terça-feira, 22 de outubro de 2013

Depois de uma noite péssima (devida à minha grande gripe), pelo facto de não ter dormido nada, febre, vómitos, dores em todo o corpo, nariz a pingar e ao mesmo tempo entupido, a Sra. D. Lady Bébécas decidiu acordar aos gritos e com mau feitio; eu nem os olhos conseguia abrir, tal não era a dor de cabeça e ela desata nuns ataques de raiva que mais me enervaram.

Lá contei até 100 em chinês, peguei-lhe ao colo, dei-lhe uns beijinhos e a pequena fera acalmou; é incrível que quando mais nós estamos a precisar de silêncio, mais as nossas crianças fazem barulho, entram em auto-gestão e testam a paciência de um santo.

Depois não queria sair de casa - tudo bem, não sais, ficas sozinha, depois não tens ninguém que trate de ti, que te dê o almoço, porque a mamã apesar de estar doentíssima, tem mesmo que ir trabalhar.

"Buááááááááááá, eu quélo ir contido!"

Depois queria as galochas; escusado será dizer que com gripe, as galochas não funcionam, lá entendeu a minha ideia.

Numa fracção de segundos, do mau feitio, passou ao ser mais dócil do mundo, e lá fomos nós...

Sem comentários: