segunda-feira, 24 de março de 2014

Tenho uma amiga

Cuja história de vida é muito complexa.

Conheço-a há anos, as nossas mães eram amigas...mas os nossos percursos são completamente distintos.

O sofrimento não se quantifica, mas comparando-me a ela...ao que já sofri, aos problemas que tive...e aos problemas que ela continua a atravessar...mantém um brilho no olhar e um sorriso.

Tem mais 3 anos do que eu, a certa altura não lhe apeteceu estudar e tem para aí o 9º ano; sucederam-se empregos precários até hoje; nisto, ficou viúva aos 24 anos, perdeu o único irmão uns anos depois, tem problemas graves de saúde que lhe fazem gastar fortunas mensais em medicamentos e cremes para a pele, já perdeu os avós, a mãe, o pai, não pode ter filhos, e mesmo que pudesse não tinha condições para tal...enfim, neste momento ela não tem ninguém com quem partilhe laços de sangue, anda às aranhas com heranças e situações pendentes que os pais deixaram, está numa situação mesmo muito difícil...e sorri.

É extraordinário como ela sorri e mantém aquele brilho no olhar...

Sem comentários: