domingo, 2 de abril de 2017

O meu Domingo à noite passou a ser, estar uma parte do tempo a ver o programa com o Ljubomir

Porque gosto da boa cozinha, porque gosto da cozinha dele, que já tive oportunidade de degustar e já me partia a rir, comfesso, com os Pesadelos do Gordon Ramsey.

Sabemos, ou antes, calculamos que não reinam o asseio e as boas práticas em muitos dos restaurantes que por aí proliferam, mas o que tenho visto, está a causar-me uma urticária psicológica.

Existem mesmo pessoas muito porcas e também se percebe que a culpa nunca é do culpado - é típico de pessoas pouco inteligentes, mas que se acham os "reis da cocada preta". O fazer, ou antes tentar fazer dos outros parvos é de facto muito primário.

Se tivesse tempo pegava nisto e fazia um estudo sociológico apenas tendo como base o que tenho observadp nestes programas e sem dúvida, mesmo não sendo pessoa de proferir a quantidade de palavrões por minuto que o Ljubomir profere, até um Santo se passava.

Hoje a pérola foi a cozinheira; uma cozinheira que afirma nunca ter feito um puré de batata a sério ma vida! Nossa, isto está mesmo muito mau. Curiosamente não sou cozinheira, mas tenho um bom palato se é que isso serve de alguma coisa, e nos meus já longos 39 anos de vida, nunca fiz um puré de batata instantâneo na vida. E é isto...

Sem comentários: