quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

As incongruências da minha filha

Diz-me permanentemente que sou bonita, que gostava de ter os dentes iguais aos meus, as mãos, que sou a melhor mãe do mundo, que sou fofinha querida, mundos e fundos.

Ontem, ao corrigir-lhe uma ficha de Português em que lhe era solicitado adjectivar pessoas ou objectos, eis que me calhou a avaliação dela, e fiquei assim:

Mãe:

 - Mandona
 - Responsável

Não sei se ria se chore, se isto tem uma conotação boa ou menos boa, mas lá lhe disse que se me acha mandona, haveria de ter como mãe a Avó....e aí sim, seria o fim do mundo em cuecas.

Sem comentários: