quinta-feira, 29 de março de 2012

Lá foi o carrito ao Dr.

Hoje lá foi o meu amigão de 4 rodas ao sr. dr, fazer a mudança do óleo e afins.

Chego lá, o mecânico é um amor, mas mesmo um querido e lá lhe disse ao que ia.
E ele a perguntar se eu queria mesmo pôr aquele óleo que estava a dizer, e eu a acenar que sim, porque tenho ideia que é bom e é o que me costumam pôr.

E ele:

- Sim, é bom de facto, é só o melhor do mercado nesse tipo de óleo. Tens a certeza que é esse que queres? Há mais baratos...mas de facto esse é o melhor.

Bem, para além de já ser habitual tratar o carrinho o melhor possível porque ele também merece, feitas as contas, sendo o litro do óleo mais caro, mas também tendo mais durabilidade e mais eficácia...compensa!

Entretanto de há uns tempos a esta parte andava a fazer-me confusão um pneu, que parecia que andava meio vazio. Eu enchia e passado uns dias ele meio vazio; mas não chegava a estar vazio...mas andava lá perto.
Ou seja, nos pneus da frente com o carro sem carga adicional a pressão deverá ser de qualquer coisa como 2.1 bar, e quando eu enchia aquele pneu o sujeito estava nos 1.1 bar.
Chegava e ali e também não esvaziava mais, mas menos 1 bar de pressão é caricato.

Bem, a primeira hipótese que coloquei foi o pneu ter uma fuga :( E da última vez que o enchi, isto na semana passada, apanhei um susto, porque o carro ficou meio dançarino e eu não o sentia a obedecer a 100% ao meu comando.

Resumindo, não era uma fuga comum; o diagnóstico foi, dei uma pancada ou num buraco ou num passeio, a jante amolgou e estava a fazer pressão sobre o pneu que perdia aquele ar.
Lá se arranjou a jante, lá se calibrou o pneu e se alinhou a direcção e nisto tudo de óleo e pneu lá foram quase 2 centenas de euros para a oficina.

E depois lá me lembrei - da última vez em que levei a Bébécas a cortar o cabelo ao cabeleireiro dos ricos em plena baixa pombalina, ao entrar do parque de estacionamento dos Restauradores, dei de facto uma pancada num lancil, que fez um barulho seco e partiu mais um bocado do tampão da roda. E de facto havia lá um bocadito da jante metido para dentro...mas nem associei que isso pudesse interferir com o pneu.

Pois é...aprendi mais uma coisa hoje. Quando der uma pancadita no passeio, é melhor ir ver, não vá estar a deteriorar o material.

As consultas do Bob são carotas!

Sem comentários: