sexta-feira, 11 de julho de 2014

Óh mamã, o que é isso que tu trazes que usam as pessoas que têm dói-dói?

Foi esta a reacção da minha filha quando me viu chegar de "culetas".


Foi o resultado de uma queda mal dada, o pé inchadíssimo e umas dores daquelas...mas eu, lá andava de lado, e aguentava.
Entre colegas de trabalho. dores e a Chefe a abrir-me os olhos, lá fui ao Hospital porque parecia mais um boneco de gengibre a andar.

Bem, lá andei nos corredores do Hospital da Luz Oeiras em cadeira de rodas (sensação horrível), 6 RX ao pé, a médica a não entender como é que eu ainda conseguia andar e conduzir - ya, não tenho outro remédio, tenho uma criança de 4 anos para cuidar e o espírito de sacrifício é isto mesmo.

Faço medicação durante 5 dias, não posso largar as muletas e se não melhorar voltar ao ortopedista; ossos partidos e fissuras não há, mas 2 entorses estão garantidos. Pode haver uma ruptura de ligamentos, mas eu quero acreditar que não.

Estou que nem posso e quase que é preciso uma pós-graduação para andar de muletas. Não me consigo adaptar àquilo meu Deus!

2 comentários:

Xica Maria disse...

Primeiro devo dizer que gosto dos sapatos :p
Segundo, xiça!! Sei bem o que isso é! Quando entrei no hospital os médicos ficavam todos a olhar para o meu pé. As dores são mesmo horríveis! Nem me quero lembrar!!!
As melhoras!

Brown Eyes disse...

Muito obrigada pelo miminho; bem, nós de facto somos umas guerreiras. Tenho o pé num trambolho e ainda trabalho...dói mesmo que se farta, bolas!