sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

O quotidiano


Seja numa necessidade mais rápida ou mais demorada, naqueles dias em que até se leva um panfleto do supermercado, alturas em que até se impõe uma certa privacidade...qual quê; e curiosamente a pose é mesmo esta, just in front of me com as mãos atrás das costas e olhar mais seráfico de todos os tempos.

E se lhe peço licença que preciso utilizar o papel higiénico, o bidé e afins, a postura é a mesma; fica ali, umas vezes fala de coisas do dia-a-dia, outras limita-se a fazer "companhia".

É um quadro engraçado, de facto.

Sem comentários: