sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

É tão doce

Acabadas de chegar a casa e de descarregar o peso dos casacos e afins pede-me ela assim:

 - Mamã, posso comer uma bananinha?

Sem comentários: