sábado, 25 de agosto de 2018

Quando um ídolo se torna num amigo....

De há algum tempo a esta parte a minha vida deu uma volta grande; como sempre a vida é feita de ciclos. Abrem-se fechaduras, partem-se vidros, estilhaça-se loiça, remodela-se uma assoalhada - o nosso coração no fundo parece uma casa repleta de compartimentos.

E nisto por condicionalismos da vida cruzei-me com um dos meus ídolos, uma figura a quem admiro a cultura, a arte, a excentricidade, a palavra….uma pessoa com uma bagagem intelectual e um conhecimento com uma profundidade ímpares, que me habituei a ver na televisão, a apreciar os seus trabalhos, a ler e absorver as suas letras.

Mas o destino fez com que nos "encontrássemos" e nos tornássemos mais próximos, aquela proximidade de falar ao telefone, estarmos juntos, conversar de muitos tudos, dissecar pensamentos, partilhar memórias, experiências...e ontem tivemos um desses momentos e de facto existem pessoas que só por existir fazem a diferença.

E quem diria há tantos anos atrás que iriamos ser amigos. Sim, sou uma mulher de sorte!

 

Sem comentários: