quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Até pode ser

E a nossa Constituição diz que qualquer pessoa é inocente até que se prove a sua culpa...mas este caso do bebé de 18 meses que desapareceu na Madeira e apareceu 3 dias depois no meio do capim, está muito mal contado.

Sem comentários: