quinta-feira, 24 de abril de 2014

Quando a minha filha

Olha para o prato e, sem hesitar diz "não gosto disso", confesso que me aborrece.

Parece clichè, mas a verdade é que cada vez mais existem tantas pessoas que davam tudo para ter uma refeição completa e estas esquisitices não batem com o meu Santo.

Criada a borreguinho, carne branca, peixes na ordem do espadarte, tamboril, garoupa - sempre apostei na qualidade para ela, hoje olha para uma bela Sarda escalada e diz "não gosto disso" - bem, sacrilégio, no mínimo.

Depois lá comeu, e ainda foi à picanha e mais um não gosto - de Manga! What!? Adora manga, hoje deu-lhe para isto. Está-me cá a parecer que as amiguinhas dela têm que vir cá passar uns dias a casa para aprenderem a dar graças por ter refeições saudáveis e de qualidade à disposição. Amanhã, não sabemos se as teremos.

Sem comentários: