terça-feira, 13 de agosto de 2019

Estamos em meados de Agosto, almocei numa esplanada, não estou propriamente descapotável, até estou de jeans e um top assimétrico, um ombro de fora, e outro meio escondido...e num momento específico em que se levantou uma rabanada de vento...senti frio. Não que goste daqueles verões em que levamos com o bafo do inferno, mas sentir frio em plena hora do cancro, não me parece de todo normal.

Sem comentários: