sexta-feira, 24 de agosto de 2012

A minha bebé hoje está chorona; já lá fui três vezes dar carinho, beijinhos, entretanto quis a minha almofada, depois a minha mola do cabelo...até quis a minha havaiana...mas isso já não se pôde concretizar.

E pego nela assim junto ao meu corpo, e afago-lhe a imensa cabeleira, e dou-lhe beijinhos (muitos) e ela é, ao mesmo tempo tão pequenina e tão grande; há 2 anos atrás era um pontinho mínimo no berço e agora está a tornar-se numa menina, está a deixar de ser bebé, embora seja sempre a minha bebé.

Mesmo quando ganhar asas e voar, será sempre a minha bebé, o meu tesouro, a minha paixão.

Sem comentários: