segunda-feira, 5 de março de 2012

A memória visual da pequenita

São descobertas e novidades constantes.

No Natal fomos ao circo; um circo sobre o qual não vou tecer grandes comentários para não ferir susceptibilidades, ela gostou bem mais do espectáculo do que eu, sem qualquer dúvida.
Também...não gosto propriamente de circo, destes circos que por aí andam...fraquitos e tenho sempre pena dos animais.

Eu sou mais da onda Cirque du Soleil.

Mas voltando à Bébécas, pois que a primeira e até agora única ida ao circo foi em meados de Dezembro, já lá vão 2 meses e qualquer coisa.
Tomou toda a atenção do mundo, bateu muitas palminhas e assustou-se com um número que metia o barulho de fulminantes e ficou com cara de caso a olhar para o homem bala; deve ter pensado, "isto é tudo doido".

Pois bem, o Circo Cardinali decidiu montar a sua tenda itinerante lá para os nossos lados e hoje quando saímos de casa ela ia por acaso a olhar para aquele lado e viu os apetrechos circenses. Então não é que começa a apontar, a esbracejar, a "vocabulizar" qualquer coisa que se assemelhava a "ihhhhhhhhhh" e a bater palminhas!

Achei o máximo. A minha criança reconheceu o aparato, uma delícia.

Sem comentários: