domingo, 4 de junho de 2017

E o meu avô fez 88 anos

A minha filha adora-o, mal o viu foi a correr para o colo dele e ele, do alto da sua respeitosa idade ainda a aguenta nos braços, num forte e caloroso colinho de bisavô.

E não apenas neste, mas em todos os momentos, tenho tanta, mas tanta pena que a minha avó Isabel não tenha conhecido esta bisneta tão especial.

Onde quer que esteja minha avó, consagro-lha também, como já o fiz noutras horas à Santa da minha devoção, esta netinha, que é tão especial.

Sem comentários: