terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Aquele misto de saudade e "tirem-me daqui"

E que dizer quando, quase 9 anos depois tenho que manusear novamente o Ovo e o Carrinho de Bebé da miúda?

Em que botão carregar para mover a pega, como é que aquilo fecha, como abre? Relembrá-la ali, a logística que fazia, o momento de vida que vivia - um misto de saudade, nostalgia e questionar-me "como é que eu sobrevivi?" e até um "deixa-te de tretas, até podia ter sido pior".

Sim, foi uma estratégia de defesa o facto de ter emprestado estas coisas todas e tê-las deixado em casa da minha amiga como fiel depositária; olhos que não vêem, coração que não sente, mas algum dia, tinha que se dar a catarse. Tinha que voltar a tocar nestas coisas e sentir o que recalquei e que efeitos isso teria em mim. Não doeu, apenas senti saudade e pena por naquela altura não ter usufruído tanto da maternidade como gostaria, mas...não tive culpa, a vida é assim.

Venha outra bebé para andar confortavelmente no Carrinho da minha menina.

Sem comentários: