terça-feira, 28 de janeiro de 2014

...e eu continuo doente, com uma dor de garganta daquelas a sério, mais especificamente, desta vez, na amígdala esquerda.

Hoje tive consulta na minha médica, não desta especialidade mas que se espantou por me ver assim há tanto tempo; lá veio uma receita de lisados polibacterianos para ver se as minhas defesas vão ao lugar.

As pessoas mais próximas geograficamente indagam porque é que não fico em casa até me curar, os amigos de longe ao telefone ouvem esta voz e acredito que se benzam - uns dizem que a minha cura está no Norte, outros em Espanha, até na Roménia tenho cura - oxalá, porque a ser verdade compro já 2 bilhetes de ida.

Já estou cansada, são muitos meses em mau estado geral; reflecte-se na minha vida pessoal, profissional, já não me lembro da última ida ao ginásio e nem forças tenho para fazer o baloiço humano com a minha filha.

Vou escrever ao Papa, pode ser que faça uma oração por mim; nesta altura já procuro quase tudo.

Sem comentários: