quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Coisas de menina

Isto de se ser mãe de uma menina tem coisas engraçadas. A Bébécas continua na fase que se iniciou há uns meses, de achar que a mamã (ou seja, eu) é linda, tem as roupas mais lindas, o cabelo mais lindo, os vernizes e os make up's mais formidáveis...enfim, está em fase de admiração e de saudável cobiça de tudo aquilo que me caracteriza e me pertence.

Eleva isto ao seu mais alto nível ao querer parecer-se comigo a todo o custo; as roupas do dia-a-dia têm que condizer, se calço botas, quer calçar botas, se ponho fond de teint quer pôr creme, perfume idem, máscara aspas aspas, etc, etc, etc.

Ontem vesti o casaco de cabedal vermelho, agora quer um "igáli ao da mamã"; hoje não estando muito virada para grandes trajes vesti as calças de equitação com botas de cano alto, pois quer umas calças de equitação também. Entendi que era dia de vestir-lhe uma saia, já que ontem andou de calças de ganga - como quem não tem cão, caça com gato, queria calças de ganga justas com galochas.

Pois é filhota, as calças de ontem estão para lavar e hoje é dia de saia; foi a correr à máquina de lavar roupa para se certificar que as calças lá estavam e lá lhe expliquei que a roupa para lavar está no cesto da roupa suja; enfim, acordos de cooperação e muita pedagogia à mistura, lá consegui vestir-lhe a saia predestinada para hoje, os ténis, a camisola...
O mais parecido com o meu casaco vermelho que ela conseguiu arranjar foi a canadiana cor-de-rosa, e lá veio ela toda contente; pôs os óculos de sol na cara e não descansou enquanto eu própria não pus os meus.

Iniciámos a nossa travessia com um rasgado:

 - "A mamã é muito bonitaaaaaaaa"

Haverá elogio mais bem recebido do que o dos nossos filhos!?

Sem comentários: