segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Insensatez....

falta de carácter, pulhice, canalhice, etc e tal....

É o progenitor de uma criança, que para além de ter feito o que fez e de não ter a mínima dignidade, não colaborar sequer com o básico do sustento dessa criança (e do sustento tudo faz parte, desde a alimentação propriamente dita, vestuário, calçado, médicos, água, luz, gás, transporte, higiene, as mínimas actividades lúdicas, enfim, as mínimas necessidades diárias de um ser humano que não pode e nem deve ser sujeito à falta da provisão das suas necessidades mínimas, constituindo essa falta um crime por quem não provir as necessidades dessa criança....perguntar ao outro progenitor que arca com tudo e mais alguma coisa, se a criança ainda frequenta o curso de Inglês, se frequenta a natação...quando vai ao médico...enfim....

Uma pessoa normal tem que se segurar para não partir para o murro; é mau, não é lá muito curial, mas uma pessoa ao menos fica consolada, lá diz o ditado "mais vale um gosto do que 100 mil réis no bolso".

E assim uma pessoa normal vai ignorando e dando respostas cretinas e evasivas (é o melhor) e cá por dentro vamos dizendo "oh seu filho da &$%#".

E o dossier, ou ficheiro secreto, vai aumentado de volume, tal como o limite da paciência de um santo, até que a bolha rebente.

Sem comentários: