quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Tesouros

A Floribela cantava qualquer coisa como que não era rica em ouro, mas era pobre em não sei bem o quê. Bom, eu também não sou rica sequer em cêntimos, mas tenho autênticos tesouros no meu porta-moedas.
Hoje apareceu-me um dentão da boca pequena, e que bem que me soube ver esta riqueza - longe fisicamente, mas dentro do meu coração e neste caso, da carteira.


Sem comentários: