quarta-feira, 15 de abril de 2015

Portanto

A modos que é assim; mais uma mulher assassinada crê-se que por motivos passionais e a "amiga", ou familiar ou lá o que seja que estava com ela está com ferimentos graves, e esta pouca vergonha continua e o ano ainda nem vai no Adro da Igreja!

Sem comentários: