domingo, 15 de maio de 2011

Memórias de quem já ultrapassou os 30


Um destes últimos dias, estava a ter uma conversa perfeitamente banal com o honey e demos por nós a reviver algumas reminiscências da nossa adolescência, sendo ele um verdadeiro filho da revolução e eu uma sobrinha, pois vim ao mundo 3 anitos mais tarde.

E lá nos lembrámos das pancadas com as calças Levi's, as botas Panama Jack, os ténis Vision e All Star, os blusões de penas Duffy e as camisolas na altura muito "saylor style" da Amarras...como nos fomos lembrar da Amarras que depois passou a Quebra Mar.

E damos por nós a dizer coisas do género...mas isso já foi há 30 anos....ou quase. E não só por isso, mas ao ver a minha filha crescer sinto mesmo que o tempo urge, que temos que aproveitar o presente, fazer as coisas da melhor maneira, porque muitas vezes o amanhã já é tarde e nem nos apercebemos do quanto.

3 comentários:

eu disse...

Não fazia ideia que a amarras era a actual quebra-mar!
Olha que a moda deste ano não anda muito diferente da dessa altura... é só ver as cores, os formatos das calças... até os ray ban. Esperemos andar por cá para os ver ressurgir mais vezes!

Brown Eyes disse...

Sem dúvida; passa um tempo e a moda volta toda ao mesmo.
Por isso gosto de me vestir dentro do estilo clássico - assim tenho roupa por muito mais tempo ;-)

Hugo Marques disse...

Caros amigos.
Foi comentado na altura que a Amarras passou a Quebra-Mar mas não é verdade. A Quebra-Mar tem o mesmo estilo mas são empresas distintas. A marca Amarras apenas continuou a trabalhar em espanha. Este mês de Fevereiro de 2012 a empresa Lousãtextil onde trabalho quer fazer relembrar esses velhos tempos e assinou um contrato de exclusividade da marca para Portugal. Em breve darei mais notícias. Uma Abraço. Hugo Marques