quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Fim de Tarde

Não há dúvida de que os fins de tarde de Setembro são dos mais bonitos do ano.
As árvores mudam de tonalidade, a movida do Verão vai-se esvaindo e sente-se uma atmosfera bem diferente, que acalma.

Mas o que me aborrece é que quando o Sol se põe e estou a conduzir na direcção do poente, àquela hora, é terrível; por escassos momentos deixo de ver e penso: - Raios, detesto esta hora do dia!

Transpondo isto para a vida, é mesmo "querer ir, para onde não vou"!

Sem comentários: