terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Minha querida corrente de ar

Um dos meus hábitos em casa, desde sempre é quando saio, deixar as janelas todas abertas de par em par, o ar a circular, portas dos quartos, sala e casa de banho abertas...para quando chego a casa me cheirar a ar puro.

Não há melhor ambientador, sem dúvida.

Mas com este tempo dos últimos dias, já há pelo menos 3 dias que não o faço, e com o aviso de "furacão) até os estores baixei. Chego a casa e sinto o mais ínfimo odor; este meu olfacto, apesar das gripes e alergias é dos meus sentidos mais apurados de facto.

Desde o cheiro a banho, aos produtos do cabelo da minha filha, ao cheiro da ração das coelhas, necessidades que vão fazendo, do jantar do dia anterior...a chuva faz imensa falta, mas o temporal não. Que parem os avisos laranja para eu arejar a casa e espantar os maus espíritos :).

Sem comentários: