sexta-feira, 7 de junho de 2019

O Facebook hoje atirou-me com uma memória de há 9 anos atrás em que eu estava com uma barriga gigante e ainda me faltava um mês para o grande dia. A verdade é que as saudades bateram, não no sentido de querer voltar atrás no tempo, o que, se fosse para a parte boa de lhe pegar ao colo, e sentir aquele cheirinho a bebé eu até pagaria para o ter novamente. Mas foi mais aquela saudade da gravidez e que, contrariamente a muitas mães que conheço, adorei o estado de graça, as transformações no corpo, sentir aquela bebé comigo todo o tempo, os primeiros pontapés, a emoção de a ver pela primeira vez - talvez por saber que será experiência que não voltarei a repetir, mais nostalgia me trouxe.

Sem comentários: