sexta-feira, 27 de julho de 2018

Em 2100 já não ando por cá há décadas, portanto, vamos lá registar o Eclipse para mais tarde recordar

É a fotografia possível, pois esta Lua hoje estava tímida e teimava em não se deixar ver.

Em dia de Eclipse ou não, a Lua sempre me fascinou, muito mais do que o Sol.


Sem comentários: