quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

A tragédia no Meco foi mesmo uma tragédia; não há palavra mais adequada para descrever aquele episódio.

Como mãe, nem quero pensar no sofrimento daqueles pais, família e amigos.

Como ser humano que também já passou pela Academia, tenho a dizer que as praxes são uma estupidez, não me venham com o estratagema de que servem para os caloiros se enquadrarem....BULLSHIT!

Servem sim para uns jovens de 20 anos prepotentes atirarem para cima dos semelhantes com 1/2 anos a menos as suas frustrações, sujeitando-os a parvoíces que só fazem rir de facto quem é parvo.

Não, não são uma lição de vida e não têm nada para nos ensinar; comecem a fazer praxes úteis; passem umas noites sem dormir com os sem-abrigo das nossas cidades a darem-lhes alento, ajudem animais abandonados a ter outra oportunidade, voluntariem-se para os IPO's e outras unidades hospitalares a darem conforto a quem mais precisa - isso sim, são verdadeiras lições de vida.

Agora inventar humilhações, seguir um dux alienado e acabar morto na flor da idade, por causa da preparação de uma PRAXE!?

Esclareçam o que tenham que esclarecer, ponham o dux a falar, os restantes jovens já não podem dizer a sua verdade, mas repensem esta porcaria - entramos para a faculdade para estudar e terminar com o maior dos sucessos o nosso currículo académico.

Que esta tragédia sirva para alguma coisa e que a morte daqueles jovens, não seja em vão. Quanto mais não seja, regulamentem.

Sem comentários: