sexta-feira, 13 de abril de 2012

Sinistro!



Assustador, sei lá. Tenho-me deparado com um personagem e de cada vez que me cruzo com essa criatura, vejo coisas ainda mais sinistras do que da última vez.
À hora de almoço passou por mim de carro com uma criatura que não percebi se era humana ou animal; ao final do dia, vejo-o de novo e nem descrevo a criatura que estava ao lado - mas não era nem humano, nem animal, de todo.

Peguei no telefone, precisava de uma testemunha que comprovasse a minha sanidade mental e que não estava a ver coisas; e não estava, viram exactamente o mesmo que eu.

Confesso que se tivesse que traçar em termos científicos o perfil da criatura, diria que tem grandes propensões para psicopatia e perversão, no mínimo.

Não só a figura é sinistra, como tudo que a envolve. Até sinto arrepios na espinha. Em pleno século XXI persistem pessoas reais que mais parecem saídas de um filme de Tim Burton. Credo!

Sem comentários: