sexta-feira, 23 de março de 2012

As primeiras lições #2

Ontem, ao aproximarmo-nos da casa de uns amigos de quem ela gosta muito, e sinceramente não sei se gosta mais deles ou da casa, começa numa de empurrar a Mamã, gritar, esbracejar e espernear.

E eu, contanto até 10 mentalvente, lá lhe fui dizendo que tinha que esperar, que saber esperar é uma virtude e que só iria a casa da C. e do P. caso deixasse de fazer aqueles disparates.

E ela continuava e eu avisava, às tantas levantou a mão para me bater...foi a gota de água.

Pois agora é que não vais mesmo, vamos embora!

Resumindo, não foi a casa dos amigos e não viu o imenso aquário cheio de peixes coloridos de que tanto gosta.

Lição - "quem tudo quer, tudo perde"
Lição - "não faças mal à conta que te vem bem"

Sou algo permissiva nalgumas coisas, dou-lhe tudo o que posso e confesso que até começa a ser demais; em nenhuma idade eu tive tantos brinquedos e roupa como ela tem aos 20 meses. Jamais tive uma festa de anos como a dela ao celebrar o seu 1º aniversário e por aí fora.
Faço-o com o maior dos amores, mas tenho a noção que lhe estou a permitir aceder a alguns luxos que ela vai ter que aprender que são isso mesmo - luxos.
Tento compensar o que ela também sofreu quando ainda estava na minha barriga e os seus primeiros meses...mas se há algo que não perdoo é a falta de educação, irreverência desmedida e agressividade para com os outros, sobretudo quando se trata de pessoas a quem ela deve respeito, e eu encabeço essa categoria.

Aí, viro mãe megera e zango-me muito a sério com ela.

Sem comentários: