segunda-feira, 13 de maio de 2019

A falta de educação que impera e que prolifera a rodos no Facebook

As redes sociais têm aspectos bons, menos bons e terríveis, mas também acabam por ser o espelho da sociedade, que está profundamente mal educada e aqui detenho-me nas minhas congéneres.

Abundam páginas de moda, vendas e afins, e não há uma publicação que seja, em que não apareçam comentários, invariavelmente com o seguinte: "Preço?"

Tratando-se de uma pergunta, muitas vezes nem o ponto de interrogação se dão ao trabalho de adicionar. E eu, embora não sendo nada comigo, fico irritada. É que nem um "boa noite", seguido de um "é possível dizer-me o preço por favor?", nada.

Também se seguem palavrinhas do género: "Tamanhos", "Cores", etc.

O "boa tarde", "boa noite", "por favor" e Cia é que não figuram no vocabulário destas pessoas. Irra!

Sem comentários: