terça-feira, 17 de abril de 2018

Não, não é clichè, de facto as pessoas fundamentais na nossa vida estão lá quando mais precisamos

Podem ser pessoas que conhecemos há décadas, com relações de consaguinidade, pessoas que conhecemos há meses ou até há dias, a verdade é que quem é importante vai estar sempre lá, pronto a suportar as nossas dores, retirar-nos pesos que não devemos nem temos que carregar, fazer-nos rir, sorrir, sentirmo-nos amados em várias esferas, sejam elas no campo puramente banal, ou até mais transcendente do que isso.

Sempre tive presente que devemos estar sempre presentes para os nossos, e mesmo para os que não são; dar de nós, não custa  assim tanto e pode fazer toda a diferença.

Nos últimos dias tem sido assim, tantos mimos, tantos mimos, que até fico embevecida e grata por ter reunido ao longo da vida pessoas tão especiais.

Há que enfatizar o bom, senão uma pessoa começa a vacilar e nós não queremos isso, de todo.


Sem comentários: