã, quando o dito cujo indivíduo que contratei para transportar a dita, a começa a colocar dentro da carrinha, eu olho para o "espaço" e penso literalmente como é que ele ia conseguir colocar "o Rossio na rua da Betesga" - mais uma vez eu tinha avisado quantas polegadas tinha a TV, qual a medida em centímetros em comprimento e profundidade. Pois que aquilo entrou à pressão e às tantas ouvi um "Crack". A besta a dizer-me que não tinha sido nada e eu a sentir na alma que me tinha partido qualquer coisa.

Lá encontrei um bocado de plástico perdido no chão da carrinha e disse-lhe: "Está a ver, o senhor não vê que isto é da minha televisão? Já partiu!"

Lá foi dizendo que aquilo devia ser um encaixe da base, que não se via, etc. Pois que após a ter vindo deixar cá em casa, aquilo que na óptica dele não se ia notar, é esta brincadeira, que de facto numa televisão que há 12 anos me custou 1200€ é bastante doloroso e dá vontade de lhe partir a cara. Estou desgostosa, a televisão em termos de reparação está óptima, mas de facto, parece que andou às três pancadas em casa de gente doida, sem cuidado e sem saber o valor do dinheiro. Estou naquele estado em que já nem é preciso acender o rastilho, resumindo, completamente lixada, irritada e revoltada com F dos grandes.


A Saga da minha televisão

Como dizia a minha avó, estou "pior do que estragada".

Lá arrisquei a mandar reparar a televisão; era sabido que eu não podia com ela, o senhor das reparações deu-me o contacto de um indivíduo que faz este tipo de trabalho e lá o contactei. Transporte de ida e volta até ao sítio da televisão, tudo por 30€, ok, não achei escandaloso.

Mas alertei qual o modelo da televisão e que é pesada, que tinha que levar alguém. Sim sim, ok.

Hoje de manhã chega a minha casa, sozinho e eu comecei a ver a minha vida a andar para trás.

Ahhh, eu sabia que era este modelo e de facto são pesadas mas pensava que era a outra, a final a sua é a maior, a Panorâmica!

Seja lá o que for, eu disse que ela pesava imenso e o senhor acha qa consegue levar?? Bom, eu na minha boa vontade lá disse que o ajudava, mas logo me arrependi, dei três/quatro passos e a minha coluna cedeu, comecei a sentir que mais um bocado e ela me caía das mãos. Pedi-lhe para parar, sustive-a nos meus pés que quase ficavam esmagados e disse-lhe mesmo que comigo ele não a conseguia retirar dali.

Mas eu já piursa! Pago um transporte exactamente para não me chatear. Nisto, o meu vizinho jovem do 2º andar sai de casa com a sua mochila para ir para a escola e super amoroso pergunta-me se preciso de ajuda....foi Deus! Embora seja magrito e franzino, não deixa de ser um homem né.

Enfim, foi um instante enquanto levaram a televisão para baixo e asseguro que estava intacta.

Foi entregue na loja da reparação toda riscada, ainda por cima na parte da frente; o homem do transporte diz que foi na escada, eu teimo que não foi, que foi na carrinha já que ela entrou à força....mas enfim, vida de pobre é isto mesmo.

Estou um pouco desgostosa porque a televisão até é bonita por fora, cinza prata, estava super bem estimada e agora parece que foi à guerra, mas enfim...o problema dela, além do cinescópio que para já ainda está para durar (afinal) - tem é menos intensidade de côr, era o arranque, coisa que me ficou nuns módicos 30€.

Vão agora entregá-la a casa e pele menos, mesmo com ar de quem andou na guerra, espero que aguente mais um bom tempo, pois confirmado pelo técnico a verdade é que, mesmo com 12 anos tenho ali uma excelente televisão.

E eu aqui estou, trocidada das costas e com os braços cheios de nódoas negras :(

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Salvador Sobral - Amar Pelos Dois (Portugal) LIVE at the first Semi-Final

Foi absolutamente maravilhoso; a minha criança nem se ouvia, tal não foi o encanto.

Chorei que nem uma Madalena....e não, não se ama sozinho, e quem sabe talvez devagarinho se volte a aprender :)

Acerca de aceitação

Andava a dizer-me há uns dias que o caderno pautado estava quase a terminar, e que já tinha poucas folhas livres.

Constatei o facto quando há uns dias o levou para casa e lá me comprometi a comprar-lhe um novo - as reposições de material escolar ao longo do ano lectivo são uma constante.

Ontem lá fui comprar o dito e claro, a panóplia é semelhante à do início do ano escolar, com todos os padrões e mais algum e para todas as bolsas.

Mas, por muito que até gostasse de lhe comprar um caderno com os personagens de que ela tanto gosta, fazendo por um lado contas à vida e por outro pensar com assertividade que o ano lectivo termina daqui a 1 mês e meio e eu não sou da família Espírito Santo/Salgado acabei por trazer um dos mais baratos de todos, 0,89€, com uma capa laranja, pois rosa, não havia.

Mostrei-lhe o caderno e lá lhe disse assim:

 - A mamã já te trouxe o caderno, mas peço-te desculpa por não ser dos que tu mais gostas, mas a mamã explica porquê - sabes que os cadernos com os bonecos custam muito dinheiro e a escolinha está quase a acabar. Ainda por cima temos a televisão avariada e a mamâ vai tentar ver se tem arranjo, senão temos que comprar uma nova e a mamã não tem dinheiro para tudo, entendes!?

Resposta dela assim em modo automático:

"Não faz mal mamã, achas que eu me importo? É laranja e tudo e eu também gosto. Não fiques preocupada comigo!"

E é isto, uma pessoa até fica com vontade de compensar em dobro uma criança destas, mas nunca deixando de a fazer sentir que nem sempre podemos ter tudo o que queremos e quando queremos.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Hoje é dia do Salvador Sobral

E eu com a televisão avariada, oremos para que se faça imagem logo à noite :)

segunda-feira, 8 de maio de 2017

E surpreende-me

Entre umas havaianas do Frozen que para mal dos meus pecados eram as óbvias; é que depois de 2/3 anos, a verdade é que ainda não passou mas....

Não é que sem pestanejar quis trazer estas!?


Continua a manter a infantilidade que os 6, quase 7 lhe conferem

E como eu gosto tanto disso. Não critico as miúdas que, com estas idades já se acham umas pseudo-mulheres em ponto pequeno, nem tão pouco os pais e mães que lhes acham imensa graça, apenas não quero isso para a minha filha, porque acredito numa "Long life for the Queen", ela como todas as outras crianças, merece-a, portanto terá tempo para pintar as unhas, para usar saias travadas e demais roupinhas sexy, e afins.

Não me choca nada que continue a andar com a "Naínhas" atrás, que a acompanha desde o berço, não me choca que durma com ela, não me choca que queira o meu colo à primeira hora da manhã...bom, talvez se choque mais a minha coluna.

Vá, uma birra ou outra de vez em quando até me aborrece, mas sei que vou ter tantas saudades delas.

É Drama Queen, chora na escola, a professora já lhe conhece o génio e algum jeito para a representação...deixemo-la ser criança, porque 6 anos, são muito poucos para os tantos que ainda estão para vir.

Hoje acordou-me com todos os presentes possíveis para o Dia da Mãe e um monte de beijos. Cá sem marketings, sem fortunas gastas, sem aberturas de mealheiro, até porque não existe, nem nunca existiu um pai que a ensinasse a valorizar a mãe que tem, e que dentro do que é possível, faz tudo por ela.

Mas a verdade é que se prova que de facto não faz falta, porque o melhor de tudo me foi dado hoje, e acaba por me ser dado sempre:


O detalhe da flor é que interpolada com cada pétala colorida, ela escreveu as palavras que lhe assolaram a mente, e foram: "linda", "querida", "abraços", "mãe", "carinho", "amor", "mimos", "beijinhos", "coração".

Se é isto que ela vê na relação que tenho com ela, se é isto que ela sente, faz-me muito feliz e faz-me sentir que tudo tem valido a pena, por ela, por mim, por nós.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Sei lá eu se estarei aqui amanhã para replicar estas linhas, ou o que seja

A vida lá sabe o que nos tem reservado, mas no que depender de mim, na próxima terça-feira estarei colada ao ecrã possível para ver a eliminatória do Festival da Canção.

Há coisas inexplicáveis, mas a onda de comoção com o tema do Salvador Sobral tem razão de ser. Chega a ser perturbadora de tão bonita que é toda aquela canção.

E a maior recompensa é mesmo esta, provocar emoções nas pessoas, emoções fortes - se passar a eliminatória, é outra grande vitória.

Está muita gente contigo Salvador!

quarta-feira, 3 de maio de 2017

72...

Maddie - 10 Anos Depois

Foi uma grande confusão há 10 anos atrás e seguintes e tem tudo para continuar a ser uma história que ainda irá fazer correr muita tinta.

Uns pais negligentes que deixam 3 crianças de tenra idade sozinhas num apartamento, expostas a uma série de perigos, porque lhes é mais importante o convívio e um jantar bem regado na companhia dos amigos.

A miúda foi vítima de um grande azar que acredito ter sido involuntário, e cujos pais, com manobras de diversão mais ou menos ortodoxas, tentaram que se acreditasse ter sido um rapto, abdução, whatever.

Ainda não se lembraram de dizer que foi levada por ET's, mas deve ser uma cartada bem guardada na manga.


terça-feira, 2 de maio de 2017

Com esta Sra. Joana Vasconcelos é mesmo tudo em grande!


Bem me lembro de há 7 anos atrás andar a deambular naquela maternidade com o Kit da Lusocord atrás

De me ligarem umas horas após ter dado à luz, para irem buscar o Kit e eu ali sem ninguém, sem poder obviamente descer à rua para entregar o Kit ao estafeta e o estafeta não ter autorização para subir à enfermaria.

Lá foi uma enfermeira com a geleira na mão com o material umbilical para entregar ao senhor que aguardava na rua e passadas umas horas lá me ligaram da sede da Lusocord no Porto a dizer que tinha chegado tudo em condições.

Tantas peripécias que passei naquela altura e apesar de tudo, acabei por ter pessoas tão especiais à volta e que me ajudaram a receber a minha filha da melhor forma que foi possível.

http://www.dn.pt/portugal/interior/banco-publico-pode-avancar-este-ano-para-certificado-internacional-6259006.html

sábado, 29 de abril de 2017

Daqueles actos completamente reprováveis

E que não deveriam ocorrer em circunstância alguma, muito menos em questões que envolvam o desporto.

É de facto uma tristeza...

http://www.dn.pt/sociedade/interior/suspeito-de-atropelamento-mortal-junto-ao-estadio-da-luz-fica-em-prisao-preventiva-6255579.html

terça-feira, 25 de abril de 2017

IRS - 26 Dias - Nem mais, nem menos

Chegada a altura do ano em que fazemos o acerto de contas com a AT, aguardo sempre com bastante expectativa receber o que me é devido.

Sobretudo aborrece-me o facto de eventualmente ter que adiantar o IMI às finanças, quando têm lá muito mais do que isso que é meu, e que também deve ser devolvido com a máxima urgência, em primeiro lugar porque me pertence, e em segundo lugar mas também com o mesmo grau de importância porque me faz falta e sendo meu, do meu lado é que ele deve estar.

Pois que na verdade já longe vão os tempos em que recebíamos os reembolsos em Junho/Julho e era assim e não se podia fazer nada. Mas dado o facto que desde os tempos da governação Sócrates isto ter melhorado, tornamo-nos mais exigentes. No ano passado atrasou um bocadinho, mas na verdade no meu caso nada de preocupante, mas este ano regressámos aos mínimos históricos. Uma declaração submetida a 30/03 e reembolso na conta hoje, 26 dias depois.

Ao que sei, para os que têm submetido o IRS automático, ainda mais rápido está a ser, cerca de 15 dias. Não pode ser tudo mau, não pode correr tudo mal.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Olá Sr. Pirata, como está?


As promessas são para cumprir

E uma ida ao cinema que se adivinhava ocorrer logo nos primeiros dias de estreia do filme, acabou por ocorrer apenas este fim de semana.

Ora tem uma festa de anos, ora teve que estudar para os testes, ora tinhamos outras coisas combinadas e foi sendo adiado, mas não esquecido. Confesso que nunca tinha ido a uma sessão às 12:40h, mas teve que ser.

A versão dobrada já só estava disponível nesse horário num dos cinemas mais próximos e lá rumámos para o reino da fantasia.

E....adorámos. É mágico, é lindo, leva-nos ao nosso sonho, a nossa imaginação é capaz de nos levar a lugares fantásticos e não, não é só às crianças.

Logicamente que um certo bule, uma certa chávena, relógios, candelabros, resposteiros falantes e afins, ajudam bastante a tornar tudo ainda mais mágico.

Que continuem a recriar estas histórias da nossa infância.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Que rico serão!

Ou como eu me sinto bem com estes mimos...

Decoração/Arrumação

Não é propriamente a loja base em que me centro para a decoração da casa, mas sempre que posso gosto de fazer um tour para ver as novidades e trazer qualquer coisa.

Hoje foi o dia e repuz o stock de flores artificiais, capa nova para o repousa-pés, porque realmente o branco não é à prova de crianças e mesmo lavado, o encardido já se tinha transformado na cor de eleição. Mas o que me encantou foi mesmo o cabide para o quarto da criança....amei.


