segunda-feira, 6 de maio de 2019

A dar forte na gestão de conflitos pela positiva

E dou comigo todos os dias, seja quando a deixo à porta da escola, seja quando lhe dou o beijo de "boa noite" a dizer:

"Olha que a mamã confia muito em ti e sei que não me vais desiludir. Vais portar-te muito bem na escola, trazer uma bolinha das boas para a mamã ficar ainda mais contente contigo! Não te esqueças, a mamã confia mesmo em ti!"

Ontem, resolvi dar-lhe mais um voto da dita confiança. Comprei-lhe a caderneta das "LOL" e um pacote com uns 7 conjuntos de saquetas. O voto de confiança chegou ao ponto de lhe passar a caderneta e uma saqueta para as mãos. Depois disse-lhe que lhe iria dando as restantes saquetas à medida que me fosse trazendo registos de comportamento aceitáveis, isto é, de verde para cima.

Pergunta seguinte sem pestanejar:

"Se amanhã trouxer verde, dás-me outra saqueta mamã?"

Lá le expliquei que a forma como vão sendo atribuídas as saquetas ainda está em análise, mas nunca uma bola verde dará acesso imediato a uma saqueta. Teremos que ir avaliando o comportamento e as atitudes ao longo dos dias e à medida que ela for provando que é merecedora de mimos, eles vão chegando. Mas também a cada mau comportamento, o adiamento para a recepção de saquetas vai aumentando, e nós queremos completar a caderneta, não queremos?

É um gosto negociar com ela, porque parece-me receptiva a esta nova fórmula. A minha expectativa que a coisa corra de feição é grande. Veremos...

Sem comentários: