segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A BIRRA!

Fez hoje uma birra como jamais tinha ouvido e espero sinceramente tão cedo não ouvir gritaria igual.

Acordou muito bem disposta, como é hábito, saímos, fui com ela ao supermercado fazer umas comprinhas essenciais e eis que, do nada, abre a boca, desata a chorar como se não houvesse amanhã.

Fome, não era. A fralda esta mudada; não tinha nenhum desconforto visível, a não ser os dentes a romper e que sabemos não ser fácil...mas haveria caso para aquela gritaria infernal?

Corri por aqueles corredores, fui para a fila pagar e ainda aturei a má vontade de uma senhora relaxada que, na caixa prioritária para grávidas, pessoas com mobilidade reduzida e pessoas com crianças de colo, não padecendo de nenhuma destas características, com muita má vontade lá me cedeu o lugar.

E ela, chorava, esperneava, agarrava-se à cara numa birra que eu ninca tinha visto.

Peguei nela, pus as compras no carrinho dela, lá me arrastei até ao carro, rumámos a casa e ele no mesmo registo, ou pior ainda.
Nem com o meu "pronto filha, já passou, a mamã dá beijinhos, lá lá lá" ela se acalmou.

Estacionei o carro, tirei-a da Maxi Cosi, em posição de ÓÓ lá a trouxe para cima, vesti-lhe o pijaminha, dei-lhe a "orelhinhas", caminha e lá ficou.

Então ela não me podia ter dito logo que estava com uma grande dose de sono!?

1 comentário:

A Menina dos Louboutin disse...

Acreditas que precisamente hoje a minha cria MB me fez uma cena em tudo igual à que descreveste?! e claro está que o motivo era o mesmo... =/ Foi uma birra e tanto...