E a capa nova do repousa-pés, que faz pendant com a côr das paredes da sala:


quarta-feira, 19 de abril de 2017

Fundamentalismos vs Vacinas

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-04-19-Mae-da-jovem-que-morreu-com-sarampo-e-antivacinas

As opiniões dos outros devem ser respeitadas, mas confesso que fundamentalismos que atentam contra a vida não me causam bons julgamentos.

Confio na Ciência e espero honestamente que cada vez nos dê mais respostas. Sempre considerei as vacinas um mal necessário. Não as podes vencer, junta-te a elas. Não é de facto animador pensar que mos estão a injectar doses de agentes infecciosos para nos tornar mais resistentes a certas doenças que nos podem matar, mas o que é certo é que vacinados, uma vez expostos a esses agentes, podemos estar-lhes imunes ou, não estando, levamos com a doença de uma forma bem mais leve.

Muitos avanços foram feitos; ainda sou do tempo em que as vacinas contra a Hepatite B eram feitas à base de plasma humano, o que, com os HIV's descontrolados era um risco. Apareceu a Engerix B e em 94, mesmo não fazendo ainda parte do PNV a minha mãe investiu um dinheirão para me proteger.

Faço o mesmo comn a minha filha, é o meu dever. Se preferia que não fosse necessário!? Preferia, mas isso era o paraíso cor-de-rosa, e nós estamos na esfera do real.

Também investi algumas centenas de euros na Prevenar e levará a Bexsero e tudo farei para a proteger, por isso não gostaria de estar na pele desta mãe que viu hoje partir uma filha com Sarampo, porque é contra a vacinação.


terça-feira, 18 de abril de 2017

Pára tudo....porque o Rodrigo Santoro vai ao Alta Definição!

Ah pois pois, que esta menina reparou nesse menino, ainda não era ele O Rodrigo Santoro - era apenas um jovem adolescente que entrava numa novela que dava à tarde e fazia de namorado da Cláudia Abreu.

E foi aí que eu achei que o jovem era giro como um raio, portanto eu reparei muito cedo que ele tinha qualquer coisa. Sábado, coladinha ao Alta Definição a admirar....um homem interessante :)


terça-feira, 11 de abril de 2017

As crianças, mesmo não sabendo, até sabem...

A minha filha é uma criança muito meiguinha, muito afectuosa, um torrão de açúcar. Tem um coração gigante, mas a verdade é que doseia bem a quem transmite o seu amor.

Não raras vezes enumera de quem sente saudades; ao fim do dia invariavelmente diz-me que sentiu muitas saudades minhas, fico sempre a ganhar na dose de mimos, é um facto.

Mas quando estamos em casa, já mais tranquilas, se não fala ou não vê a avó há uns dias, chama por ela, e diz que tem muitas saudades; telefona-lhe e trocam os seus mimos. Mas também tem saudades da tia, do avô, do Bivô, dos primos (pequenos e grandes), dos padrinhos, das amigas .

Agora, que está de férias, bateu-lhe hoje a saudade da professora e da educadora que mantém no ATL.

E dos colegas do Inglês, das professoras don Inglês, dos bonecos de casa da avó...as saudades são sempre muitas.

Curiosamente até hoje esta criança nunca disse ter saudades do pai, aquele ser pouco humano que tão bem conhecemos. É revelador, amor, realmente, com amor se paga e a falta dele....idem.

E também é revelador que cada vez mais rejeite a ideia de ir passar um rápido fim de semana com ele; faço a minha parte, por muito que seja contra a minha natureza, mas explico-lhe que vai ser divertido e que o pai também gosta dela e de estar com ela (ao que uma mãe se sujeita pelo bem estar psíquico de um filho), mas nem assim a criança sente laços com aquele lado. Ele plantou, ele colhe e colherá daí a sua colheita.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Será que vende!?

Agora proliferam anúncios a bens de consumo utilizando jovens senhores com um ar saudável, em trajes menores, ou mesmo a deixar latente a ideia, que nem bem a parte menor têm.

Ok, igualdade de género a quanto obrigas, já que há uns anos atrás apenas as mulheres se predispunham a dar o corpinho à publicidade.

Mas não me parece que seja por isso que vá passar a utilizar o Surf em vez do Persil, ou a Planta em vez da manteiguinha Primor ou Milhafre - o jovem não me convence.

E de pequenino, começa a gostar-se de admirar o belo


E deparamo-nos com imagens maravilhosas no nosso país