sábado, 30 de março de 2013

Ir a conduzir com o mínimo de atenção à actividade em si, e ouvir uma vozinha lá atrás a pedir beijinhos à mamã e senti-la a esticar-se toda para chegar perto de mim....é bem melhor do que se pode imaginar.

Até dá vontade de uma pessoa parar na berma da auto-estrada e levar uma multa; com multa, mas feliz!

Mas não...não parei...com grande pena minha, porque aquele beijinho nunca vai existir, existirão outros, mas não é a mesma coisa.

Sem comentários: