terça-feira, 21 de agosto de 2018

O nosso diálogo de fim de dia (não aconselhável a mentes mais sensíveis)

Ele: "Os rabolhos hoje têm que perder!"

Eu: "Fogo, passei pelo estádio há bocado. Era só rabolhos!"

Ele: "Rabolhos mesmo"

Eu: "Do piorio. Porcos!"

Vamos lá dissecar isto: o termo rabolho ouvi-o pela primeira vez há uns meses, utilizado por um indivíduo que conheci e era adepto do FCP; eu até pensava que isto era terminologia do norte, mas não.
Afinal de contas os meus amigos Sportinguistas ferrenhos também usam este termo, eu é que nunca tinha reparado.

Segundo ponto: não é segredo para ninguém que eu não aprecio o SLB, a maioria dos adeptos são irritantes e emproados, mas na verdade não ligo nenhuma a isto. Eles é que ganham milhões e as pessoas é que se passam com uma simples bola. Que disparate.

Mas o terceiro ponto é bem pior: andou a minha mãe a criar-me para isto. A filha dela a chamar rabolhos e porcos aos adeptos do clube de que não gosta. O que vale é que isto é mesmo palhaçada pura. Não quero cá andar a ofender seja quem for com questões clubísticas, quero mesmo é rir, até porque olhando para o meu Sporting, temos lá um ser muito pior que 1000 rabolhos juntos. Ahahah!

Sem comentários: