domingo, 23 de dezembro de 2018

E o típico português deixa as compras para a última da hora

E eis que passo pelo Corte Ingles hoje de manhã e vejo multidões assomadas em cada uma das entradas e confesso que não raciocine logo; pensei primeiro, o que estarão a oferecer?

Nisto olhei para o relógio, ainda não eram 10 da manhã, e claro, era o povo à espera da abertura de portas - confesso que estremeci. Passado algum tempo também lá passei, mas a verdade é que não estava propriamente caótico.

Quando vou a sair e passo pela Zilian e a vejo de portas abertas, não resisti em ir ao corredor "41" e claro, com a desculpa que tinha um desconto do meu aniversário, lá vieram uns botins todos giros.



Sem comentários: