terça-feira, 16 de outubro de 2018

O presente e o passado e factos que nem sabemos porquê, mas que nos ficam na memória

Ao ver ontem o Mário Centeno quase de madrugada a entregar a Pen com o OE2019, num flash veio-me à memória o Sousa Franco a chegar num dia semelhante com o seu séquito, carregados de pastas de arquivo, há uns bons anos atrás.

E é com estes flashes que nos damos conta de como o tempo passa, as pessoas desaparecem, a tecnologia permite fazer as coisas de outro modo e nós próprios envelhecemos, e não é pouco.

Sem comentários: