quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Daquelas coisas parvas

Estava eu num semáforo lisboeta e acerca-se de mim um indivíduo com um aspecto "pouco recomendável" - mas o que é isso de aspecto pouco recomendável!? Mais uma questão paradoxal e subjectiva.

Adiante; o ser humano como é profícuo em emitir juízos de valor, e eu não escapo à regra, toca de guardar o telemóvel na mala e fazer cara de má!

Ele ainda se acerca mais e diz: "Boa Tarde!"

E eu respondi: "Boa tarde!", mas nem virei o pescoço para o meu lado direito e o diabo do semáforo nada de mudar de cor.

Nisto o dito indíviduo começa a sibilar, isto é verídico, começo a ouvir : "Ssssssss"

Mas eu impenetrável, e ele continuava: "Sssssssssss"

Passado para aí um minuto aquilo desenvolveu: "Sssssssssabe oooonnde é oooooo ccccombóóóóio?"

O homem era gago for Christ Sake! E eu a julgá-lo pela aparência, shame on me!

Sem comentários: