sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Hoje foi dia de tirar os pontos

Confesso de que ia naquela - "bom, se arrancar o dente não doía (e a extracção de facto não doeu) mas foi a avetura que foi, dorida como ainda estou, não me venham cá dizer que não se sente a retirada dos pontos da boca!"

Mas de facto...não senti nada; qual linha a passar qual quê, totalmente indolor e mais do que isso, é como se nada se estivesse a passar.

Mas, mesmo antes de eu dizer ao dentista que andava incomodada, parecia ter ali um cão a morder todos os dias, ele próprio assentiu que me deve estar a custar....o orifício é grande, os dentes do siso são uns chatos e mesmo com pontos, até o dito orifício fechar, ainda vou ter que ir buscar alguma paciência.

Nos momentos mais dolorosos tomar Brufen ou Ben-u-Ron, bochechar com Eludril, que ainda por cima me vai manchar os meus ricos dentes alvos, o que vale é que tenho consulta com a higienista oral no próximo mês, deixar o produto actuar no orifício...enfim, alguma paciência porque aimda vou andar uns dias com este incómodo.

Curiosamente um bom copo de bom vinho (bebi ontem, embora não o devesse por estar a tomar antibiótico, mas a ocasião convidava a tal, portanto, temos pena) cria uma sensação de conforto e de anestesia rápida e faz esquecer, enquanto actua, a parte dolorosa do episódio.

Tenho a prova, é melhor do que o gelado!

Sem comentários: