quinta-feira, 9 de junho de 2011

Mas afinal onde repousa Luis Vaz de Camões?

Vem agora um historiador alvitrar que, não tendo muitas vezes a História o rigor que lhe é apregoado, que as possíveis ossadas que estarão no túmulo pertencente a Luis de Camões nos Jerónimos, não serão de facto dele, e que o corpo (o que resta dele) andará por aí não se sabe muito bem onde.

Pois bem, tenho a dizer que o povo precisa disto; de "saber" onde repousam para todo o sempre os seus ícones, os seus simbolos...para pelo menos uma vez na vida dizermos que tocámos na lápide da sepultura onde descansam para todo o sempre.

Eu própria aquando da minha em breve visita a Paris, faço questão de parar algum tempo em Père-Lachaise, e curvar-me humildemente perante os túmulos de Balzac, Jim Morrison, Oscar Wilde e Pierre Bourdieu; já admirei os túmulos de Camões, D. Pedro e D. Inês...e alguns outros.

Não nos venham dizer que quem lá está não é afinal quem nós pensamos...os mitos existem para isso mesmo, para serem venerados e humildemente respeitados.

Que Luis Vaz de Camões afinal esteja nos Jerónimos.

RIP

Sem comentários: