terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Vejamos, um tímpano furado e ameaças de morte não são suficientes para um Juiz legitimar a medida da pulseira electrónica, como protecção para a vítima

Este Exmo. Sr. Doutor Juiz começa a arriscar-se a ter uma multidão de mulheres em fúria atrás dele.

Tenho que ler este acórdão. Será que este Senhor consegue ser mesmo assim!?

Juiz Neto de Moura tirou pulseira a homem condenado por agredir ex-mulher: Juiz do Tribunal da Relação do Porto aceitou parcialmente o recurso de um condenado por violência doméstica e retirou-lhe a pulseira eletrónica. Agressor tinha rebentado o tímpano da ex-mulher com socos.

Sem comentários: