sexta-feira, 3 de abril de 2015

Tivemos uma tarde só nossa, mãe e filha

E ela adorou a surpresa; embora já o tivesse planeado, não lhe disse nada, não fosse ocorrer algum imprevisto e ela ficar triste.

Depois de almoço lá a arranjei e disse-lhe que tinhamos que ir ao Continente - foi a primeira coisa que me veio à cabeça.

Quando se viu na bilheteira do cinema, até os olhos brilharam a perguntar se ia ver a Cinderela!!! E lá fomos nós; tinha que chegar o tempo em que as minhas idas ao cinema se centram em filmes infantis e dobrados em português. Mas valeu a pena o filme, a magia, a mensagem e sobretudo a felicidade da minha filha.

...com a sua saia Oscar de la Renta....sei lá, muito dondoca esta minha filha!


Sem comentários: